sábado, 10 de julho de 2021

Livro: Libertados e Renegados

Olá amores, tudo bom?

A Editora The Gift Box lançou há algum tempo a duologia The Outskirts, sendo o primeiro livro "Libertados" e o segundo "Renegados" da autora TM Frazier e hoje, vim contar um pouco para vocês sobre essa minha experiência.


Aqui, conheceremos Sawyer, uma jovem que viveu uma vida reprimida e cheia de abusos vindos do pai. Após a morte de sua mãe, ela foge em busca de sua liberdade e de respostas. Enquanto isso, Finn é conhecido como 'Senhor do Pântano', vivendo sempre isolado e amargurado. Juntos, eles descobrirão que podem ter uma segunda chance.

escrita da autora é maravilhosa e muito imersiva. Conseguia visualizar cada cena e mesmo assim, não achei o texto cansativo ou detalhado demais, a história e personagens simplesmente se formaram para mim e consegui me envolver rapidamente

Não é um livro dark, mas a temática é bem delicada e em certos momentos me lembra um pouco os questionamentos que Hades Hangmen nos traz em relação a religião e abusos em nome de uma ideologia. Não vejo a trama tão aprofundada nisso, mas vale sim por sua abordagem e reflexões. Outra ressalva que faço é a construção dos segredos e suas resoluções. Não vejo nenhum ponto importante permanecendo em aberto. 

Falando agora especificamente do final do primeiro livro, muitos podem achar surpreendente (minha mãe não desconfiou), mas eu já esperava, rs. Claro, nem por isso a obra deixa de ser instigante, tenho certeza que você terminará "Libertados' com um desespero por mais e nossa sorte é que "Renegados" já está disponível para leitura também no KU!


Em relação a leitura do livro 2, assumo que foi um pouco menos intensa. Não sei se eu estava naquela empolgação após o desfecho do 1, ou se é porque o livro realmente caí um pouco... Apenas senti que a história se torna mais lenta, fiquei um pouco enrolada nele. O que chega a ser engraçado, pois temos muito mais ação aqui. Não é um desfecho ruim para a série, só acho que se a obra fosse editada de uma maneira diferente, talvez não precisassem de dois volumes. Cortando alguns detalhes e incluindo outros, a história daria um ótimo volume único com um ápice bem no meio de seu desenvolvimento. 

Outro ponto positivo é a presença dos secundários Josh e Miller. O casal protagonista é mais dramático, então o contraponto de comédia de Josh e Miller é muiiiiiiito bem vindo. Traz a leveza e uma dinâmica boa para balancear a leitura. 

Perfeitos para os fãs de romances dramáticos com cenas mais sexys, "Libertados" e "Renegados" é uma duologia que entrega exatamente o que promete: traumas do passado sendo superados com apoio e empatia, um amor que renova nossa fé e claro, muitos suspiros por um casal cheio de hormônios! rs

Minha Classificação de "Libertados": ♥ ♥ ♥ ♥ (4/5) - Muito bom!
Minha Classificação de "Renegados": ♥ ♥ ♥ (3/5) - Bom!


- Alessandra Salvia

25 comentários:

  1. Que resenha legal, gosto de lê resenhas que não falam tudo e deixa a gente com uma louca vontade de lê, ainda preciso reestabelecer minhas leituras, estão completamente escassa mas pretendo voltar, haha. Beijos flor♡

    ResponderExcluir
  2. Uma resenha vem convivente. Gostei do livro, seria uma leitura e tanto.


    Beijos
    https://blogdathaiara.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Alessandra. Como vai? Que bom que os livros tenham lhe agradado. Parecem boas obras. Adorei a resenha. Abraço!



    http://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Ale! Vi hoje no seu Insta sobre esse relançamento, mas confesso que não lembro da primeira edição. Quem sabe agora eu confira as histórias. Anotei a dica.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dê uma olhada no kindle, porque já esteve de graça algumas vezes, Cida! As vezes, você tem e nem sabe! rs

      Excluir
  5. Olá, Ale.
    Essa outra capa faz muito mais meu gosto hehe. Mas não é uma história que eu leria. Não sou fã de romances dramáticos e falou em segundas chances então já desanimo hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oi Ale, tudo bem?

    Vi a divulgação do relançamento no seu Instagram, mas não me recordo da primeira edição. Confesso que gostei bem mais da nova edição, pois não curto e não entendo essas capas com homens seminus r...

    A premissa da história é interessante também, mas no momento não estou muito no clima para ler romances do gênero.

    Beijos;***
    Ariane Gisele Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa segunda capa tem muito mais ligação com a história, Ane!

      Excluir
  7. Oi Alê, tudo bem? Eu não conheço a autora, mas tem história que mesmo boa decaí em segundo volumes, às vezes é melhor ser um pouco maior e com menos volumes. Mas achei a premissa bem boa!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero ler mais da autora, porque a escrita dela é muito boa!

      Excluir
  8. Olá...
    Ainda não conhecia essa duologia, mas fiquei com muita vontade de ler! Pelo que pude perceber, a autora consegue prender o leitor e fiquei bem curiosa se seria capaz de suspeitar ou não desse desfecho do vol1.
    Dica anotada <3
    bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Eu não conhecia essa duologia, mas que bom que, mesmo sendo previsível para você, ainda te foi uma boa leitura. Achei legal que, mesmo tendo assuntos bastante delicados, a autora conseguiu lidar bem com eles e não ficou uma leitura maçante.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  10. Oi Ale,
    Gostei dessa reflexão sobre religião, me parece que a questão tratada no livro é a de fanatismo.
    Uma pena que o livro 2 entra na maldição do segundo livro ruim, haha. Mas, apesar das ressalvas eu leria essa duologia. Gostei das capas com a moça ruiva.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  11. Oi Ale, tudo bem?
    Estender as histórias desnecessariamente é um erro que muitos autores cometem, né?
    Que pena que o gostinho final não tenha sido tãaao bom quanto o start na série.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  12. Oiiiii,
    Eu decorei essa série! Gostei muito!
    Gostei da nova capa também.
    Um livro fácil de ler e consegui meio que deduzir o final da história, mas mesmo assim gostei bastante.
    Bjo

    ResponderExcluir
  13. Oi Ale,

    Devo admitir que a capa do livro (do homem sem camisa) acaba me afastando da obra. Mas gostei mais dessa nova capa. Eu gosto de umas histórias mais pesadas.

    Boas leituras,
    Apesar do Caos (blog)   | Skoob   |  Twitter
    Karen Gabrieli

    ResponderExcluir