domingo, 16 de setembro de 2018

Série: The Resident

Olá amores!

Como vocês estão? Hoje, decidi falar sobre a minha queridinha do momento: The Resident que foi exibida pela FOX aqui no Brasil.



A primeira temporada está concluída e já houve renovação, esse mês mesmo teremos episódios inéditos. Só que agora, vamos falar sobre essa season 1 maravilhosa! 



Primeiramente, quem aqui ama uma série de médicos? O Dr. Conrad Hawkins é um charmoso, arrogante e habilidoso residente senior que juntamente com seu residente idealista, Dr. Devon e a enfermeira Nic enfrentam difíceis situações para salvar vidas. O grande problema, que além de decisões complexas e inteligentes, é necessário lidar com os erros médicos e as limitações administrativas de um hospital particular.

De primeira, você até pode confundir com Grey's Anatomy ou E.R. por ser um drama e cada episódio ter um caso clínico diferente, mas as problemáticas apresentadas ao telespectador são bem diferentes. "The Resident" traz o conflito moral e ético para seus plots. Conseguimos enxergar que um hospital particular pode sim salvar vidas, mas também tem como principal objetivo o lucro. E como os profissionais do ramo lidam com esse controle absoluto? Pois, se pararmos para pensar, um simples raio-x gera custos e esse embate com os planos de saúde não são fáceis de solucionar. Além dos fatais erros médicos que podem destruir pacientes, famílias e impactam diretamente na imagem e no psicológico dos médicos.



É uma série para se emocionar, para refletir e se viciar. Não é o tipo de enredo que te deixa cansada e sim que você precisa ver mais e mais e mais. É realista e traz esperança por mais que nem todos os pacientes consigam se curar! Tem cenas fortes para quem não pode ver sangue e cenas fofas com doguinhos animando crianças com câncer. *-*

Há também o romance entre Conrad e Nic, o que faz a gente se envolver ainda mais com a trama. É delicado e intenso. Não precisa de beijos ou cenas de sexo, apenas um toque de mãos ou um olhar já diz muito. A química dos personagens é ótima e algo que eu gosto muito na dinâmica de casal  é o quanto eles se completam, mesmo distantes. Acontecerão alguns atritos e decepções, porém há confiança no trabalho do outro. Essa 'entrega' é algo bem significativo quando nos deparamos com os casos apresentados, eles sabem do potencial deles e o trabalho em equipe torna-se fluído e interessante de assistir. Além do que, é sexy, pois Conrad é um daqueles crush's impossíveis de ignorar. E quanto mais arrogante, mais a gente gosta, porque ele pode ser o que quiser já que tem a inteligencia e a beleza necessárias de protagonista, rs. 



Outro personagem que quero destacar é a Dra. Mina que com sua excentricidade nos conquista! Ela é tão verdadeira e representa a luta de mulheres, negras e estrangeiras em um país tão complexo quanto os EUA. Seus diálogos até possuem um humor negro, só que não incomodam. Ela brilha com sua personalidade e perspicácia.



A presença de um vilão forte e contraditório também impacta o telespectadorDr. Bell consegue nossa antipatia logo na primeira cena do episódio piloto e no decorrer da temporada o ranço só aumenta. E o que falar da união de Bell com a Dra. Lane, uma especialista em oncologia? Achei muito boa a forma como essas pessoas podem ser heróis para um e a ruína de outros, me questionei a todo momento o que torna um médico confiável ou correto em seu diagnóstico? 

Desta forma, digo a vocês que não apenas o roteiro envolvente como também os personagens (principais e secundários) fazem de "The Resident" uma série sensacional com grande potencial para o futuro da TV norte americana, afinal, após vários cancelamentos e finalizações, sinto falta de uma série semanal de qualidade para assistir. Venha se emocionar com Corand, Nic e Devon, os episódios estão disponíveis no NET NOW.

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Maravilhosa!

- Alessandra Salvia

30 comentários:

  1. Oi, Ale!
    Comecei a assistir essa série, mas parei na metade e até agora ainda não voltei. Sim, pode me julgar.
    Eu amei demais tudo, principalmente o Conrad porque né... Menina, Mina dona da porra toda. E eu tenho um ranço terrível da atriz que faz a Nic. Essa cara de palerma dela não me desce desde Everwood.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Concorra a um exemplar autografado de O que eu tô fazendo da minha vida
    Sorteio de aniversário Balaio de Babados e O que tem na nossa estante. São quatro kits; um para cada ganhador

    ResponderExcluir
  2. Olá, Ale.
    De séries médicas eu só assisti House, que eu gostava muito mais pelo personagem do que por ser médica na verdade hehe. Mas achei essa bem interessante e quem sabe eu assista o primeiro episódio para ver seu gosto hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Oi, Alê

    Comecei a assistir a série quando estava passando na Fox, mas acabei perdendo alguns episódios e quero rever tudo.
    Mina é demais, essa mulher é foda! Hahahha

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aconteceu isso comigo, ai eu fui para o Net Now e depois teve uma maratona que consegui me atualizar!

      Excluir
  4. Oi Ale! Séries nestes estilo eu assitia Greys, mas abandonei há algumas temporadas. Esta aqui quando estreou eu até cogitei assistir, só que são tantas que ainda não conferi. Percebi que os dilemas aqui são bem controversos, anotei a dica. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me surpreendi muito com a série, Cida. Super recomendo!

      Excluir
  5. Oi Ale!! Tudo bem?
    Eu assisti esses dias The Good Doctor e gostei bastante. Não curtia muito drama médico, mas me impressionei e quero conhecer novas séries assim! Adorei a sua resenha!
    Obrigada pela visitinha no meu blog.
    Volte sempre!

    ~ miiistoquente

    ResponderExcluir
  6. Oi Ale, tudo bem?
    AGORA É QUE EU TO DOIDA PRA VER TB HAHAHAHA, amei o post!
    Adoro séries sutis assim, e tb acho que quando a série é boa, roteiro bom, atores ótimos que te prendem do começo ao fim, não é necessário exposição mesmo, com nudez, etc...
    Gosto muito desse tema e com certeza vou assistir!
    beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu tenho que continuar vendo esta série, vi o primeiro capítulo e gostei. Meu único "porém" é que apesar de adorar a atriz Emily VanCamp acho que ela nunca muda de visual em seus personagens .
    Bjs
    https://eternamente-princesa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto da Emily, e ela pode não mudar, mas adoro as personagens que ela faz!

      Excluir
  8. Oi Ale!
    Nunca fui de ver séries assim, mas recentemente finalmente vi e me rendi a Grey's anatomy, então pode ser q eu goste dessa tbm. Ler sua opinião como sempre, me anima!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho Greys meio deprimente, rs. Essa é mais esperançosa! HAHAHA

      Excluir
  9. Oi
    eu até cheguei a dar uma olhada no primeiro episódio e curti, ainda quero assistir todos os episódios, mas no momento isso é dificil, mas parece ser otima e que bom que gostou de assistir.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Alê! Eu amei a primeira temporada! Conrad é maravilhoso e amo a Mina e os vilões, quanta raiva passei com eles rsrsrs Espero ansiosamente pela segunda temporada!

    Bjs, Mi
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  11. Gostei da dica Alê. Ainda não acompanhei nenhuma série que se passe no hospital, mesmo com as excelentes indicações sobre Grey Anatomy dos meus colegas. Vou tentar dar uma chance a Resident. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Ale, tudo bem?
    Adorei conhecer mais sobre a série!
    Pra mim esse ator é o eterno Logan, de Gilmore Girls. <3 E que crush que ele é, hein?
    Quando tiver um tempinho sobrando vou tentar espiar o piloto.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  13. Oii Alê

    É legal porque relamente de primeira lembrou demais Er mas esse detalhe dos conflitos morais que levanta diferencia a série. A Emily (que faz a enfermeira) é uma atriz que gosto demais, ja assisti outra série com ela e acho o trabalho da moça genial, além de ser super carismática.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Alê, então acredita que nunca segui fielmente as series de médicos. Minha irmãs que gostam, estão sempre assisto um capitulo e saio depois. Mas gosto muito de séries do gênero suspense, comédia e entre outros.

    Quem sabe eu começo a ver Resident.
    Um abraço!
    https://www.depoisdaleitura.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Ale!
    Sou viciada em série médicas. E.R. foi minha primeira e eu era apaixonada pelo Dr. Carter <3 Meu primeiro crush de séries hahahaaha Essa série já está na minha listinha para assistir, só não tive coragem ainda de começar hahaha
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ER nunca assisti em sequencia, só pegava episódios aleatórias na Warner.

      Excluir