Livro: Palácio de Mentiras

Olá amores,

Falar sobre "Palácio de Mentiras" (escrito pela Erin Watt e publicado pela Editora Essência) será bem fácil, porque por mais que o livro seja aquele clichê básico com um suspense de: "quem matou fulano?" é aquela leitura que te tira de uma ressaca literária e dá uma agilidade na sua lista de pendências!


Eu estava bem ansiosa para saber a continuação da história de Ella e Reed. Porém, não se preocupem, pois não vou soltar nenhum spoiler, quero falar um pouco com vocês sobre a experiência de leitura, afinal, falar do enredo pode ser um pouco revelador demais, até para quem já conhece a série. Abaixo, deixarei as resenhas dos livros anteriores:

Princesa de Papel - AQUI;
Príncipe Partido - AQUI;


Basicamente, é o tipo de obra indicada para quem adora um romance adolescente, cheio de dramas familiares e testosterona, rs. Os garotos Royals estão mais calmos, mas a presença deles ainda é beeeem marcante. Reed foi o personagem que mais cresceu, pois seus sentimentos tornaram-se mais visíveis e ele não os esconde em momento algum. Enquanto Ella se torna até um pouco apagada pelo plot em que Reed se encontra.

Gostei muito da Erin tentar aumentar a intensidade da série. Lidar com romance adolescente é uma coisa, mas assassinato é outra bem diferente, vemos mais desespero, mais dor, mais consciência na história. Só que os conflitos abordados e soluções apresentadas deixaram um pouco a desejar, felizmente, eu não esperava algo mais complexo da série. Entendo essa 'pegada' mais adolescente e talvez se fosse questionar alguma coisa, seria a quantidade de machismo e feminismo na obra.

Engraçado como existem situações extremistas aqui e dá para enxergá-las nitidamente no enredo. Ora temos lição de moral sobre a liberdade da mulher, ora os Royals tratam as meninas como objeto. Talvez, você seja como eu, e se pegue julgando os personagens, mas infelizmente, algumas frases repletas de machismo acontecem na vida real também e precisamos mudar isso. Acho que apontar esses detalhes no livro pode sim ser o início de um diálogo para a mudança efetivamente ocorrer.


Confesso que em alguns momentos, a leitura se torna um pouco cansativa e monótona em relação a acontecimentos. O que salva é a narrativa da Erin ser muito boa, a gente fica querendo continuar para saber qual será o desfecho de Ella e Reed. Aproveito para abrir parenteses aqui e contar a vocês uma curiosidade: sabiam que a autora Erin Watt é na verdade um pseudônimo das autoras Elle Kennedy e Jen Frederick

Agora sobre meu posicionamento sobre o final da história, só selecione se quiser ler: achei muito boa a abordagem do pai de Ella não ser o pai exemplar. Eu suspeitei que ele fosse o assassino desde que ele apareceu e se fosse eu a autora, já iria mudar tudo e o colocava ele como pai do bebê de Brooke. Digno de novela mexicana! HAHAHA E vocês? O que acham?


Espero que tenham gostado da dica de hoje e em breve, trago a resenha de "Herdeiro Caído", o quarto livro da série, porém com o foco em Easton, o irmão de Reed. Deixem seus comentários!

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ (4/5) - Muito bom!

- Alessandra Salvia

Comentários

  1. Oi, Ale
    Eu gostei muito desse livro mas eu achei que o ritmo desse e do livro do Easton cairam muito se a gente for pensar nos dois primeiros livros. Eu adoro essas descobertas que as autoras jogam no nosso colo, mas confesso que o Reed já tava me irritando já aff
    Beijo

    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Alê

    Eu adoro a Elle, mas depois que li alguns trechos do primeiro livro desisti de ler. Acho que rola uns relacionamentos nada saudáveis, sabe? Então prefiro não ler.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Ale, tudo bem? Eu me surpreendi com esses três primeiros livros, não esperava tanto do primeiro e já fui pega de surpresa, dali para frente achei que as autoras iriam perder um pouco o ritmo frenético e o bombardeio de reviravoltas, mas não podia estar mais enganada. Terminei Palácio de Mentiras querendo mais dos Royals.
    Beijos, Adri
    Espiral de Livros

    ResponderExcluir
  4. Olá, Ale.
    Eu tinha ficado interessada nessa série quando vi o primeiro livro sendo lançado. Mas então comecei a ler as resenhas e acho que vou odiar esses protagonistas masculinos por isso não pretendo ler.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os personagens masculinos aqui são difíceis de engolir, rs.

      Excluir
  5. Oi Alê, eu tenho interesse de ler essa série por ser da Elle, uma autora que eu gosto muito, mas ando bem distante dos romances adolescentes, confesso. Mas tenho uma amiga que ama tanto que fico mesmo curiosa rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ale!

    Uou. Eu não sabia que o nome da autora era um pseudônimo. Curti!! Eu honestamente nunca tive interesse nessa série, acho que as capas me lembram A Seleção, e uma pena esse volume ter sido mais arrastado :(

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Leitura que dá agilidade? Nois ta necessitada KKKKK
    mas a leitura de corte de nevoa e furia ta muito boa, então não posso reclamar rsrs
    Só não ter tempo mesmo, MAS só acho ruim que uma parte ficou chatinha de leitura, mas bom que a autora é boa, então a gente continua e continua :)
    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  8. Muito interessante essa série. Ainda não me animei a ler, mas quem sabe em breve...

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi
    só li o primeiro até hoje, mas ainda quero ler os outros, que bom que gostou da leitura apesar de algumas partes machistas.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A escrita nos envolve e mesmo com falhas, a gente lê hahaha

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Filme: O Inferno de Gabriel - Parte I, II e III

Guia de Leitura Série Hades Hangmen

Lançamentos Outubro/2022