terça-feira, 10 de setembro de 2019

Livro: Sol em Júpiter

Olá amores!


O livro de hoje foi lido há algum tempo, só que eu estava na dúvida se trazia ou não a resenha a vocês. Mas acho que talvez seja a hora de conversarmos sobre "Sol em Júpiter" escrito pela Lola Salgado, publicado pela Editora Harlequin e que infelizmente, não foi uma leitura tão proveitosa assim...


A história é sobre a youtuber Sol, ops... Mais conhecida por Juba, ela ajuda seus 6 milhões de seguidores com conselhos sobre amor próprio e auto estima, algo muito válido nos dias de hoje. E com uma trama muito bem humorada, vemos Júpiter invadir a vida e os pensamentos de Juba, mesmo ela estando noiva de André. (Sim, Júpiter é uma pessoa, rs).

Não posso dizer que não me diverti lendo. Foi uma leitura bem rapidinha e dinâmica, a Lola tem uma boa noção de ritmo e de construção de personagens, porém, neste enredo, alguns pontos me deixaram bem incomodada.


Primeiro, por mais que não tenha tido contato físico entre Sol e Júpiter, há um encantamento e relacionamento envolvido, a garota ressalta o quanto eles se encaixam, o quanto ele é lindo, sexy, divertido... Há mensagens íntimas e trocadinhos que eu considero sim um tipo de traição. E meu bem, se tem algo que eu não gosto, é traição. Para mim, só o fato de você se interessar por outra pessoa é considerado uma falta grave. Ai você me fala: "Ah, mas Ale, a Sol sempre teve consciência do noivado e blá-blá-blá". Concordo, mas isso não abona o erro anterior. Desculpem.

Em segundo lugar, algo bem raso foi o uso do artifício: André não merece Juba e por isso tudo se justifica. Sol é colocada como vítima, sendo que ela não é. André fez besteira sim, ele é um idiota sim, mas senti que isso só foi usado para mostrar ao leitor o quanto a Sol é boazinha e merece ser feliz. Nenhum desses personagens está certo. Nenhum deles me fez querer estar presente naquela história, sabe? E olha que a narração é em primeira pessoa e eu amoooooooo me transpor para as páginas. 

E em terceiro, se eu fosse o Júpiter não aceitaria ficar com a Sol naquelas condições. Pode ser um spoiler, então pare de ler aqui se você não quer saber o que acontece na reta final da obra, ok? Sol só terminou com André porque foi traída ao vivo, com milhares de pessoas assistindo. Porque pensem... E se André não tivesse pisado na bola, até onde essa relação iria? Sol teria a coragem de seguir em frente com Júpiter? O casamento com André aconteceria? Não sabemos, né? Faltou iniciativa por parte da protagonista. Foi uma grande perda de oportunidade, pois ali ela poderia nos dar uma lição de lealdade e amor


Sinto muitíssimo ao escrever essa resenha, mas não podia ser diferente. Acho que preciso ser honesta com vocês, não é porque o livro é um nacional e de uma grande editora que devo concordar com os fatos apresentados e elogiar só para me encaixar ao padrão. Até porque vejo tantos elogios e me sinto meio aleatória, tipo... Será que eu li o livro errado? rs. 

A edição está MARAVILHOSA! Capa linda, tudo impecável! Nesse quesito nem tenho o que reclamar. E realmente espero que esse não seja meu último contato com a Lola Salgado, porque vejo potencial na sua escrita e acho que essa falha de roteiro não pode ser pré-determinante para seus livros futuros.


E aproveitando esse espaço, gostaria de saber a opinião de vocês sobre a obra, hein? Já leram? Querem ler? Comentem!!!!!

Minha Classificação: ♥ ♥ (2/5) - Não foi dessa vez...

- Alessandra Salvia

18 comentários:

  1. a edição é mesmo linda e gostei mt da resenha com sua opinião sincera, vc tem que falar msm sua opinião

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Gente do céu.. se antes eu não queria ler, imagina agora depois de descobrir que tem traição. Eu também não curto esse artifício..
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio de aniversário Balaio de Babados e O que tem na nossa estante. Participe!

    ResponderExcluir
  3. Oi
    eu já vi essa capa por alguns blogs, pena que não curtiu, a protagonista pelo que entendi na sua resenha parece ser até meio indesisa, gostei da sinceridade.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Alê,
    Eu já tinha lido uma resenha negativa sobre esse livro, se não me engano, apontou coisas parecidas que você. Mas eu ainda to super curiosa pra ler.
    Vi na Bienal, a edição está linda. Porém, não deu pra trazer. Quem sabe futuramente, ne?

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  5. Lembro de quando você comentou, mas iriai fazer uma resenha depois e acho importante sim apresentá-la aqui, Ale!
    O livro é tão bonito que mesmo assim ainda dá vontade de ler, que pena que teve essa falha no roteiro :/ Mas que bom que tem ritmo porque nossas metas anuais agradecem HEHEHEHEH

    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  6. Gostei do seu post, seu site é muito bom mesmo, estou toda semana visitando e lendo seus artigos.

    Parabéns!

    Meu Blog: Loteria Ouro Branco da Sorte

    ResponderExcluir
  7. Oi, Alessandra como vai? Resenha bacana, pena que a leitura não tenha sido o que você esperava. Abraços!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi Ale, sei bem como se sente, e olha, eu adoro uma resenha sincera viu?!
    Fiquei chateada com essas atitudes por aqui só de ler sua resenha, também acho traição troca de mensagens e outras coisas que comentou!
    Enfim, não sei se leria este livro..

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho curiosidade de ler esse livro pena que pela sua resenha não gostou tanto. Mas gostei de saber mais do livro.
    Bjs
    https://eternamente-princesa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. É a sua sinceridade que faz do seu cantinho um lugar especial, Ale. Nunca perca isso! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Ale, tudo bem?
    Achei a resenha muito lúcida! Pelos mesmos motivos que você, acho que me incomodaria ler.
    Acho muito complicado quando os autores tentam colocar o traído como alguém ruim só pra justificar a traição da protagonista. :(
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  12. Oi, Alê! Tudo bom?
    Acho que foi a Duda que leu esse livro lá pro blog??? Não lembro, mas lembro que ela acabou não gostando muito - e quando ela não gosta de alguma coisa é bem certeza de meu santo não bater também HUASHUSAHUASHUSAUHSHUA ai acabo evitando.
    Aparentemente os motivos que tu citou são bem os mesmos que me fariam olhar HMMMM pra história, sem paciênciaaaa.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá, Ale.
    Eu gostei bastante do livro. Não vi como traição não, eu acredito que olhar, achar bonito e até desejar são coisas que acontecem o tempo todo. Não é porque a gente tem um relacionamento que a gente não enxergue o que está na nossa frente. Mas entendo seu ponto de vista. Ela devia sim ter terminado o relacionamento antes de descobrir a verdade e acho que se fosse diferente ela teria ido até o fim.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  14. Oi Ale,

    Eu era muito assim com traição também e não sei se é a falta de estar apaixonada ou o choque de realidade de ter percebido que as vezes a gente se apaixona estando comprometida com outra pessoa, mas me interessei em saber se concordo ou não com você.
    Talvez eu leia mais para frente só pra conferir.

    Beijos

    https://tear-de-informacoes.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir
  15. Oi Ale!
    Que pena! Vou te dizer que detesto personagens que traem sem necessidade tbm!
    Mas eu tinha vontade de ler esse livro, e agora? hahah
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Ale

    Tinha até me interessado pelo livro por causa da capa (sou dessa) e porque você disse que é divertido ,mas no final acho que nao itia gostar da leitura.
    Eu também não curto muito esse negócio de traição ,ate não condeno você se interessar por uma pessoa e tal que eu tive impressão que é o que aconteceu nesse livro. Porém chega a um ponto, no qual você se sente mais interessada pela outra pessoa que tem que colocar as cartas na mesa,principalmente vindo de uma pessoa que fala de amor próprio e auto-estima na internet.
    Realmente acho que o desfecho não foi a melhor escolha

    Amei a resenha

    Beijão

    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir