quinta-feira, 24 de junho de 2021

Words Challenge 2021 - Romance Colegial

Olá amores,

Esse é um clichê que pessoalmente, eu gosto bastante. Escrever  sobre jovens impulsivos que tem o mundo pela frente é beeem divertido. As palavras impostas para esse texto foram: queda, ímã, ventilador, pressuposto, cocô, água. Aproveito para indicar o texto da Pâm que está disponível no Interrupted Dreamer!

Words Challenge 2021 - Romance Colegial

"Por que será que nós insistimos em esconder nossos sentimentos partindo do pressuposto que os outros vão ter pena de nós? Às vezes, eu me odeio por ser tão sentimental, é apenas um baile. Um baile idiota e para auto afirmar quem são os populares e quem são os excluídos do Ensino Médio. Daqui há alguns anos, ninguém mais se importará quem foi a mais bonita ou quem ficou bêbado escondido da Diretora Florence. Serão apenas lembranças. Doces ou amargas lembranças, mas mesmo assim lembranças.

Falta menos de uma semana para o grande evento anual e eu ainda não tenho um par. Bom, na verdade, eu até tenho um par, na verdade, eu tenho dois companheiros para a festa, já que meu irmão Roger decidiu que eu posso ir com ele e com sua namorada, Jéssica. Ridículo, eu sei, eu já fiz um discurso feminista sobre não precisar de um homem, mas acho que ele não acreditou muito em mim. É.. Talvez eu não tenha sido muito convincente já que estava gritando quando ironizei seu ato de boa vontade como exemplo clássico de machismo. Não, eu poderia ser excluída, mas não seria humilhada. Não na frente da Evelyn, aquela... Melhor deixar para lá, não vou ser eu a jogar a merd... o cocô no ventilador. Ela é apenas uma ex-amiga que decidiu ser boa demais para manter um vínculo público comigo e pronto. Não costumo perder muito tempo pensando no que não merece. A única coisa que eu sei é que estarei nesse baile com ou sem um rapaz ao meu lado.

Volto minha atenção para a composição na qual estou trabalhando, isso sim é mais importante. A banda dos veteranos irá tocar na festa e nossa professora de música pediu uma canção original para a despedida deles. Quem oferecer a melhor obra até o final do dia, terá uma apresentação exclusiva na noite do baile. Seria um sonho ver tanta gente apreciando aquilo que meu coração criou. Estou realmente me esforçando para isso dar certo.

- E aí, Brenda? Beleza?
- Ah, oi Cadu! Tudo e com você?

Cadu é o vocalista da banda, além de ser o compositor e guitarrista. Ele é minha maior inspiração e não escondo isso de ninguém, só de lembrar que ele se formará daqui há alguns meses me sinto... sufocada. Ele me trata como uma irmã mais nova já que é melhor amigo do meu irmão desde a pré escola, ou seja, sempre os vi grudados como ímãs. Qualquer lembrança de Roger sempre tem Cadu ao seu lado. 

- Beleza! E como está sua música? Vai fazer o público delirar na festa?
- HÁ-HÁ-HÁ. Quem me dera! Acredita que eu ainda não consegui terminar? Está tão difícil colocar o que penso no papel queee... - travo antes de completar a frase. Cadu puxa uma cadeira para o meu lado, ele a vira sentando de frente para o encosto, apoiando os braços e ficando com o rosto próximo ao meu.
- Que, o que? Você sabe que não precisa pensar antes de falar comigo. Só manda.
- Dói. 

Sou direta. Sincera ao extremo e quase me arrependo, quase... Só não o faço quando surge aquele brilho intenso no olhar de Cadu. No meu íntimo, sei que é o que me faz manter a cabeça erguida. Ele. Sempre foi ele.

- Se dói, é porque está no caminho certo, Brenda. Você sabe disso, certo?
- Talvez se eu...
- Não. Nada de talvez. Às vezes nos esquecemos, mas vou te lembrar que as melhores coisas da vida vem após tempos de tormenta. Sobre o que é sua música, pequeno raio de sol?

Ele começou a me chamar assim no dia em que meu pai faleceu. Por ironia do destino, esse também foi um dos dias mais felizes que tive ao lado de Cadu. Ele me levou em sua velha bicicleta vermelha para o riacho da cidade, dizendo que a queda d'água dali tinha poderes para curar os corações partidos. Por mais que seja uma história fantasiosa e inventada, admito que fiquei um pouco melhor após ver a luz do sol iluminando seu sorriso.

O mesmo sorriso que está a minha frente agora. O sorriso que novamente me impulsiona a falar a verdade.

- Sobre você. Sobre sua partida. Sobre o quanto sentirei saudades.

Acredito que ele não esperava tamanha ousadia da minha parte. Eu não era assim, eu era tímida e me escondia sob as aparências da ingênua irmã mais nova. Vejo seu conflito interno. Cadu demora um pouco para responder, pensando se deve ou não seguir adiante. Ele sabe que dependendo da resposta não poderemos voltar atrás. E não voltaremos.

- Nunca iremos nos separar, raio de sol. Isso é uma promessa que fiz a mim mesmo desde que te conheci."  



- Alessandra Salvia

10 comentários:

  1. Ahhhh, que lindo Alessandra! Já queremos a continuação da história do Cadu e da Brenda (pequeno raio de sol, adorei!). <3

    ResponderExcluir
  2. Oi, Alessandra. Como vai? Menina ficou ótimo o seu texto, parabéns! Senti uma nostalgia agradável dos tempos do colégio. Um abraço!

    http://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Ale,
    Inicialmente eu pensei: "meu Deus, onde vão encaixar a palavra cocô?" Hahaha. Mas aí lendo o texto eu notei como vc conseguiu usar todas as palavras muito bem, inclusive até incluiu um termo popular. Apesar de não ser fã de romances colegiais, gostei do seu texto.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  4. Oiiii,
    Aí caramba!!! Meu coração ficou apertadinho! Quero a continuação!
    Esse texto é simples, mas tão delicado.
    Parabéns!

    P. S. fico no aguardo pela continuação kkkkk
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKKKK esse, acho que é conto único mesmo! kkkkkkkk

      Excluir
  5. Olá, Ale.
    Ahhh. Amei muito. Como romântica que sou já quero que eles fiquem juntos para sempre hehe. Mais um texto maravilhoso, parabéns. É engraçado mesmo que depois de alguns anos a gente nem lembra mais dessa época que parecia ser vida ou morte quando vivemos ela hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SPOILER: Acho que eles se afastariam e se reecontrariam depois de anos, mais velhos, mais maduros para finalmente fazer dar certo, rs.

      Excluir