Texto: Continue Caminhando

Olá amores,

Semana passada eu postei aqui o Words Challenge e muitas pessoas pediram a continuação, então eis  aqui o meu presente a vocês, mas vale dizer que também pode ser lido de forma independente. Espero que gostem, não sei se era o esperado, mas acho que os personagens deveriam seguir o caminho certo, não o mais fácil. Não esqueçam de compartilhar suas opiniões! *-*


"Por que tudo precisa ser problematizado? Por que é difícil entender que toda história tem dois lados? Por que as pessoas simplesmente não param de fazer julgamentos precipitados e simplesmente me deixam viver em paz?

Decidi colocar um fim no meu relacionamento de tantos anos, mas não na sociedade dos negócios. Finalmente decidi o que eu queria. E por incrível que pareça, meu ex aceitou tudo tranquila e respeitosamente. Acredito que pela primeira vez em três meses não gritamos um com o outro. Engraçado, não é mesmo? 

As pessoas no facebook especulam que houve traição, no instagram dizem que eu vou ficar sozinha só porque "passei da idade de ter filhos". Cada um tem uma opinião diferente e nenhuma me ajudava a sair da cama todas as manhãs. Confesso que de certa forma deixei isso me atingir e vi coisas onde elas não existiam. Acho que foi difícil entender que mudar faz parte da vida, seja em uma relação, seja em um pensamento ou uma atitude. E essas mudanças não devem ser consideradas negativas, como a maioria está disposta a apontar. Hoje, posso dizer que nunca estive tão feliz.

Não nego que assinar os papéis do divórcio foi difícil. Vi nos olhos que tanto me amaram a angustia do desconhecido, mas mesmo assim ele sorriu para mim, de maneira orgulhosa pela decisão que tomamos: enfrentar os obstáculos de frente. Aceitamos que nós dois 'desaprendemos' a conviver com outras pessoas depois de tantas acusações e amarguras, só que isso não quer dizer que seja para sempre. Isso quer dizer que estamos vivos, que temos tempo, que temos saúde para recomeçar, buscar aquilo que nos faz sorrir.

Hoje, pego um avião rumo ao desconhecido apenas com uma mochila nas costas. Se você me falasse isso há dois anos atrás, eu te chamaria de maluco! Onde já se viu, uma mulher responsável, classe média alta que só anda com salto 15 colocar um tênis, prender os cabelos num coque frouxo e viajar sem hotel reservado? É... Essa sou eu. A nova eu. E estou bem com isso."



- Alessandra Salvia

Comentários

  1. Desde que eu li aquele post fiquei encantada com a sua escrita, você tem um dom!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  2. Oie
    Mais um texto lindo. Adorei a forma que desenvolveu o desfecho.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Ale.
    Não sei porque estava com esse caminho escolhido por ela nos meus pensamentos hehe. Não achei mesmo que eles precisavam ficar juntos romanticamente para ela ter seu recomeço. Adorei que teve continuação e parabéns por mais um texto lindo.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Bah, adorei teu blog!
    Fazia tempo que não achava um blog onde uma das propostas é criar e postar histórias.. e gostei que vc faz isso!
    Aliás, finais felizes nem sempre se baseiam no que é clichê, certo!? Pelo contrário! hehe
    Adorei teu blog!
    Visita o meu e siga, caso goste!
    Voltarei mais vezes aqui, certeza!

    ResponderExcluir
  5. Oi Ale! Que legal vc ter feito a continuação! 😍 Fiquei feliz com q decisão dela!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Aii Alê, vc deu continuidade, mas foi sacanagem né? Porque agora eu quero mais de novo. Sinceramente acho que vai virar livro, um ótimo tema com divórcio inclusive.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. MAS QUE ORGULHO DESSA ALÊ!!!!!!!!!!!
    QUE INCRIVEL
    DE VERDADE
    fICOU MARAVILHOSO!
    Então, eu acho que voce poderia continuar esse texto, afinal, o que ela vai encontrar lá???
    Acho que ele pede uma continuação para deixar a voz dele falar, afinal, é uma escolha, não é mesmo? Temos direito a novos recomeços, novas chances, sejam elas pelo desconhecido ou pelo que conhecíamos e não conhecemos mais
    ADORO SUAS PALAVRAS, AMIGA, VAI QUE É SUA <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AI MEU DEUS. PÁRA DE ME DAR IDEIAS PAMELA. HAHAHAHHA e obrigada por tudo <3

      Excluir
  8. Aí meu Deeeus! Não acredito que teve continuação aaaaaaa
    Aí, Ale, eu adorei. De verdade, me vi nesse texto porque eu seria dessas com uma mochilinha nas costas hahahah Adorei o que você disse sobre as especulações, é cada fofoca em torno da vida dos outros que eu fico indignada. DEIXA AS PESSOAS EM PAAZ!
    Adorei como sempre (faz um livro).
    Beijos
    our-constellations.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi
    muito bom seu texto, uma linda história.
    Eu não li a primeira parte, vou procurar dar uma lida na história.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Filme: O Inferno de Gabriel - Parte I, II e III

Guia de Leitura Série Hades Hangmen

Lançamentos Setembro/2022