Livro: Depois do Sim

Olá amores,

"Depois do Sim" é o novo livro da Taylor Jenkins Reid publicado pela Editora Paralela e como sou uma fã assumida da autora é claro que corri para conseguir meu e-book pelo NetGalley.

Infelizmente, não posso elogiar muita a diagramação e revisão, porque o livro ainda não estava na versão final, então só vou avaliar a história, ok? Aqui, conheceremos a vida do casal Lauren e Ryan, que após anos de namoro e casamento estão em dúvida sobre o seu para sempre. Confesso que não foi uma leitura muito fácil por motivos pessoais e com isso talvez essa resenha seja mais sobre meus sentimentos do que sobre o livro em si.

É uma obra de gatilhos para mim. Fato. Relembro muita coisa que passei com meus pais e não me senti confortável lendo. Por mais que a narrativa da autora seja incrível, maravilhosa e sempre com quotes impactantes, eu me lembrei de momentos os quais gostaria de esquecer. Entendo que falar de amor, de para sempre é uma questão bem pessoal, mas tenho para mim que não é apenas de amor e paixão que um relacionamento sobrevive e não sei se tenho a mesma versão 'romantizada' da Taylor. Porque assim, infelizmente, para mim, é uma versão romantizada.

Não que isso seja ruim, pelo amor de Deus! Não é! Eu gosto muito da ideia de termos esperança e acredito que determinados casos o sentimento seja realmente forte o bastante, mas não acredito que seja a maioria. E para um livro que começou tão verdadeiro, o final me deixou um pouco... decepcionada? Desanimada? Ainda achei ainda a palavra que me descrevesse. Simplesmente não foi o que esperava e por isso não dou 5 estrelinhas, não é uma obra para mim, mas vejo toda a sua qualidade de narrativa, de desenrolar e de reflexões ali propostas. 

E preciso destacar isso, porque por mais que eu estivesse meio nauseada lendo determinadas partes, eu não conseguia parar de ler. É, eu acho que é o fator Taylor Jenkins Reid no meu coração agindo. Essa mulher sabe escrever!

Desta forma, não tem como não indicar a obra para vocês, principalmente se procuram uma temática mais adulta e madura, eis uma boa escolha. Acho que adolescentes não terão uma maturidade para entender algumas questões, mas vale dar uma atenção especial, pode ser que com uma visão mais aberta sobre o tema, algumas adversidades da vida sejam mais fáceis de serem administradas. 😉

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ (4/5) - Muito bom!

- Alessandra Salvia

Comentários

  1. Oi, Ale!
    Tem muitos livros que por mexerem com questões pessoais nossas acabam alterando nossas percepções sobre a história. Eu não consigo ler livros sobre bullying e nem ver séries do tema que fico muito mal. Na época que 13 Reasons Why lançou, eu vi alguns eps mas fiquei super deprimida.
    Eu tenho vontade de conhecer a escrita da autora, mas não sei se a temática me agrada tanto. De qualquer forma gostei muito da sua resenha e da opinião sincera :D

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 13 Reasons Why tem gatilhos mais perigosos, mas entendo o que quer dizer.

      Excluir
  2. Oi, Alê!!
    É bom e ruim se identificar com uma história dessa forma, né?
    Bom porque de certa forma você não se sente a única a passar por aquilo e ruim porque relembrar pode ser realmente dolorido!
    Fiquei curiosa pra conhecer a história e mais do que se trata!

    Beijinhos 😘
    Thay - Sankas Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se foi bom, porque não concordei muito com a visão apresentada.

      Excluir
  3. Esse livro já estava na minha lista de futuras leituras e eu acho incrível e sua resenha me fez querer ler ainda mais essa história incrível.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Não conheço a autora, mas pela sua resenha, apesar de alguns pontos, fiquei curiosa. Anotei a dica.
    Abraços,
    AVA
    https://apenasava.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Nossa, sinto muito que a leitura tenha despertado esse lado em você. É algo que a gente meio que lida lendo dramas, mas nunca espera né.
    Eu solicitei o e-book desse também, e espero curtir, pois adoro a escrita da autora e a criatividade q ela traz para os enredos.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  6. Oi Alê, tudo bem?
    Pelo que você descreveu da história acho que seria cheia de gatilhos para mim também. Sou muito desacreditada em relacionamentos por nunca ter tido nenhum (nem mesmo primeiro beijo e olhar que já passei dos 30) e por ver tantos casais ou desmoronando à minha volta, ou vivendo para reclamar um do outro. Não sei se leria... Ainda não conheço nada da autora...

    Até mais;
    Mente Hipercriativa & Universo Invisível

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo que nem sempre a realidade é como esperamos, então é complicado.

      Excluir
  7. Oi, Ale!
    Mulher, depois de Amor(es) Verdadeiro(s) eu nem tenho vontade de ler os trabalhos da autora que vieram antes de Evelyn Hugo kkkk (apesar desse livro ter sido lançado somente agora no Brasil, ele é do começo da carreira dela) e com certeza eu teria sua mesma visão que um relacionamento não vive somente de amor. Nossa, como eu odeio essa visão romantizada que o amor é tudo na vida naaam
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Também peguei Depois do Sim no Netgalley para ver se me empolgo tanto quanto me empolguei com Evelyn Hugo, mas ainda estou bem no comecinho e quero ver se fico com a mesma impressão de romantização das coisas.

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Não sei se gostaria da leitura por causa dessa visão mais romantizada, mas gostei de saber que a autora escreve muito bem, fiquei curiosa pra conhecer alguma obra dela!
    Beijoss, Blog Seja Agridoce ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
  10. Oi, Alessandra. Como vai? Eu tenho certo receio de ler este livro, não no sentido de achar a obra ruim, pelo contrário parece-me bem desenvolvido a obra em si. O problema é o fato de a visão romantizada do amor empregada na obra, isto sim causa-me sensação de livro enfadonho. Que bom que gostou da escrita da autora, eu nunca li nenhum livro dela. Ótima resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Eu preciso conhecer as obras da autora. Ainda não conhecia esse livro e apesar de não ser uma leitura que costumo fazer, tenho interesse.

    Abraço

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  12. Oi Alê, tudo bem? Eu também gostei bastante! Achei o início um pouco corrido, mas depois que começa o processo de separação super em apeguei a história! Fico feliz de enfim ter conhecido a autora!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez se eu tivesse me apegado mais aos personagens de início mudasse minha opinião? Talvez... mas acho que não, rs.

      Excluir
  13. Oi, não conhecia esse livro, mas achei estória interessante.
    Beijos!
    https://deliriosdeumaliteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá, Ale.
    Eu amei o livro da Evelyn Hugo, mas depois a autora só lançou livros com temáticas mais pesadas que estou fugindo no momento e não li mais nenhum hehe. Mas peguei os ebooks e pretendo ler futuramente porque amei a escrita dela.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Filme: O Inferno de Gabriel - Parte I, II e III

Guia de Leitura Série Hades Hangmen

Filmes da Passionflix