terça-feira, 27 de outubro de 2020

Série: Ratched - Season 1

 Olá amores,

Começando as postagens mais macabras para o Halloween, vim falar da novidade da Netflix: a primeira temporada da série "Ratched"! E como eu sou bem curiosa para tramas que envolvem questões psicológicas, é claro que eu quis assistir e trago a crítica para vocês.

Baseada na personagem Mildred Ratched, enfermeira já conhecida do público tanto pelo livro quanto pelo filme "Um Estranho no Ninho", vemos a juventude e o início da carreira dessa tão fria e temida vilã. Claro, como vamos seu passado, muito do cunho da série é nos apresentar suas motivações, suas cicatrizes e como Ratched entrou no Lucia State Hospital, um hospital que trata especificamente de doentes mentais.

Eu admito que de início achei o ritmo muito lento e entediante, até eu realmente entrar na história foi um pouco difícil, porém como eu já disse, sou curiosa sobre esse tipo de temática mental, quase me tornei psicóloga na época de vestibular, então insisti e não me arrependi. A cada episódio, aprofundamos na mente da protagonista e passamos a ver as situações sob o ângulo: o que é necessário para a medicina avançar? Como fica o fator humano perante os procedimentos absurdos? Por que o diferente sempre era visto como algo negativo? 

E basicamente é isso que mais me prendeu a série: humanidade x ciência. O que é cruel, o que é humano, o que é justo? Também será abordado a questão de pena de morte, o que é ainda mais polêmico, mas eu realmente acredito que a série traz uma visão ampla sobre o assunto já que muito do que é decidido ou implementado em hospitais pode até mesmo ter ligação com política e valores sociais. Não é uma obra fácil e nem é politicamente correta. Não pense que é do tipo de maratona, ok?

Existem diversas cenas e diálogos que nos deixam desconfortáveis, vá preparado porque algumas coisas são bem impressionantes, pesadas. Também preciso te alertar para plots twists surpreendentes, vááááárias vezes eu fiquei de boca aberta perante a ousadia da trama. 


Eu gosto MUITO da produção. O figurino, os uso de cores, luzes e claro, o elenco brilha. Sarah Paulson é uma perfeita Mildred: elegante, misteriosa, séria e precisa. Temos alguns outros nomes de peso como Cynthia Nixon, que já é conhecida do público por Sex and the City e também Sharon Stone, que para mim, é quase irreconhecível! E acho que um destaque super merecido vai ser para a Sophie Okonedo que faz uma mulher com personalidade multipla. Ela arrasa demaaaaaaaais e deixa a gente com a respiração presa a cada aparição em tela.


Falando agora sobre o final da temporada, eu não poderia ter gostado mais. O mistério e ousadia continuam e há um grande gancho para continuações, mas ainda não sabemos nada de renovação. Fiquem de olho no instagram do blog, porque eu divulgarei lá quando tivermos novidades sobre a produção, ok?

Espero que tenham gostado da dica de hoje, aos poucos estou voltando ao mundo dos suspenses psicológicos e espero que as leituras desse gênero também fluam como antes. Não se esqueçam de deixarem seus comentários!

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ (4/5) - Muito bom!

- Alessandra Salvia

11 comentários:

  1. Oi, Alessandra. Como vai? O seriado parece excelente. Que bom que gostou da assistí-lo. O figurino está de arrasar. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi.
    Com certeza eu não assistiria, um pouco de suspense já me faz perder o sono, esse tipo de série me faria perder o sono por longos meses mas, fiquei feliz em saber que você assiste de boa.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Amei a dica. Eu estou querendo muito assistir essa série por causa da Sarah, e além de ter todas essas reviravoltaa na trama
    Beijos
    http://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ale

    A série está lá na minha lista. Também gosto bastante de obras que abordam essa questão mental e adoro a Sarah, assim que der vou assistir.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  5. Oi
    eu pretendo ver essa série ainda, me interessei inicialmente porque tem a Sarah, mas o enredo é interessante, que bom que gostou mesmo tendo demorado para pegar o ritmo da série, parece ter bons atuações.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oiii Alê

    Eu tentei assistir essa série e achei o começo chato e acabei deixando pra lá, mas agora fiquei animada em saber que vai ficando bom, tem uma produção bacana e um final satisfatório de temporada. Vou insistir nela de novo.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Ale,

    Confesso que não é lá muito meu estilo de série, mas conforme a gente vai acompanhando as resenhas bate aquela curiosidade em conhecer rs. Vou anotar como dica, mas não sei se assistiria agora.

    PS: Eu A.M.E.I. Julie and the Phantoms! Gente eu preciso de uma segunda temporada para ontem! Se a Netflix não renovar essa série eu vou ter um treco hahaha.

    Bjs
    https://diarioelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oiiii,
    Assisti a série e confesso que no início não fiquei muito interessada, mas com o passar dos episódios foi melhorando.
    Achei o figurino e as fotografias maravilhosas!
    No final gostei da série!
    Confesso também que parei de ler e ver séries trillers com a pandemia, mas aos poucos estou voltando.
    Bjo

    ResponderExcluir
  9. Ryan Murphy sempre arrasa em suas séries. Ainda não vi essa.

    Bom fim de semana!


    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Já tinha ouvido falar da série e eu achava que era apenas uma série médica de época haha, achei interessante abordar humanidade x ciência, mas por ser lenta acho que só invento de ver se for indicada ao Globo de Ouro ou ao Emmy.

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Olá, Ale.
    Eu não sabia sobre essa série ainda e confesso que não assistiria. Esses dias não estou conseguindo me concentrar em quase nenhuma série e por esse começo mais lento acredito que não conseguiria seguir em frente.

    Prefácio

    ResponderExcluir