Últimos Filmes Assistidos #3

Olá amores!

Faz tempo que não trago para vocês aqui os filmes assistidos, então bora falar um pouco do que eu andei o play?




ATENÇÃO AOS GATILHOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Sei que muitos que não conhecem a história da Selena Gomez pode achar que é um documentário desnecessário, afinal, quem quer saber sobre a vida de uma jovem de 30 anos? O que ela viveu para precisar de um documentário, não é mesmo? Bom, sinto informar que ela realmente desejava não o ter lançado. Mas "My Mind & Me" se fez necessário não apenas como um alerta, como também como um desabafo e um grito desesperado para o mundo parar de julgar sem saber o que acontece por trás das câmeras/redes sociais.

Selena tira todas as suas armaduras e se mostra um ser humano real. Com erros e acertos. Que busca fazer a diferença nesse louco mundo e tem suas inseguranças. Selena fala sobre a pressão da mídia, sobre sua saúde física e mental. Lúpus, ansiedade, depressão e bipolaridade são alguns dos temas abordados, assim como feminismo e empatia com minorias.

É complicado me expor, mas se Selena o fez para gerar empatia e identificação com seu público, vou dizer que me senti muito representada com algumas frases ditas nesse documentário. Sofro bastante com a questão de não ser suficiente e de não me sentir capaz para muitas coisas que desejaria fazer. É algo que trabalho diariamente dentro de mim e ver que não estou sozinha, chega a ser confortante e aé mesmo inspirador, já que vejo que a luta não é só minha.

"My Mind & Me" se mostra uma obra nua e crua. Dolorosa. Real. Porém também é forte, inspiradora e que gera empatia para com o outro. Selena não está sozinha, como eu também não estou. E nem você.



A verdade é: eu não queria assistir "Depois do Universo" porque é exatamente o tipo de filme que me deixa deprimida e com o nariz entupido. Porém, é aquela coisa, quando a gente sente que precisa dar uma chance e se joga sem medo de sofrer, é uma das melhores sensações. Ouso dizer até que foi um dos melhores filmes do ano, viu? Eu estou simplesmente apaixonada e vou panfletar até vocês cansarem sim.

Nina tem Lúpus e sua visão de 'copo meio vazio' é bem real. É desconfortável ver que, muitas vezes, eu me identifico com a visão mais pessimista da personagem, mas que assim como ela, é possível aprender a ver a vida pelo lado do 'copo meio cheio'. E é exatamente assim que Gabriel surge. Como um presente para Nina, para seus pacientes e por que não para nós também? É impossível não se encantar! Seu coração, empatia e sorriso iluminam os dias de Nina e nos enchem de esperança.

É um filme que traz lições necessárias para todos nós! É um lembrete que ainda estamos vivos, que podemos lutar e fazer mais, tanto por nós, quanto pelos outros. Tem gatilhos sobre morte e doenças, mas me surpreendendo: não me deixou em uma sensação pesada ou traumatizante. Me deixou uma sensação de saudade, de amor e de vida real. Não é algo muito surpreendente, só que é tão bem desenhado, que faz tudo valer a pena. 

Chorei. Não foi pouco. E valeu cada segundo. Destaque também para esse elenco MARAVILHOSO que entregou tudooooo. Ah, Giulia Be compondo e cantando? Perfeição! Estou VICIADA na música original do filme e não perco uma oportunidade de apertar o play de novo e de novo e de novo:





Quem gostou desse filme, obviamente não assistiu "Cartas Para Julieta". A Netflix geralmente acerta nesses romances clichês, só que não foi o que aconteceu com "Love in the Villa", afinal, não é possível que alguém passe pano para uma protagonista que quase mata o rapaz ao causar uma reação alérgica nele, né? Só deu risada quem nunca passou por uma crise assim, porque é desesperador! Isso, sem contar que o início da 'guerrinha' entre eles foi extremamente sem noção! Não tem como eu panfletar não. Gosto bastante do Tom Hopper, mas a Kat é bem sem sal... Inclusive, o figurino dela está muito feito, sem o tamanho correto. O melhor lookinho foi o moletom mesmo, kkk. É isso, não recomendo. Beijos de luz.



Engraçado que eu não consumo tanto o cinema nacional, mas quando eu vi essa premissa, quem disse que eu consegui ignorar? Eu amoooo um fake dating!!!!!! E com esse elenco, a história ficou bem divertida, rápida e desenvolta Não é um exemplo de produção, o roteiro é bem simples e tem VÁRIOS furos, mas foi bem alegre e relaxante. Por mais que todo o plot comece com uma doença da mãe do Luiz, o foco não é esse, é uma comédia romântica, mais apegada a comédia. É... A parte romântica foi meio que esquecida no churrasco, rs. Só que eu gostei. É bem sessãozinha da tarde!


Por último, mas não menos importante. "Enola Holmes 2" veio e veio com tudo. Um roteiro feminista, inteligente, cheio de reviravoltas e com um senhor elenco! Milly arrasando novamente como uma protagonista ativa, corajosa, com um raciocínio maravilhoso. Ela brilha e mostra que com certeza é uma das melhores atrizes de sua geração. Não tive a oportunidade de ler os livros para saber o quão é parecido, então apenas ressalto o roteiro e o desenrolar da trama que não se torna cansativa em momento algum, apenas mais e mais instigante. Torço bastante para a continuação. 

P.S.: O que falar do romance gostosinho de Enola e Lorde Tewksbury? Estou APAIXONADAAAA! ♥



- Alessandra Salvia

Comentários

  1. Oi Alê.
    Eu gostei demais de Enola Holmes 1 e pretendo ver o dois em breve e espero que seja tão bom quanto ou até melhor. Amei a atriz e o romance deles é muito fofo. Eu assisti Love in The Vila e como você, achei o início muito sem noção, bem exagerado nas pegadinhas que faziam um com o outro, mas do meio pro final foi melhorando e fiquei satisfeita com o final. Bjus

    ResponderExcluir
  2. Oie, o documentário da Selena é o que mais quero ver. Vi alguns trechos que já me emocionaram bastante.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  3. Olá, Ale. Tudo bem?
    Eu só assisti Esposa de aluguel desses, e gostei bastante. O Caio que tá meio sem graça só hehe. Documentário não é muito minha praia e filme para chorar também não. Quero assistir Enola, mas nem vi o primeiro ainda.

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Não assisti nenhum desses, mas Depois do Universo está na minha listinha de filmes para assistir na semana bagunçada entre Natal e Ano Novo, e já nem quero considerar Love in the Villa para essa lista pois adoro Cartas Para Julieta!

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Da lista só assisti o documentário da Selena e Depois do universo.
    Sobre o da Selena, eu amei como ela mostrou vulnerabilidade e entrou numa conversa profunda sobre seus problemas em que sempre só vimos por cima e sabíamos como a machucava, mas sem saber o que acontecia de verdade. Ela foi muito forte e necessária em contar a história dela.
    Eu não queria assistir Depois do Universo, fico bem chateada em chorar com filme pois fico bem sensível a semana toda, e com esse não foi diferente. Eu não esperava chorar, mas me vi acabada pois filme, mas pronta pra indicar pra todo mundo kk
    Beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Confesso que não tenho visto muitos filmes.
    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  7. Oiiii,
    Só não assisti o da Selena, mas todos os outros sim.
    Lógico que tenho os meus preferidos, kkkkk.
    Me surpreendi com Esposa de Aluguel, gostei bastante, além de rir.
    Bjo

    ResponderExcluir
  8. Da lista só assistir Esposa de Aluguel, menina Enola está na minha lista e ainda não parei
    Abraços,
    Alécia, do Blog ArroJada Mix

    ResponderExcluir
  9. Oh thanks for the heads up on these always looking for something to watch and LOVE the Enola Holmes series!

    Allie of
    www.allienyc.com

    ResponderExcluir
  10. Eu me interessei por esse documentário da Selena. Eu já fazia alguma ideia das coisas que ela passou, então imagino o que vem por aí. Vale a pena conferir.

    Depois do Universo estava na minha lista até eu saber que era drama puro. Não curto dramas, então tirei da lista. Pra completar, peguei o final do filme sem querer, pq quando cheguei em casa minha irmã estava assistindo e já passei raiva ali, rsrs... Definitivamente não é pra mim.

    Love in the Villa (esqueci o título nacional) foi uma decepção. Eu achei a mocinha insuportável, dando piti sem justificativa. Ela devia ter sido presa, isso sim. Só passei raiva com ela e não tem mesmo como defender, passar pano ou achar bonito tudo o que ela fez.

    Esposa de Aluguel me surpreendeu. Não curto o Caio Castro, mas a trama era tão cativante, estilo nossos amados livrinhos, que não tinha como resistir. E não é que amei o filme?

    Enola Holmes eu tb gostei bastante, apesar de ter curtido mais o primeiro filme (nem sei dizer o porquê, só curti mais o outro). Mas valeu muito a pena conferir, e torço para que venham mais filmes dela por aí!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    Romantic Girl

    ResponderExcluir
  11. Desses da lista eu só assisti Enola Holmes 2 até agora e também adorei de mais. Muito poderoso os filmes, e adoro a protagonista e o jogo de câmeras que eles possuem nos filmes. Estava na minha lista o Love in the Villa para assistir, mas já fiquei desanimada agora com esses pontos que você abordou.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi
    dessa vez eu assisti todos os filmes, gostei do documentário da selena e achei muito importante, gostei de enola holmes 2 e esposa de aluguel e chorei horrores com o final de Depois do Universo.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Acho que dessa lista talvez eu só assista o doc da Selena até o fim do ano, por explorar a saúde mental e achar importante. A lista tá cheia pro fim de ano kkkk os outros vou olhar ano que vem, apesar que essa da Kat me lembrou ter cara de Amor em Obras - algo assim - e não curti ele.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  14. Oi Ale, tudo bem?
    Não me pergunte por que, mas tenho um rancinho inexplicável da Millie que me faz não assistir Enola Holmes hahaha!
    E eu tenho fugido de histórias que me fazem chorar, tipo Depois do Universo. Até pesquisei o final pra saber se ia ser muito tenso e já vi que ia partir meu coração.
    Quero muito ver o documentário da Selena, ela realmente vivenciou muitas coisas e muitos traumas.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  15. OI Ale! Eu vis os dois Enola Holmes e gostei demais. Tomara que logo venham outros filmes dela, gosto deste plot de investigação e também da forma divertida que a história é contada. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  16. Olá, não vi nenhum desses, mas quero ver o doc da Selena, tenho certeza que vou me emocionar. E ainda não vi nenhum filme de Enola, mas preciso criar coragem kkk.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Últimos Assistidos #5

Livro: Xeque-Mate

Série: Menajerimi Ara