domingo, 29 de setembro de 2019

Livro: Entre o Amor e a Amizade

Olá amores,

Faz muito tempo que não trago nenhuma resenha da Bianca Briones, não é mesmo? Mas agora nossa autora tão querida voltou com tudo e temos o relançamento do seu primeiro livro, a obra que inspirou a criação da série Batidas Perdidas, o chamado "Entre o Amor e a Amizade". O novo livro que vai roubar todo seu coração. ♥


Para quem não conhece, a série Batidas Perdidas é composta até o momento por 4 livros sendo cada um com o foco em um casal (estou pensando em fazer uma releitura e trazer resenhas novas para vocês, o que acham?). Agora, se você já conhece a autora e quiser conferir o "Entre o Amor e a Amizade", verá traços dos personagens e parte do enredo parecido, mas garanto que essa história é completamente diferente e original!!! 

Nessa nova obra, teremos a personagem principal chamada Alessandra que perde o pai depois uma intensa luta contra o cancêr e que agora precisa aprender a seguir em frente. Enquanto isso, do outro lado, teremos Nicolas, um rapaz com um passado obscuro que após uma longa troca de mensagens se torna seu melhor amigo

O envolvimento amoroso é bem sutil, a passos lentos para conseguirmos aprender diversas lições e para todo aquele sentimento fazer sentido. É nítida a preocupação da autora frente a temas importantes como: depressão, a dor da perda, relacionamentos abusivos e amizade. Todas essas temáticas são discutidas com total transparência e delicadeza



E por ter essas discussões tão próximas a minha realidade, eu me senti representada. A situação como um todo pode não ser a mesma que passei, mas muitas das cenas e dos diólogos do livro eu vivi e digo que a obra ajudará sim quem estiver passando por momentos difíceis. Todo esse crescimento da Alê da ficçãoo, fez total sentido com o que passei. Eu consegui vencer e se você acha que não consegue, esse livro pode te trazer esperança. Não estamos sozinhos. Você e eu podemos pedir ajuda. 


"Não se deixe enganar pelo meu jeito. Cada um lida com a dor de um modo"


Sei que alguns vão dizer que é um enredo clichê, porém confesso que (para mim) não foi. Não pense que será mais um romancezinho adolescente. Não pense que terá altas doses de cenas hot. Acho que poucas vezes vi essa abordagem mais doce e sensível, mais reflexiva. Claro, existe a pegada mais dramática, mas é como a vida real é. Crua e dolorosa. Aprender a ser suficiente, aprender a amar a si mesma e depois o próximo é o complicado. Aqui aprenderemos isso juntos. Amadurecemos e seguiremos em frente.


Como toda escrita da Briones, fiquei aos prantos em vários momentos! Tornou-se uma das minhas obras favoritas e só tenho elogios a fazer, pois foi o tipo de leitura que me fez ficar a madrugada lendo mesmo tendo um dia de serviço cheio no dia seguinte. Cada página valeu a pena. Os textos/poemas escritos pela personagem só deixaram o livro ainda mais pessoal e único. Recomendo de olhos fechados. Um livro para sentir. Um livro para amar. ♥




Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - FAVORITO!

- Alessandra Salvia


P.S.: Ler um livro da sua autora favorita com o seu nome ali é MUITO surreal. Não tenho nem palavras para dizer o quanto isso foi significativo para mim. ♥

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Livro: Eu Te Desafio

Olá amores,

Hoje, é o dia oficial do lançamento de "Eu Te Desafio" da autora Bárbara Negrão na Amazon!!!! OBAAA!!!! Vamos falar um pouco sobre essa obra?



Nessa história, conheceremos Nina, uma garota que está disposta a tudo para dar o melhor a sua irmã e nem que para isso, ela precise ir trabalhar em uma boate como dançarina. E é lá, que ela conhece Alec, o gerente sexy. A atração é imediata e impossível de esconder, mas será que ambos estão dispostos a jogar todas as cartas na mesa para enfim superarem os traumas do passado?

Para quem se interessou, já adianto que esse livro é daqueles dramas pesados, aborda temas sérios e relevantes, impactando o leitor a cada revelação. Se você não gosta de chorar lendo, essa obra não é para você. PORÉM, como a maioria aqui já sabe esse é o meu tipo preferido de livro, então foi um prato cheio para meu coração. 😍

Já falo a verdade mesmo: esse livro foge do que estou acostumada, com personagens mais ousados, mas eu não conseguia parar de ler!!!! Nina não é aquela garota inocente e insegura, ela não está ali pronta para ser salva, por mais que precise de ajuda, ela está disposta a tudo para conseguir o que quer. Ou melhor dizendo, conseguir o que precisa e isso me chocou em diversos momentos. É inegável o seu grande coração e até posso dizer que todo esse contexto quebrou alguns pré-conceitos que eu tinha em relação a boates e dançarinas. Aprendi que tudo depende das circunstâncias e de seu caráter.



Agora, Alec é um rapaz apaixonante, porque ele não é aquele tipo de cara errado que se esforça para ficar longe. Ok, de início ele até tenta, mas ele sabe o que sente e sabe que pode ser quem Nina realmente precisa. Ele pode ser problemático, só que também é seguro ao ponto de se valorizar e correr atrás do que é preciso para enfim, viver um grande amor. 

Este é um livro sobre recomeços, sobre confiar no outro e seguir em frente. Como disse no início, há temáticas bem pesadas e que podem deixar algum leitor mais sensível desconfortável, porém ressalto a delicadeza da autora ao escrever cenas decisivas para compôr a personalidade de cada personagem. Aqui, nada é desnecessário. Até acredito que a obra tenha um papel social, afinal, muitas pessoas podem achar frescura alguns dos plots e NÃO É.

Observação especial: o título do livro. MEU DEUS. O motivo para ser este você só vai entender mesmo na última linha e como nos emociona... Acho que nunca vi um título tão bem escolhido. E digo mais, acredito sim que esse último capítulo te dê um tapa na cara e te faça querer ser alguém melhor. 



Pois é. Essa é a mágica da leitura. Uma premissa clichê que se diferencia pela forma como nos é apresentada. "Eu Te Desafio" é uma bela história contada de maneira intensa e que nos conquista conforme se desenvolve e amadurece.  Abaixo, deixarei o link da de compra na Amazon!



Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Maravilhoso!

- Alessandra Salvia

terça-feira, 24 de setembro de 2019

Evento: Mochilão da Record 2019

Olá amores,

No domingo, fui no meu primeiro Mochilão da Editora Record e eu não poderia deixar passar em branco. Quero trazer para vocês um pouco das novidades que vem por aí e também contar como foi meu encontro com alguns dos nomes mais promissores da editora.


 




Primeiro, fomos apresentados a alguns livros que já estão nas livrarias como lançamentos:












Depois, foi a vez dos próximos lançamentos:




Primeiro romance lésbico a ser lançado pela Editora.








Edição especial reunindo todos os textos escritos por Anne.



E por fim, cada autor falou um pouco da sua obra recém lançada e foi aberta a tarde de autógrafos:









Também houve sorteios, porém (infelizmente) não ganhei nenhum livro, rs. Os únicos brindes que ganhei foram a famosa ecobag que está linda, botton, caderninho e váááááários marcadores:



As apresentadoras Shriley e Raquel são da equipe de marketing da editora e conduziram o evento com muita simpatia e descontração. Quero muito participar das próximas edições.

Agora, me conta... Vocês já foram em algum Mochilão? Gostaram dos próximos lançamentos? Me contem tudo nos comentários!

- Alessandra Salvia

domingo, 22 de setembro de 2019

Livro: Vozes do Joelma - Os gritos que não foram ouvidos

Olá amores,

Marcando a centésima publicação da Faro Editorial, o lançamento "Vozes do Joelma - Os Gritos que não foram Ouvidos" vem para deixar os leitores arrepiados com diferentes histórias inspiradas em um terreno daqui de São Paulo considerado amaldiçoado.


Para quem ainda não sabe, o Joelma foi um edifício aqui em São Paulo que ficou famoso por ser um dos maiores desastres da cidade. Em 1974, o Joelma pegou fogo e deixou quase 200 mortos e mais de 300 feridos. Até hoje, existem relatos de assombrações e de que o local no qual foi construído já era palco de trajédias com a antiga família que morava ali. 

Sendo assim, para contar essa nova versão da história, "Vozes do Joelma" foi escrito por 5 autores (Marcos DeBrito, Rodrigo de Oliveira, Marcus Barcelos e Victor Bonini) com a apresentação de Tiago Toy. E para melhor análise, vou dividir a resenha de acordo com a escrita desses mestres do terror, porque só para adiantar digo: é um livro que te deixa incomodado, sem dormir e com aquele arrepio na espinha. 



Apresentação de Tiago Toy:
Mesmo com pouco tempo para finalizar sua parte, Toy mostrou que tem um talento nato para narrar histórias obscuras. Seu vocabulário mais rebuscado, faz o leitor ler sem piscar, pois é como se algo de outro mundo estivesse apresentando sua versão dos fatos. Eu, particularmente, não conhecia o autor por não ler tantos livros de terror, porém foi uma bela surpresa, pois tanto sua entrada quanto sua finalização deu um brilho a mais em todo a obra. Pareceu que sua parte foi escrita de maneira interligada mesmo!

"Os Mortos Não Perdoam" - Marcos DeBrito:
Responsável pelo primeiro conto, DeBrito escreveu sobre o terreno e os assassinatos que ali ocorreram. Confesso para vocês que se eu não soubesse o final do personagem Pablo eu ficaria ainda mais chocada. Então, recomendo que você não busque muitas informações sobre o livro em si. Leia e se entregue as emoções que os autores te propõem. Aqui, os mortos pedem justiça e vemos um homem à beira do abismo. E claro que com a escrita envolvente do autor, você nem vê que chegou ao final da história.

"Não Deixem Queimar" - Rodrigo de Oliveira:
Se tem um conto que é fácil de ler, é este. E o mais legal: nos surpreende. Eu me tornei fã da escrita do Rodrigo e isso é inegável, porém vou elogiar mais, porque ele merece: as reviravoltas que ele faz são incríveis. Os personagens são mais gente como a gente e ver o desespero das pessoas a cada cena, nos deixam sem fôlego. Nesse segundo conto, o foco é a alma do poço do elevador, mas também é onde vemos o início do fogo e a visão de quem realmente estava lá dentro, passando pelos traumas: do calor e dor do fogo sob a pele. Envolvente e emocionante!

"Os Treze" - Marcus Barcelos:
Acho que de todos, esse talvez seja o conto mais humano, pois a sensibilidade do protagonista Amilton perante toda a trajédia é muito palpável e para mim, é o conto que mais poderia ser verdade. Baseando-se na história das trezes almas dentro do elevador que morreram (e nunca foram reconhecidas), Barcelos nos conta de uma maneira muito delicada a visão de quem perdeu amigos e familares no incêndio e que até hoje não tiveram uma resposta sobre o destino dessas pessoas. Considero o conto mais difícil de ser lido, não porque é confuso ou cansativo e sim pela carga dramática. Destaque para o final da história que também surpreende bastante! Um dos meus contos favoritos desse livro, com certeza! Impressionante.

"O Homem na Escada" - Victor Bonini:
Fugindo mais da realidade, Bonini nos conta uma história de como o Joelma estaria se ao invés de voltar a ser um prédio comercial, ele tivesse sido tomado por ocupação ilegal, destino comum dentre os vários prédios abandonados em SP. E se você já conhece o autor, assim como eu, sabe que ele não está em sua zona de conforto, escrever o sobrenatural não faz parte de seu repertório, porém digo que ele conseguiu manter o nível dos contos anteriores com uma história envolvente e tipica da cidade. Essa seria a história que mais te deixaria no suspensa, sobre o que é real ou não. 



Desta forma, acho que consegui passar por todos os caminhos do "Vozes do Joelma" sem dar spoilers e ao mesmo tempo tentando mostrar-lhes o quanto esse livro me impactou. Parabéns a Faro Editorial pelos 100 livros publicados, parabéns por mais uma edição maravilhosa, mas também quero dizer obrigada por unir tantos talentos e por acreditar na nossa literatura ♥

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Maravilhoso!

- Alessandra Salvia

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Words Challenge 2019 - Virgem

Olá amores,


Fui desafiada pela Pâmela do Interrupted Dreamer a colocar as seguintes palavras: "ainda, pouco, tempo, hamburguer, promoção, piso, granizo e ossos" em um texto sobre uma virginiana organizada, inteligente, perfeccionista, realista e dedicada. Minha intenção com esse texto é poder inspirar as pessoas a fazerem aquilo que desejam, e por que não transformar algo que as pessoas apontam como "defeito" para encontrar seu caminho? Espero que gostem!


Words Challenge 2019 - Virgem


"A chuva de granizo lá fora batia forte nas janelas, pelas frestas a água entrava e molhava todo o piso de madeira. Era um pouco frustrante, mas eu ainda estava satisfeita com o trabalho que tinha feito naquele lugar. Meu novo escritório estava todo dividido por cores, tudo em ordem e de acordo com as prioridades dos afazeres. Alguns dizem que minha organização chegou ao limite e eu apenas acho que estou me tornando mais funcional, já que eu não perdi nenhum prazo até o momento, perdi? Métodos de otimizar o espaço e tempo são comigo mesmo, por isso estou me tornando a melhor e mais disputada personal organizer de toda a cidade.

E quando falo isso, por favor, não leve para o lado ruim da coisa. Não quero ser metida ou arrogante, quero apenas mostrar a vocês que é possível atingirmos nossos objetivos se trabalharmos duro e não tivermos medo de arriscar.

Ontem mesmo, fui comer um hambúrguer com amigos de infância e começamos a discutir sobre o que seria o sucesso ou como cada um é julgado por simplesmente não seguir os padrões. Muitos deles que condenavam a minha maneira metódica de viver admitiram que nunca imaginaram que eu pudesse fazer disso uma profissão.

Eu ri alto. Não era a primeira vez que eu ouvia aquilo e não seria a última.

- Ninguém acreditou quando eu abri mão daquela promoção em uma multinacional para seguir o meu sonho. E talvez isso tenha me motivado mais a seguir em frente.
- Você não se arrepende? - outra pergunta recorrente. Eu só me limito a responder.
- Nunca. Mudar de carreira foi mais do que uma troca de empresas, foi aceitar quem eu sou. Pela primeira vez, eu sinto que estou no caminho certo.

Ah, e como sentia... Tinha certeza até os ossos de que nascera para aquilo. Não vou mentir que ainda bate aquela insegurança, afinal, quem não tem contas a pagar, né? Mas eu sempre dei um jeito por simplesmente acreditar ser possível. E acho que bastou para fazer tudo funcionar."



- Alessandra Salvia

terça-feira, 17 de setembro de 2019

TAG dos Clichês

Olá amores,

Que eu amo um clichê, todos vocês já sabem, mas que tal falarmos mais um pouco desses livros que geram tanta polêmica? Criada pela Maria Angelica do "Vamos ler" e não podia deixar de trazer a vocês. E confesso que algumas categorias foram beeeem difíceis de responder! rs



TAG dos Clichês


1. Quem eu escolho? (triângulo amoroso que você achou mais desnecessário)
Quem é Aspen em terra de Maxon? 
2. “Soltou o ar que não sabia que estava prendendo” (Última vez que leu a frase)
A última vez, eu não me lembro, mas isso é MUITO COMUM. E como eu tenho certeza que a Bella falou, vou colocar essa saga aqui, rs.

3. Oi, já te amo! (o instalove mais rápido)
Muito rápido, tanto que achava que a Sarah ia se lascar por isso.

4. Complexo do melhor amigo (aquele que sempre se apaixona por ou é a paixão do personagem principal)
Gale acha que só por ser melhor amigo da Katniss precisa ser o seu amor também.
5. Uma bigorna nos ombros (personagem que carrega a culpa do mundo)
Cadu e sua culpa mereciam estar aqui, porque ele até acha que precisa sofrer
6. Casal silêncio (falta de comunicação entre personagens)
Metade do livro não aconteceria, se Auburn falasse com o Owen.
7. O intelectual (personagem super inteligente que lhe fez sentir estúpido)
Hermione Granger já entra na escola sabendo de quase TUDO!
8. O poderoso chefão (personagens jovens com cargos altos demais)

Os CEOs da vida ganharam destaque com o sucesso de 50 tons
9. Personagem principal coadjuvante (quando o livro é todo sobre o interesse romântico)
Toda a problemática é em relação a Miles, a protagonista Tate não tem nenhum desenrolar aqui.

10. O engraçadinho chato (personagens escritos com a intenção de serem legais, mas só irritam)
Simon. Ai que raiva dele no livro 1! HAHAHA

11. Leitor do contra (clichê que você ama e não se cansa de ler)
Eu sempre leio romances com jovens na universidade se auto descobrindo e se apaixonando perdidamente, rs.

Lembrem-se de que podem também responder a TAG, basta me avisarem para eu também conferir as respostas de vocês! Ah, gostaria de indicar para a Pâmela do Interrupted Dreamer, sei que ela vai sofrer um pouco para escolher algumas respostas, rs.

- Alessandra Salvia