Livro: 13 Segundos

Olá amores!

Como estão? Hoje é dia de mais um livro inspirado na Bienal do Livro de SP: "13 Segundos" da Bel Rodrigues, publicado pela Galera Record.



O livro já tem uma presença impactante, né? E essa capa maravilhosa é só o começo... Prestes a começar o último ano da escola, Lola é uma garota normal de ensino médio que ama cantar e acabou um relacionamento sério há pouco tempo. Porém, serão apenas 13 segundos que mudarão sua vida completamente. 13 segundos que destruirá seus sonhos e esperanças.

Não sei se devo falar a temática central desse livro ou se deixo vocês descobrirem por si só, então se você não quer saber detalhes, só quer saber se deve se jogar nessa obra, a resposta é sim. Como eu disse lá no meu Instagram, acho que '13 Segundos' é uma obra para o ser humano ler e se questionar: quem eu seria nessa história? Eu apontaria meu dedo para julgamentos? Se eu estivesse no lugar da Lola, como reagiria? Acho que a autora foi muito inteligente no seu posicionamento, pois por mais que a grande reviravolta ocorra quase no final da obra, há MUITAS reflexões relevantes e que marcantes. A Bel utiliza o artifício de mudar a narração para vermos um ponto de vista mais 'nosso', porque felizmente não passei pelo que a protagonista passou e confesso que um capítulo foi mais do que suficiente para captar aquela dor e decepção para com o mundo. Talvez, se a Bel fosse mais a fundo na visão da Lola, a obra ficaria muito mais pesada e não seria algo para todos lerem e absorverem a mensagem. O cuidado da Bel para respeitar o público e mesmo assim dar um tapa na nossa cara é louvável.



Agora, se você quer saber a temática central, continue a ler: revenge porn. Você já leu algo assim? Você esperaria algo assim? Eu, não. Acredito que a polêmica envolta da obra não é apenas por divulgação de vídeos íntimos, o problema é muito maior do que isso. Há a questão do machismo, a questão do relacionamento abusivo e além do abuso psicológico que a pessoa pode sofrer. De início, o relacionamento de Lola e Leo era maravilhoso, mas em diversos momentos enxergamos abusos por parte do rapaz. Não que mulheres sejam isentas, não, pode sim ocorrer o inverso, mas no mundo machista em que vivemos, é muito mais fácil o homem ser o opressor. Está intrínseco na sociedade. E quando Lola percebe isso, talvez, seja tarde demais.

O feminismo da obra é uma lição para o leitor. A amizade que une as personagens mostra o verdadeiro significado de sororidade e altruísmo. Por mais que seja uma leitura leve e que se torna mais pesada, o final da obra mostra sim uma esperança e que nem todos são iguais. Não podemos julgar o outro pelo que seu ex fez. Cada um deve assumir as consequências dos próprios atos e ninguém pode pagar pelo erro alheio. E sim, eu acho que tudo tem um lado bom nessa vida, mesmo que na hora não pareça

A Pam Gonçalves abordou de uma forma muito 'didática' e relevante o livro e acho que seria interessante vocês refletirem também:



Forte, né? Necessário. Relevante. Eu devorei a obra e repito que a Bel me surpreendeu demais com sua escrita, pois meu primeiro contato com ela foi no conto do livro 'Amor nos Temos de Likes', mas com essa obra temos uma outra Bel Rodrigues. Com uma escrita mais madura, mais desenvolvida e mais fluída



Agora, em relação ao final aberto, vou dizer a vocês que alguns podem não gostar e vão pedir uma continuação, mas eu adorei! Leria mais, leria mais COM CERTEZA, porém entendo que a proposta de '13 Segundos' é essa. Vamos viver um dia de cada vez, vamos mostrar que o amanhã pode ser feito por nós mesmas. Temos escolhas, temos possibilidades, não precisamos ficar presas aos julgamentos e acusações. Somos mais que 13 segundos

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Maravilhoso!

- Alessandra Salvia

Comentários

  1. Uau! Que tema necessário a ser discutido, já adicionei o livro na minha lista. Revenge porn é um assunto tão pouco discutido e que infelizmente acontece com muitas pessoas, principalmente meninas, já tivemos uma evolução de isso ser considerado crime pela lei brasileira este ano!

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Cássia! Mas discutir o assunto e conscientizar as pessoas que é crime, nunca é demais, né?

      Excluir
  2. Oi, Ale!
    Eu acho revenge porn algo tão baixo que eu só posso chamar gente que pratica isso de lixo humano.
    Particularmente eu não sabia do que se tratava a história, mas agora eu já quero ler e pra ontem!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Fiquei bastante curiosa pelo livro, a abordagem é excelente e acredito que todos devem ter essas reflexões pelo menos uma vez. Adorei a dica!

    Beijo
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Parece ser um bom livro, cheio de questões importantes, que se conectam com discussões atuais. Quem sabe futuramente, eu leia.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  5. OI Ale, td bem?
    Esse livro parece ser bem forte e fala sobre questões que precisam ser faladas e discutidas!
    Com certeza já anotei aqui pra ler futuramente!
    Adorei a resenha e indicação!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=ruvaIsUKEUc&feature=youtu.be

    ResponderExcluir
  6. Oi Ale, tudo bem?
    Adorei a dica e achei o tema da obra MUITO relevante!
    Fiquei super curiosa pra conferir e, como feminista, já quero debater esse tema tão importante. Lerei com certeza se surgir a oportunidade!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  7. Oi Ale!
    Eu sou apaixonada pela capa desse livro😍😍😍😍. E agora que eu li sua resenha e sei do tema. E além disso você amou. Mais um ponto para ler ele.
    Vou inclui ele na minha próxima compra.
    Beijos
    Ariane
    www.oquetemnanossaestante.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie Ale =)

    Eu já sei mais ou menos do que se trata a história de 13 Segundos e estou bem curiosa para ler o livro. Acho cada vez mais importante os livros, em especial voltados para o público jovem abordarem essa temática mais vida real, para ser vir como um alerta mesmo que nem tudo é conto de fadas na vida.

    Sobre o final aberto, sinceramente só lendo para ter conseguir ter uma visão geral se foi uma boa ideia ou não da autora.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  9. Oi
    menina não conhecia esse livro, parece ser uma história bem intensa e que faz o leitor pensa, fiquei curiosa pelo que você falou.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Ale! Tudo bom?
    Eu tô muito curiosa pra conferir esse livro. Achei a temática interessante, especialmente se a autora soube desenvolver as críticas em cima disso - como parece ter sido o caso.
    PORÉM, por ser uma premissa bem pesada e emocionalmente desgastante (e eu acho que vou me revoltar demais com a situação), não vou ler no momento. Vou esperar uma época menos estressante pro meu psicológico UHASUHUHASUHASUHAS

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Ale!
    Eu vi muitas pessoas comentando que queriam ler esse livro, mas não tinha me interessado o suficiente pra pesquisar sobre o que ele se tratava. Com a sua resenha, fiquei encantada e quero muito ler. Gosto quando os autores falam sobre assuntos reais e que só quem passou, pode entender. Foi para a wishlist!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  12. Olá, Ale.
    Eu não sabia sobre o livro, mas gostei do tema abordado e vou querer ler. Infelizmente o machismo está enraizado dentro de nós e as vezes somos machistas sem perceber até porque é algo que fomos criadas assim. Assim que der vou ler ele.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Apesar de não ser um tipo de livro que gostei de ler, a capa sem dúvida que chama logo atenção. Mas valeu pela sugestão e pelo post :)

    XoXo
    - Helena Primeira
    - Helena Primeira Youtube
    - Primeira Panos

    ResponderExcluir
  14. Oi, Ale!

    Vi o livro na Bienal e confesso que fiquei mega tentada a comprar. Ainda quero e muito conferir a obra! Imagino que a história traga mesmo muitas reflexões e qual seria a nossa atitude no lugar da protagonista e até mesmo dos demais personagens que acompanham o desenrolar. A temática parece ser daquelas pesadas, mas necessárias. Um evento que já ocorrera com muitas garotas, mas que só agora vemos sendo tratado em livro, o que torna a leitura tão importante! Adorei a resenha, quero ler pra ontem.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comprei antes da Bienal e levei na mochila para a Bel assinar, rs.

      Excluir
  15. Oi Ale! Eu não acompanho a autora, mesmo sendo fã da Pam e sempre tendo projetos das duas juntas, nunca parei para prestar atenção na Bel. No entanto, desde que vi que este foi um dos livros mais vendidos no estande da Record na Bienal, fiquei curiosa e depois desta resenha positiva, decidi ler. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  16. Gostei da resenha Alê. Acho interessante quando os livros abordam esse tipo de temática espinhosa, principalmente no que concerne a casos de abuso psicológico. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  17. O tema parece ser super forte, mas interessante demais. Adorei a indicação!

    ResponderExcluir
  18. Oi Alê!
    Essa capa...muito perfeita!
    Li recentemente e como você disse,a história é extremamente necessária.São temas fortes,extremamente atuais e que é importante falarmos sobre e a Bel teve muita delicadeza em colocar no livro.A história é muito real e a gente parece que está ali,mas fica aquela reflexão pra saber de qual lado estaríamos.
    Achei o final realmente muito aberto,mas não imagino a Bel escrevendo uma continuação,mas quem sabe.O importante é a mensagem que o livro passa e passa muito bem.
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Filme: O Inferno de Gabriel - Parte I, II e III

Guia de Leitura Série Hades Hangmen

Lançamentos Outubro/2022