Livro: O Resto da História

Olá amores, tudo bem?

Por recomendação de uma amiga, (Helô, se você estiver lendo isso: OBRIGADA! ♥), comecei a leitura de "O Resto da História" escrito por Sarah Dessen que publicado aqui no Brasil pela Editora Harper Collins e que deliciosa surpresa!


O livro é um drama narrado por Emma Saylor, uma garota que perdeu a mãe viciada há 5 anos e que agora, com o pai reconstruindo sua vida, precisará retornar ao lago onde a mãe cresceu (e a família dela ainda mora) até que seu pai retorne da lua de mel. Serão 3 semanas de segredos sendo descobertos que explicarão não apenas seu passado, como também darão a Emma Saylor uma nova perspectiva da vida.

E se você conhece a autora Sarah Dessen, sabe que por mais que os seus livros sejam romances, o amor de casal não é realmente o foco. Aqui, nos é apresentado uma jornada de auto-conhecimento, de revelações sobre o passado que resgatam a verdadeira essencia de quem você é e que pode servir para você tomar decisões mais seguras para seu futuro. Gostei muito de como Saylor usa as pequenas informações que descobre sobre a mãe para formar um ser humano, com erros e acertos, com defeitos e qualidades. Não é sobre alguém morrer e se tornar santo ou sobre condená-lo. É sobre amar o outro mesmo diante de suas falhas, admirar e respeitar, ser agradecido pelo que ele lhe proporcionou. Saylor tem o desejo de conhecer sua mãe como se isso definisse quem ela é, mas não de uma maneira errada, é apenas para ter para si a verdade, poder falar: ela foi minha mãe e eu a amo desse jeitinho mesmo. Consigo ver vários paralelos da minha vida com Saylor, mesmo as circunstâncias da morte sendo totalmente diferentes, e isso mexeu bastante comigo.

Mas não pense que depois de toda essa reflexão o livro seja pesado ou lento. NÃO É. É uma leitura super rápida e por vezes, divertida. A família Calvander's é uma loucura só e não tem como não se apaixonar por cada membro dessa família. Trinity e Bailey, principalmente. As duas são irmãs e são primas da Saylor. O desenvolvimento do relacionamento delas é bem divertido e de certa forma, um tapa na nossa cara quando vemos o quanto de julgamentos e pré-conceitos temos ao ouvir apenas uma versão da história. Esse trio é o meu favorito e vou defendê-las até o fim! ♥ Ah, destaque também para a pequena Anna Gordon, minha menina travessa que só precisa ser amada. 


Em relação ao interesse amoroso de Saylor, vou dizer que eu esperava mais cenas, mas a química é incrível e é possível sim ver a construção do sentimento. Com certeza Roo merece o mundo! Ele é tão maravilhoso! O que me leva a dizer que eu queria um final mais fechado para eles, queria mais detalhes, sabe? Só que também entendo a mensagem da obra e acho que o final faz sentido para o que a autora quis nos apresentar. Então, não posso ser injusta. Foi um final delicinha sim e cheio de esperança! Aliás, um final delicinha após altas emoções e desesperos, porque antes acontece uma coisa tão cheia de ação e adrenalina que eu não esperava. Foi bem diferente do que a autora costuma fazer e eu amei, fiquei com a respiração presa até tudo se resolver

A única crítica que faço é que o pai da Saylor é insuportável e acabamos sem saber do bebê da Trinity e do Sargento. Pelo amor de Deus, Sarah Dessen, escreve um livro pra essa personagem, porque eu estou em abstinência de ler a frase "eu estou muito grávida". KKKKKKKKKKKKKK 

P.S.: Alô alô editoras, por que pararam de trazer os livros da Sarah Dessen ao Brasil? Precisamos de mais!!!!


"O Resto da História" é um drama jovem que usa a sensibilidade e o bom humor para nos contar uma linda história familiar e de auto-conhecimento. Uma obra que nos mostra a importância de estarmos no controle de nossa própria vida, sendo quem desejamos ser. Independente de usar o primeiro o segundo nome, você é você e seu passado é tão valioso quanto seu presente, já que são as escolhas que fazemos que nos conduzem para o futuro o qual seremos felizes

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Maravilhoso!

- Alessandra Salvia

Comentários

  1. Oi, Alessandra. Como vai? Me parece uma leitura bastante instigante e envolvente. Fiquei curioso com esta trama. Ótima resenha. Abraço!



    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Ouvi falar do trabalho da Sarah Dessen quando a editora Seguinte começou a publicar alguns livros dela (e pararam né?), gostei de saber que esse livro é reflexivo e leve, adoro esse tipo de combinação, pois não gosto de leituras que me deixem muito para baixo.

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Ale! Li este livro acho que foi em 2020 e amei a história. Eu adoro as tramas jovens desta autora, que ao invés de drama, sempre puxa a história para um lado positivo. Pena termos tão poucas publicações dela aqui. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Olá, Ale.
    Eu tinha muito interesse em livros da autora antes, até cheguei a ler alguns. Mas acho que essa fase de ler livros assim já passou para mim e acho que hoje eu não leria mais os livros dela. Mas que bom que gostou tanto. Você comentou sobre estar travada nas leituras, vou te indicar dois livros que li recentemente e gostei bastante. Tenta, vai que hehe. São eles Faça um Pedido da Olivia Uviplais e Depois de Vegas da Nathalia Oliveira. Os dois tem no KU.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oi Alê, tudo bem?
    Não sou muito fã de dramas, mas se é com final "delicinha e cheio de esperança" me sinto mais incentivada a ler! A história parece ser interessante e eu daria sim uma chance!

    Tem publicação nova: Turista Espacial

    Até mais;
    Mente Hipercriativa | Universo Invisível

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Amei demais essa capa de livro. A história parece ser boa também, fiquei com vontade de ler.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Ale, vc tem razão pararam mesmo de trazer os livros da Sarah Dessen, editoras são muito modinhas rsrsrs enfim, gostei do foco não ser romance, às vezes a gente quer algo a mais do que isso.

    Bjs, Mi

    Na Nossa Estante

    ResponderExcluir
  8. Oi Ale, tudo bem?
    Achei bem legal essa proposta de recuperar o passado e entender mais sobre as peças que formam um ser humano completo. Parece transmitir uma mensagem bonita.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  9. Oiiii,
    Eu já conhecia a autora mas nunca li nada dela.
    Gostei muito da resenha e esse livro já entrou para minha lista de leitura.
    Bjo

    ResponderExcluir
  10. Adoro quando o livro leva os personagens a uma jornada de autoconhecimento, porque muitas vezes eles fazem com que nós, leitores, faça a mesma coisa - mesmo que de um modo distinto.

    Amei a dica de leitura!

    Um beijo,
    Fernanda Rodrigues | contato@algumasobservacoes.com
    Algumas Observações
    Projeto Escrita Criativa

    ResponderExcluir
  11. Oi Alessandra,
    Que legal que vc amou tanto esse livro, é tão bom lermos algo assim. Infelizmente meu primeiro contato com os livros dessa escritora não foi dos melhores, mas se vc disse que esse é incrível eu acredito. Vou dar uma nova chance futuramente ^^
    Bjos,
    Kelen Vasconcelos
    https://www.kelenvasconcelos.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oii, parece ser uma história bem envolvente gostosinha de ler.
    Beijos
    https://deliriosdeumaliteraria.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir
  13. Oi
    só li dos da autora até hoje, mas já achei esse no K.U e já peguei, quem sabe em breve eu leia, que bom que gostou da história, parece ser bem gostosinha, sempre tem um pai e uma mãe difícil de se engolir em algumas histórias.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá, Alessandra!

    O nome da autora me é familiar, mas nunca li nada dela.

    Gostei da ótima resenha que vc fez. Estava tão entusiasmada quando escreveu esse post.

    Evidente que vou procurar esse livro, pke gosto de finais felizes e de emoções.

    Beijos e bom resto de semana.

    ResponderExcluir
  15. Oi Ale,
    Gostei da base da história do livro, ele parece trazer um bom desenvolvimento de enredo e personagens. Eu acho legal ler livros com fundo familiar porque sempre acabo identificando alguns integrantes da minha família neles, haha.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  16. Oi Ale,

    Eu não li nada da autora, apesar de já ter ouvido falar bastante dela.
    A história parece ser maravilhosa, fiquei realmente com vontade de ler esse livro.
    Vou colocar na lista do Skoob.

    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  17. Oi Ale
    Gostei muito da sua resenha e de saber mais sobre a trama do livro, não conheço muito o trabalho dessa autora, mas já fiquei bem interessada em ler esse livro.
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa | Instagram | Facebook | Twitter

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Últimos Assistidos #6

Livro: Amor Corrompido

Série: Menajerimi Ara