sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Words Challenge 2019 - Capricórnio

Olá amores!

Vamos começar o Words Challenge 2019? Hoje, nossa personagem principal é uma capricorniana que possui características como: responsável, trabalhadora, ambiciosa, madura e prática. As palavras escolhidas foram as seguintes: pássaro, prioridade, crise, joelho, lar, conforto, luz e presente. Ah, e não deixem de conferir o texto da Pam do Interrupted Dreamer também!!!


Words Challenge 2019 - Capricórnio

Os pássaros voam sob o céu azul e eu tomo um gole do meu suco de laranja. As férias de verão estão prestes a terminar e eu já não sei mais o que posso fazer para mudar de vida. Sei que sou teimosa e uma workaholic, não posso negar. Ficar aqui parada, torrando no sol e esperando uma solução cair do céu não faz muito meu perfil.

Respiro fundo e pego meu notebook que estava na bolsa abaixo da cadeira. Em momentos de crise meu cérebro funciona em modo avião, mas isso precisa mudar. Preciso de um planejamento e paciência, preciso respirar e colocar minha vida em ordem. Ligo a tela e uma foto nossa se abre instantaneamente. Droga. Como eu faço para alterar isso?

Desde quando tudo aconteceu, eu não havia ligado o computador. Decidi que precisava me colocar como prioridade e se isso foi algo egoísta, assumo que foi uma decisão totalmente consciente. Trabalhamos juntos por anos até que o casamento acabou e por consequência a sociedade nos negócios também. 

Bom, sendo completamente honesta, meu ex ainda não sabe dessa segunda parte. Será uma surpresa. Um presente pelo seu aniversário que se aproxima, mas o que ele esperava? Que eu ficasse esperando a falência financeira também acontecer? Não. Vou tomar essa atitude. Antes de arriscar todo meu dinheiro nesse negócio, eu analisei o risco, sempre tive consciência das perdas. Meu ex me chamava de pessimista e eu dizia apenas: "não meu bem, sou realista". 

A campainha toca e eu tomo um susto. Levanto depressa e bato o joelho na mesa lateral. Xingando, vou de biquíni mesmo atender a porta. 

- Podemos conversar? - Aqueles olhos esverdeados estão sob os óculos escuros de uma marca cara. Ótimo, eles não tem poder sobre mim se estiverem tampados.
- O que você quer? - sou fria, sinto o rancor em meu tom de voz. 
- Precisamos decidir o que fazer com a empresa - ele entra em meu apartamento como se ele fosse o dono. Aquilo me irrita mais do que o esperado.
- Você sabe que essa casa é minha e você só pode entrar se for convidado?
- Ah, qual é, querida! Ambos sabemos que esse apartamento é nosso. Não me venha com esse papo furado.
- Papo furado? Você nunca passou mais do que 3 dias seguidos aqui. Eu chamo isso de lar enquanto você chama de hotel de luxo!
- Do que está falando? Está louca? Só porque eu trabalho mais horas do que você não significa que não goste desse lugar.

Nesse momento, aquela raiva que estava segurando exala de mim. É como se uma luz muito intensa estivesse saindo do meu peito. Eu precisava iluminar todos a minha volta. Principalmente o idiota do meu ex.

- Você é um babaca! Para de se achar melhor do que as outras pessoas. Pare de achar que você é o centro do universo. Ai meu Deus, porque uma capricorniana como eu foi casar justamente com o leonino, me diz!!!!
- Não me venha você, aos 30 anos de idade dizer que acredita nessa babaquice de signos, hein?
- Ora, qual é o problema? - Olho aturdida para ele.
- O problema é que esse casamento funcionou por anos. ANOS. E não é porque mudamos é que você precisa culpar o signo. Nós simplesmente evoluímos e não nos completamos mais. Simples.
- Evoluímos? Espere. Isso está sendo complicado demais para minha cabeça. Você. O idiota que me deu o pé na bunda para ficar com outra garota mais nova. Acha. Que por um mísero segundo. Possa ter evoluído é demais para mim.
- E lá vamos nós para a mesma discussão de sempre... Eu não te troquei por ninguém, por que você cisma que eu te troquei?
- Eu vi! Eu vi você se afastar de mim durante os últimos meses. Eu perdi todo o conforto que tinha em nossa relação. Me tornei insegura e fria. 
- Ah, isso você sempre foi, querida. Nos afastamos porque deixamos acontecer. Mas não pense que te traí. E se eu me afastei, penso por que você não me procurou?
- Por que... Por que... 
- Vamos diga!

Faço uma pequena reflexão sobre os meus últimos meses. Naquele dia em que ele faltou ao nosso jantar, o que eu fiz? Fiquei com o telefone da mão, na dúvida se devia ou não ligar para ele. Não liguei. No dia em que ele chegou atrasado a reunião que tínhamos marcado com um cliente, eu nem olhei para sua blusa suada e manchada de graxa. No dia em que ele teve que viajar para pegar um material com nosso fornecedor, eu nem sabia qual o horário do voo. 

- Desculpe. - digo simplesmente. E é por essa que ele não esperava. Os óculos escuros são retirados e eu me derreto.
- Está desculpada. - Simples assim? Era isso o que ele queria?
- Olha... Nós... - tento falar, mas ele me interrompe.
- Não. Não vamos falar nada agora. Quero que pense. O que você quer fazer com o apartamento? O que você quer fazer com a empresa? O que você quer fazer com o nosso casamento? Eu já tenho as minhas respostas, mas você precisa das suas. 

Ele sai tão rapidamente quanto entrou. Eu suspiro e me jogo no sofá de couro branco. Fico por uns 10 minutos sem me mexer e então, sussurro para o nada:

- Eu quero recomeçar.


- Alessandra Salvia

30 comentários:

  1. Oiiii,
    Eu já falei que adoro ler tudo o que você escreve? Adoro seus textos!!!
    Parabéns!!! Como sempre um texto maravilhoso!
    Bjos
    Mamaci

    ResponderExcluir
  2. Gente, como não amar a sua escrita? Que dom lindo você tem!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. GEEEEEEEENTE, QUE TRETA! Cena digna daqueles livros de reconciliação que eu tanto amo! Já pode escrever seu livro hein Alê!
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oláá Ale! tudo bem?
    aahhhh que loucuraaa, já amei!! quero mais!! amo cenas de reconciliação assim!! e olha que no início achei que não ia terminar bem heheh
    beeijo

    https://lecaferouge.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Uma escrita leve e cheia de detalhes, acho que estamos perdendo uma grande autora de livro aqui. ja pensou em publicar tipo assim um milhão de livros sua escrita e muito boa parabéns.
    https://www.newsfallenbooks.com/

    ResponderExcluir
  6. Excelente Artigo !! Eu estou adorando visitar blog, sempre tem conteúdo de muita qualidade .... São muitos legais, e interessante ....

    Parabéns !!!!

    Posso compartilhar este artigo no meu Facebook ?


    Meu Blog: Lotomania

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compartilhe da postagem original, dando os devidos créditos.

      Excluir
  7. Oi, Ale!
    Por favor, me diga que você irá continuar esse texto, por favorzinhoooo! HHAHAHA gostei bastante, não curto muito nem capricórnio nem leão, mas vou relevar dessa vez. Me identifiquei na parte "não sou pessimista, sou realista", muito eu.
    Bem, adoraria ler mais caso você fizesse uma continuação, viu?
    Beijos
    Our Constellations

    ResponderExcluir
  8. É sério mesmo, dona Alessandra? Tu termina o texto assim e a gente fica sem saber se ele também decide recomeçar junto com ela? Se decidem se dar uma nova chance. Sem comentários para essa maldade. Ok? Falou? Hahahahhaha

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OK!!!! HAHAHAHAHA Talvez tenha uma continuação, estou pensando nisso, rs.

      Excluir
  9. Olá, Ale.
    Adorei mais esse texto. Poderia ter uma continuação de tanto que fiquei envolvida na história deles hehe. Cada vez mais seu talento vai se aperfeiçoando e não vejo a hora de ler um livro seu hehe. E não vejo a hora de ler o de gêmeos hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Oi, Ale!

    Adorei o texto! Fiquei curiosa pra saber o que acontece depois hahaha e eu adoreeei o texto do dia ser relacionado com signos, quero mais desses!! <3

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. AH NÃO, QUERO CONTINUAÇÃO SIM SENHORA!
    Quando chegar no signo de Leão vc faz o texto na visão dele, ok? hahahah
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oie!!!

    Que legal o desafio, eu adoreeei!

    Texto muito bem escrito, e fiquei curiosa e já quero ler mais!!

    Bjao
    Início de Conversa

    ResponderExcluir
  13. Oi Alê! Tudo bem? Meninas que briga foi essa? EU AMEI< quero continuação!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  14. EU SOU TÃO APAIXONADA POR NOSSO PROJETO
    obrigada pelo sim
    AMEI CAPRICORNIO
    E esse recomeço... Ah, precisamos desse recomeço
    gostaria muito de uma continuação para esse texto <3

    ResponderExcluir
  15. Esse é o famoso cara vacilão; essa é a famosa mulher manteiga, que se derrete fácil, apesar dos vacilos hehehehehe
    Olha, deu um nervoso no final, quando a mulher ainda assim engoliu os sapos. É o mesmo nervoso que dá quando a gente sabe que uma mulher está sendo "judiada", maltratada ou até mesmo espancada e não liga pra polícia. Mas, a galera está pedindo por uma continuação da estória (que eu já vi nos comentários), então a voz do povo é a voz de Deus hahaha
    Beijos!

    https://www.rapeizedinamica.biz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho difícil julgar os personagens por essa cena, Lincoln. Talvez por isso as pessoas queiram mais, para entender toda a situação, afinal, tudo sempre tem dois lados, né?

      Excluir