sábado, 5 de junho de 2021

Livro: Recuperado

Olá amores, como estão?

Recentemente, tive o prazer de ler "Recuperado" da Jay Crownover publicado aqui no Brasil pela Editora The Gift Box e confesso para vocês que eu não esperava ser arrebatada como eu fui!


Não é um romance água com açúcar ou algo simples, você precisa ter consciência dos gatilhos de depressão e drogas, ok? Aqui, teremos a história de Cable McCaffrey, um rico e mimado garoto que se envolve num mundo perigoso. Após um acidente, a mãe de Cable vê em Affton Reed a única esperança do filho permanecer limpo e não ter que retornar a prisão.

Já começo falando que não é um livro no qual o amor resolve todos os problemas, é muito destacado a força de vontade e a terapia. Por mais que o psicólogo seja um pouco... 'desconstruído e aleatório nos comentários', o vejo como parte importante para o desenvolvimento de Cable. Affton age aqui como um apoio emocional, o único que Cable tem, já que sua família é totalmente desustruturada. Então, A obra retrata o equilíbrio que um usuário precisa para se manter fiel ao tratamento. E tudo isso da maneira mais honesta e crua possível.

Os sentimentos de um viciado versus de quem convive com as consequência de amar um viciado. Muitas vezes, o leitor fica em uma posição extremamente difícil por toda a carga emocional e verdade da história. É como se fosse um lembrete que ninguém está seguro, é um alerta, é um grito para termos mais empatia. Destaco também a parte em que a autora deixa bem claro que doenças mentais e vícios não são uma questão de classes sociais ou desinformação. São problemas sociais corriqueiros e que tem diversas fontes. 


Entretanto, paralelo a todas essas questões psicológicas temos um
 romance muito intenso e de tirar o fôlego. O casal super combina, tem aquela pegada inicial de enemies to lovers, mas que logo se rendem a atração e criam um diálogo muito necessário. Gosto da forma como eles conduzem seus sentimentos e resolvem sua situação. Fico feliz também do epílogo ser 4 anos depois, pois assim vemos como Affton e Cable estão mesmo com o passar do tempo.

Outra coisa! A nota da autora logo de início já impacta o leitor, então, por favor, não a ignore!


Enfim, "Recuperado" é o romance dramático da vez! Forte, impactante, consciente. Não é para todos os públicos, mas que com certeza merece ser lido e trará uma dose extra de realidade e empatia. Será uma jornada admirável e muito linda de se acompanhar!


Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Maravilhoso!

- Alessandra Salvia

30 comentários:

  1. Oi, Alessandra. Como vai? Parece uma obra bastante impactantee forte, não é mesmo? Que bom que gostou. Adorei a resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oie Alê!

    Eu li Recuperado recentemente também e AMEI
    realmente aquela nota inicial da autora PRECISA ser lida e acho que depois dela, tive outra visão da leitura, sabe?
    Foi tipo um PLUS enorme
    Gostei muito das conversas deles também, ALê
    eles se ajudam muito!


    Beijos!
    Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia mas tenho certeza que iria gostar!

    Beijos,
    www.tammycezaretti.com.br

    ResponderExcluir
  4. Sou nova por aqui <3
    Recentemente voltei com minhas leituras, algo que sempre amei mas havia meio que '' abandonado'' por conta da correria. Fiquei muito curiosa com esse livro, vejo o carinho que teve para trazer sua visão, principalmente relacionado com o personagem. Acredito que realmente a leitura deve exigir o desenvolvimento da empatia, afinal é uma situação muito delicada e que ocorre também aqui fora no mundo real. Amei, espero ter a oportunidade de ler logo.

    Um super beijo e parabéns pelo blog <3

    https://likeauniverse.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá Alê!
    Adorei a opinião, fiquei mesmo com muita vontade de ler o livro <3
    Boas leituras!
    https://escritosdemartasousa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Ale! Eu tenho alguns livros desta autora publicados pela V&R e achei que este novo era deles também, só agora reparei que saiu pela Gift. Eu leria sim, até mesmo por querer conferir uma história que parece ser tão forte e bem realista. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi meu primeiro contato com a autora e estou encantada com a escrita dela!

      Excluir
  7. Oi Ale, tudo bem?
    Achei super legal que o livro foque em mostrar como são as dores de quem sofre com o vício, tanto o usuário quanto quem o rodeia. É uma doença muito triste que causa inúmeras rupturas familiares, e o tema precisa ser trabalhado e debatido.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, além de ser um tema tabu que poucos querem conversar sobre.

      Excluir
  8. Arrebatada fiquei eu depois de conhecer mais do livro haha. Mas estou atenta aos gatilhos e espero conhecer a história.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  9. Oi, Ale
    Eu estou com esse livro para ler, mas meu maior receio é a carga dramática sobre as drogas. Eu tenho gatilho com isso, então tenho medo de encontrar algo que vá me desestabilizar. Mesmo assim tenho muita vontade em ler!
    Beijo
    https://capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então é melhor não ler, Mi. Gatilho é uma coisa delicada e aqui, drogas são um tema recorrente.

      Excluir
  10. Olá, Ale.
    Eu já não leria ele por causa dessa capa que achei horrível hehe. Mas o enredo também não é um que me interesse. Acho que ler sobre uma pessoa viciada não é algo que eu queira no momento, apesar de já ter lido bem antigamente.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AI SÉRIO? Apesar que sei que não é seu estilo mesmo, Sil!

      Excluir
  11. Nossa Alê, parece bem forte, bem diferente do que ando lendo. Eu gostei da premissa, acho que preciso me preparar pra conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tem que ter consciência do que está lendo, tem que ter o momento certo.

      Excluir
  12. Amei a resenha. Não seria um livro que me chamaria atenção normalmente, mas como estou tentando coisas novas, super leria.
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá...
    Adorei sua resenha e fiquei muito curiosa pra ler esse livro... me jogar nesse romance intenso e conhecer essa história cheia de gatilhos.
    Dica anotada!
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto bastante de sentir e pegar um livro dessa proporção, foi bem gostoso!

      Excluir
  14. Adorei essa capa! E ainda bem que a autora não apelou por amor cura tudo... já ganhou alguns pontos comigo kkkkk
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um processo, né? Ter apoio é fundamental, mas é necessária muita terapia também!

      Excluir
  15. Oi, Ale. Tudo bem?
    Os romances dark continuam por aqui. Esse não chamou tanto minha atenção, mas achei interessante dos pontos que você mostrou que a autora abordou de dificuldades no equilíbrio das duas pessoas nessas relações.
    Tornou mais real. Por enquanto não é minha leitura, mas vai ficar guardado no skoob para um futuro.

    Beijos, Vanessa
    Leia Pop

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é Dark não, Vanessa. Este, é um romance dramático.

      Excluir