Livro: O Coração atrás da Porta

Olá amores, tudo bom?

Com uma imensa felicidade, hoje venho compartilhar com vocês o novo livro da Bianca Briones, o chamado "O Coração atrás da Porta" que é publicado pela Editora Bertrand Brasil. Tive o prazer de ser leitora beta dessa obra e eu tenho tanto tanto tanto orgulho de ver ela ganhando o mundo que é até difícil compartilhar essa sensação com vocês... Eu vi o quanto a Bianca batalhou para trazer uma história sincera e respeitosa a todos os leitores e eis aqui resultado em nossas mãozinhas!


A obra se passa parte antes e durante a pandemia do COVID-19, o que já não é um tema muito fácil para algumas pessoas, mas também pode servir como incentivo, como um empurrão necessário para procurarmos uma ajuda profissional. Aqui, Daniel precisa lidar com a recente perda da família, enquanto Julia precisa superar um relacionamento extremamente abusivo e perigoso. Ambos estão machucados e isolados, mas não é apenas as alegrias que podem ser compartilhadas, a dor também pode servir como uma ponte que os unirá.

E antes de qualquer coisa, novamente venho dizer que os livros da Briones não romantiza naaaaadaaaaaa, se você busca leveza e superação de traumas de maneira instantânea, esqueceeee! Aqui é para você sentir o que o personagem sente, é para você se jogar de cabeça em uma situação tão crua, tão incômoda que até parece real. Bom, na verdade, é uma história que é totalmente possível e por isso acho que dói tanto. Se você não sentir empatia, ou se identificar minimamente com Julia, peço desculpas ao dizer que você é a pessoa mais alienada e egoísta do mundo. Viver em uma bolha não é mais uma opção, temos que enxergar além da nossa realidade para mudar o futuro e é exatamente isso que mais me impacta na leitura: ela gera uma necessidade de melhorias, a gente vê nossa fragilidade e nos impulsina a querer mudar. 

E é engraçado que, uma das personagens que eu mais gosto na história é a esposa do Daniel, Dra. Rebeca. A forma como ela é empática e forte me faz admirá-la. Sei que dá para contar nos dedos as partes em que ela aparece, mas ao mesmo tempo, ela deixou sua marca de amor ao próximo tão forte, que é impossível não querer lhe dar um abraço em agradecimento. E olha que achei que ia ter um ranço enorme quando descobri que o Daniel era casado, tá? kkkk Mas não, nos foi mostrado que, às vezes, o amor acaba, mas não o respeito e admiração. E nem acho que seja o amor que acaba, mas sim a paixão, a atração. Porque a Rebeca é incapaz de deixar de amar. ♥


Agora, em relação ao desenvolvimento da história, a Bianca escreve como se eu estivesse lendo meus próprios sentimentos. A culpa de seguir em frente enquanto o outro não está aqui é uma das maiores cargas para mim, como pessoa. Confesso que a culpa da morte gerar algo positivo na minha vida, diversas vezes me faz congelar e ver que alguém me 'entende', que alguém em algum lugar sente o mesmo que eu, me faz sentir menos sozinha. Parece loucura se você ainda não o leu, mas realmente acredito que é um livro que pode mudar vidas.

Claro, não foi uma leitura fácil, pode dar gatilho em algumas pessoas que sofreram relacionamentos tóxicostraumas (tanto com as perdas de entes queridos, quanto com a limitação que a pandemia nos trouxe), até porque como é explícito, fui/sou privilegiada por ter um teto, por ter o que comer, por ter assistência médica durante esse período. Aliás, só o fato de que consegui ficar em casa (home-office) e não sair para me expor, isso já é um grande privilégio. Porém, em contrapartida, também vemos que a perda e os problemas mentais podem atingir a todos e é isso que me faz apresentear o grande diferencial da obra para mim: o grito de socorro. A importância de ter apoio, de fazer terapia, de aceitar que você não está bem e não consegue sozinho. Ninguém precisa ser um super herói. Basta você estar disposto a aceitar ajuda. Existem pessoas dispostas a estender a mão. ♥

Ah, outra coisa. Epílogo. QUE SENSACIONAL! SIM, estávamos esperando a Naomi (sobrinha de Daniel) ter o seu momento e ele veio! Que menina maravilhosa! Já pedi um livro só dela em um mundo pós pandemia, por favor, na qual ela consiga mostrar todas as suas ideias e estilo! Naomi é uma personagem que consegue mesclar muito o humor com a responsabilidade, o que deixa a leitura mais leve e rápida. E claro, depois de tanta dor, foi um dos capítulos mais delicinhas de ler e eu não queria que ele terminasse!


Aff, acho que falei demais, rs... "O Coração atrás da Porta" é dolorosamente real, que nos machuca e marca, mas que também nos transforma e cura. É como uma dose de esperança que mostra o quanto amar (tanto o outro, quanto a si próprio) vale a pena! Com certeza, é uma história que permanecerá nos corações dos leitores mesmo após o seu desfecho. 

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Favorito!

- Alessandra Salvia



Comentários

  1. Oi, Alessandra. Como vai? Me parece um livro que cativa facilmente, não é mesmo? Que bom que gostou. Fiquei curioso com a trama. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ale, essa deve ser uma leitura bem emocionante, ainda mais por ser algo recente. Eu achei a capa super fofa, mas por hora vou passar justamente por não me sentir preparada pra ler algo ainda do assunto...
    Beijos
    https://www.balaiodebabados.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Ale!
    Gostei muito da resenha! O livro parece ser mesmo bem interessante e a capa é linda!
    Dica já anotada aqui na minha listinha!

    ResponderExcluir
  4. Olá: Acredito que seja um livro muito interessante de ler. Gostei muito do seu blogue.
    Voltarei
    .
    Saudações cordiais … feliz fim de semana
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  5. Eu conheço a autora, li aquela série dela "As Batidas Perdidas do Coração" e gosto bastante dos personagens que ela cria. E mesmo nessa série acho q a autora explora pontos muito sensíveis. Essa questão de viver em uma bolha perfeita realmente não faz parte do estilo da Bianca. Não conhecia esse livro dela e já quero ler pra ontem. Obrigada pela indicação.
    Abraços 💕
    https://livrosdalihblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá, Ale.
    Eu vi seus stories e amei ver seu nome ali na orelha do livro, meus parabéns, você merece. Quanto ao livro eu achei a capa muito linda, mas o tema muito forte para eu ler nesse momento. Até agora só li um livro de fantasia da autora e vou me aventurar antes nos romances dela hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi Ale! Acho que esse deve ser um dos mais fortes da autora e não vejo a hora de conferir. Eu estava com muitas saudades de algo novo dela, que sabe escrever com o coração. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Amei a resenha. A pandemia foi um período tão complicado, que acho que agora é hora de vermos histórias com essa temática sabendo qual a sensação, mas também o alívio de não estar mais incluso.
    O livro tem temas bem difíceis, mas fiquei querendo muito ler.
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Oie, imagino a emoção de ver o livro ganhando espaço. Achei ele tão lindo e o marcador também. Espero ler e gostar muito.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Livro: Amor Corrompido

Últimos Assistidos #6

Série: Menajerimi Ara