Livro: Daisy Jones & The Six

Olá amores,

Falar de um livro que mexeu tanto comigo que até me arrancou lágrimas não será fácil. A resenha de hoje é sobre "Daisy Jones & The Six" escrito pela Taylor Jenskins Reid e publicado pela Editora Paralela aqui no Brasil. 


Eu peguei essa dica das redes sociais mesmo, pois o livro estava (está!) no hype e mesmo receosa, pensei que deveria arriscar e como estou feliz com isso... A história é narrada através de entrevistas com os participantes de uma banda que fez muito sucesso nos anos 70 e agora, anos depois, cada um resolveu contar sua verdade dos fatos, tanto em relação ao sucesso da banda quanto nas questões pessoais

A cada versão contada sobre o mesmo fato, vemos as diferenças de personalidade e construímos cada personagem a partir do zero. Além dos pensamentos contados por aqueles que os tiveram, sabemos a opinião dos outros, então ao analisarmos em detalhes e em amplitude, essa obra teve muito mais nuances do que qualquer livro narrado em terceira ou primeira pessoa. Sei que o primeiro olhar é de se estranhar, isso pode gerar um pouco de insatisfação se você gosta de textos corridos, mas super vale a pena arriscar nesse novo tipo de formato. Até porque, acredito que é exatamente por isso que o livro se torna ágil.

Primeiro, nós descobrimos como cada um era antes da fama, o quanto batalhavam (ou não) para terem a tão desejada ascensão e depois seguimos para o esperado encontro de Daisy e dos The Six. É uma história controversa e ao mesmo tempo muito real. Real... Gente, como esse livo parece de verdade! As emoções, a construção de todos os personagens (não há certo ou errado, há sentimentos), e também as letras das músicas são sensacionais!!!!! A autora merece muito destaque com sua inteligência ao criar as letras e usá-las como parte importante do livro, afinal, além da vida de cantores, Daisy e Billy (integrante dos The Six) são compositores.


E por falar em Daisy e Billy, admito que NADA me prepararia para a montanha russa que passei com esses dois. Eu chorei, eu sorri, eu queria bater em todo mundo, eu queria abraçar todo mundo. Os plots de ambos não são simples, a carga emocional bate no coração e eu não conseguia parar de ler até descobrir como seria o desfecho dessa história. 

Citando o final, alguns podem criticar a ponta solta que foi deixada, mas eu achei (novamente) muito inteligente por parte da Taylor (autora), pois fez sentido com o que estava nos sendo apresentado: a vida segue, novos recomeços surgem e o que diz respeito a banda tudo está ali, entregue de maneira clara e intensa. Gosto do fato de vermos como cada um dos integrantes está mesmo após os anos terem se passado e se ainda preciso falar algo sobre todo esse desfecho, apenas diria que eu não queria me despedir, porém que o final foi incrível... Ah, como foi incrível...

Agora, sobre as mensagens que a obra nos passa destaco o feminismo. Karen, Daisy e por que não de Camila? Karen e seu foco na carreira, muitas vezes julgado. Daisy mostrando ao mundo que é dona sim do próprio corpo. Camila uma mulher persistente, que está disposta a tudo para proteger sua família. São contextos diferentes que nos apresentam forças femininas diferentes. Em determinados casos, é desconfortável, mas inspirador. Como eu disse anteriormente, não existe certo ou errado, existem sentimentos e as mulheres aqui serão fiéis àquilo que sentem.


Ah, uma observação: algumas cenas podem ser desconfortáveis pelo uso abusivo de drogas, mas tudo faz parte da proposta da obra. Não é um uso desconexo, há motivos para cada cena existir, inclusive, nos ajuda bastante a construir personalidades através dessas cenas. A fragilidade e carência não foram suavizadas. Aliás, nada nesse livro é suavizado e por isso que merece o destaque que vem tendo.

Outra coisa... O livro se tornará uma minissérie da Amazon Prime Video e já conta com sua Daisy escalada, a atriz Riley Keogh trabalhará juntamente a Reese Whitherspoon, produtora da série. E acho que nem comentei, mas esse livro também foi destaque no Hello Sunshine, o clube do livro da Reese.

Riley Keogh a esquerda e Reese divulgando o clube a direita.

Sexo, drogas e rock'n'roll. "Daisy Jones & The Six" parece uma biografia, mas não é. É uma ficção que poderia ser verdade. Tornou-se um dos meus favoritos e eu já quero ler as outras obras da autora, Taylor Jenkins Reid me conquistou. 

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - FAVORITO!

- Alesandra Salvia

Comentários

  1. Nossa fiquei curiosa agora, adoro lê gosto mais de romance mas esse gostei! Um beijo e um ótimo domingo. Já sigo seu cantinho.

    Segredosdamarii.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Alessandra como vai? Caramba eu jurava que esse livro era uma biografia. Me enganei, sua resenha despertou por completo minha curiosidade na obra, se antes, quando este que vos escreve já tinha interesse quando pensava erroneamente que se tratava de uma biografia, agora então minha curiosidade aumentou drasticamente. Adorei sua resenha, pude ver claramente o quão grandioso é esse livro. Irei lê-lo futuramente. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Ale.
    Quando vi esse livro pela primeira vez achei que fosse uma biografia hehe. A sua é a terceira resenha que leio dela e as opiniões foram super positivas. Mas ainda assim é um livro que não chama minha atenção. Mas quem sabe eu assista a série.
    Quanto sua pergunta lá no blog, eu não faço planilhas, mas coloco as capas dos livros em pastas separadas, tipo Desapego, Ebooks, adquiridos e assim vai. Assim que faço alguma ação no skoob já salvo a capa e depois no fim do ano é só contar.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, por isso não tinha ficado interessada em ler, mas quando desconbri que era romance, me joguei! rs

      Excluir
  4. Oi Ale, tudo bem?
    Se vai virar minissérie da Rheese, já quero assistir! Essa mulher não erra uma.
    Gostei muito da dica e acho que eu ia curtir esse jeito diferente de contar a história, por meio de vários personagens, reportagens e tal. Acho esse método dinâmico e interessante.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  5. Oi Ale! Eu li este livro por curiosidade e achei maravilhoso, entrou para meus favoritos. Muita emoção nestas páginas, nesta história de uma banda e de uma mulher que eu queria que fossem reais. Gostei da atriz escolhida para ser a protagonista.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ale
    Eu vi que muita gente indicou esse livro e gostou, mas eu não me interessei muito pelo formato e pelo gênero, não é muita minha vontade, infelizmente. Mas guardei a dica para futuramente.
    Beijo!
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá...
    Estava ansiosa pra ler sua resenha desse livro, pois, como já comentei lá no blog, pretendo ler todos os livros que a Reese recomenda no Hello Sunshine e esse está sendo tão bem comentado que é um dos meus queridinhos pra ler!
    Amei demais seus comentários a respeito da obra e adorei saber que é um livro que fala sobre feminismo, pois, é um assunto que gosto de ler!
    Curiosamente, estou lendo um livro da autora o EM OUTRA VIDA, TALVEZ?, e é engraçado que não sabia que era da mesma autora de Daisy Jones anda The Six....
    Amei sua resenha e minha expectativa pra ler aumentou ainda mais <3
    Bjão

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi
    realmente esse é um livro que está sendo bem comentado, quem sabe algum dia eu leia ele, parece que as personagens femininas são bem intensas, deve ser uma boa leitura mesmo e que bom que gostou.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Estou lendo e adorando! Confesso que quem está roubando meu coração é o Warren e seus comentários bem aleatórios de todo rolê e treta hahahhahahha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio Rumo aos 4K no instagram

    ResponderExcluir
  10. Oi Ale!
    Nossa meio mundo leu esse e o outro livro da autora e eu confesso, naos fa meu tipo mas o hype tem me empurrado a querer ler.

    Abraços
    Emerson
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Uau, impossível ler sua resenha e não querer conhecer esse livro. Parece ser muito bom! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  12. so nice blog :) I follow you on gfc 616,follow back?

    https://styleoflifet.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Menina, eu to vendo todo mundo comentando desse livro!
    Assim como vc, eu sempre fico com um pé atrás quando é mto hype! aushuahsuas

    Feliz que você teve uma boa leitura.

    Um beijo,
    Fernanda Rodrigues | contato@algumasobservacoes.com
    Algumas Observações
    Projeto Escrita Criativa

    ResponderExcluir
  14. Oie
    Confesso que o livro não faz muito meu estilo, mas fiquei curiosa ainda mais com a série que está por vir.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assiste ao primeiro episódio quando lançar, as vezes, se anima a ler!

      Excluir
  15. Oi Ale, adorei sua resenha e mais curiosa ainda por saber que vai tornar-se minisérie vou querer conferir.
    Bjs
    https://eternamente-princesa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Oi Ale,

    Eu já ouvi falar dessa e realmente ela é bem o que eu imaginava, intensa e intrigante.
    No momento não tenho vontade de ler para ser sincera, mas não descarto para uma leitura futura.

    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fica com a leitura na manga, rs. Quem sabe um dia não surge a oportunidade de ler?

      Excluir
  17. Oi Ale,

    Admito que quando vi a premissa e a capa, não me interessei muito. Acho que este é o seu segredo, fazer a gente quer ler um livro que nunca imaginou.

    Beijos

    https://tear-de-informacoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Oi Alê!
    Menina se teve um hype em 2019 com certeza foi Daisy Jones kkkkkkkk
    Fiquei extremamente curioso em conhecer a escrita da autora,mas ainda não sei se começo por esse ou Evelyn Hugo,mas acho que vou começar por esse.
    Uma pena que o preço dele não abaixa nunca hahahahhahahaa
    Mas se tudo der certo quero ler esse ano.
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Filme: O Inferno de Gabriel - Parte I, II e III

Guia de Leitura Série Hades Hangmen

Filmes da Passionflix