sábado, 8 de maio de 2021

Livro: Desejo

Olá amores, como vocês estão?

Vamos de novidade? A Editora The Gift Box lançou nessa última quinta-feira, o e-book "Desejo" escrito por B. J. Harvey e é claro que eu já o devorei! Então, hoje eu vim contar um pouco mais dessa experiência para vocês!


Na obra, Callum e Luce são nossos protagonistas, ele é um arquiteto poderoso que conhece uma apimentada garçonete num evento de negócios. Ela sabe muito bem o que quer e não tem vergonha de ser direta em suas inteções. A atração é imediata e aos poucos, vemos esse sentimento sendo desenvolvido. Já assumo que não vejo a história como fofa e apaixonante, é algo mais misterioso e provocativo, sabe? É uma outra proposta, algo que não estou tão acostumada, já que por mais que ame os darks, vejo ali um sentimento muito forte envolvendo os personagens. E aqui, não. Aqui, vejo mais a luxúria e a liberdade como individuo sendo o objetivo central do casal

O livro é relativamente curtinho para a quantidade de acontecimentos. Sem dúvida alguma, o que me prendeu até a última página foram as estranhas situações que envolvem a vida profissional de Callum. Existe uma "perseguição" e rede de segredos bem atrativa, e é por exatamente essa junção com um casal "fogo no parquinho" que faz essa indicação ser diferente das outras.

E quando digo "fogo no parquinho", quero ressaltar principalmente a personalidade de Luce. Uma mocinha bem resolvida, determinada e que não tem medo. Ela quer viver intensamente e sabe se posicionar. Acho que é isso que Callum buscava, era o que ele precisava. Não uma moça frágil e cheia de mimimis. Teremos uma cena específica do casal que me incomoda, porém não vou citar para não dar spoilers. Basta saberem que o casal é, no mínimo, intenso. rs

Assumo que não darei a nota máxima exatamente por essa problemática que a obra levanta. Fiquei incomodada e com certeza, não teria o mesmo posicionamento da protagonista, entretanto, isso não desmerece a história, já que me fez pensar em como simples segundos podem marcar minha vida, ou destruir a confiança que tenho em uma pessoa. Ou seja, pode ser um romance erótico, mas por que não trazer pontos importantes para minha vida pessoal? Gosto assim!


Abaixo, deixo o link para vocês aproveitarem a obra no Unlimited e também já adianto que é um livro único, ok? História fechada e que dá para ler em uma tarde de sábado tranquilamente!

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ (4/5) - Muito bom!

- Alessandra Salvia

18 comentários:

  1. Oi Alê, às vezes os personagens ou os autores seguem por um caminho que a gente não concorda mesmo, te entendo, mas curti a personalidade da protagonista

    O que tem na nossa estante!

    Bjs, Mi

    ResponderExcluir
  2. i, Alessandra. Como vai? Que chato que o livro tenha lhe causado certo incõmodo, mas que bom que ainda assim tenha gostado da obra. Abraço!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas nem por isso a obra é ruim, né? É algo que podemos discutir já que as pessoas tem opiniões diferentes.

      Excluir
  3. Amei a resenha. Esse casal parece ser bem diferente,. mas acho que não conseguiria ler sem problematizar rs
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que o problema seria ler e não problematizar, sabe? Acho importante conversar sobre!

      Excluir
  4. Oi Ale! Eu gosto de personagens com personalidade marcante, quando as mocinhas não são frágeis acho melhor ainda. Ainda com sua ressalva sobre certos aspectos, eu gostaria de conferir. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Oi! Muito bom seu blog, gostei das resenhas. :)

    o blog

    ResponderExcluir
  6. Estou tentada pelo fogo no parquinho ao mesmo tempo que receosa por essa tal cena aí... por ser curtinho, capaz que eu confira mesmo
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. Mais uma sugestão que vou levar! Obrigada pela partilha!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  8. Olá, Ale.
    Vou pegar a dica porque é exatamente o tipo de livro que eu gosto de ler para intercalar com livros mais fortes. E fiquei aqui curiosa para saber qual foi a decisão dela que você não concordou hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Oi Ale, tudo bem?
    Que bacana que o livro conseguiu prender até a última página.
    Eu gosto muito de mocinhas decididas, já simpatizei com ela. Não gosto da representação frágil tão comum em romances - uma pessoa pode ser delicada sem ser frágil, por exemplo.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir