sábado, 31 de dezembro de 2016

Melhores Filmes e Séries 2016

Olá amores!

Depois de vários posts empolgados com os lançamentos de 2017, venho agradecer o maravilhoso ano que tivemos e selecionar os MELHORES DE 2016! Claro que esses serão as minhas escolhas, porém já adianto que adoraria ver as escolhas de vocês nos comentários, se concordam ou não comigo.


Serão 6 categorias com 3 selecionados em cada uma delas. Talvez não seja justo porque muitas vezes serão temas diferentes lutando entre si, mas espero que eu consiga colocar um pouco de tudo que me agradou durante o ano.

Filme do Ano


Indicados: Animais Fantásticos e Onde Habitam, Capitão América 3 - Guerra Civil e Batman vs Superman

Vencedor: Animais Fantásticos e Onde Habitam


Ator do Ano - Cinema


Indicados: Leonardo DiCaprio (O Regresso), Eddie Redmayne (A Garota Dinamarquesa/Animais Fantásticos) e Ezra Miller (Animais Fantásticos e Onde Habitam)

Vencedor: Ezra Miller

Atriz do Ano - Cinema


Indicadas: Brie Larson (O Quarto), Alicia Vikander (A Garota Dinamarquesa) e Jennifer Lawrence (Joy/X-Men);

Vencedora: Brie Larson
Série do Ano


Indicadas: Outlander, Gilmore Girls e Stranger Things

Vencedora: Outlander 

Ator do Ano - Série


Indicados: Rami Malek (Mr. Robot), Tobias Menzies (Outlander) e Sam Heughan (Outlander);

Vencedor: Rami Malek

Atriz do Ano - Série


Indicados: Viola Davi (How to get away with murder), Milly Bobby Bronw (Stranger Things) e Caitriona Balfe (Outlander);

Vencedora: Caitriona Balfe (caso você discorde de mim, por favor, assista o 02x07 de Outlander, obrigada!);


Com isso, fechamos nosso ano com chave de ouro. Espero que estejamos juntos em 2017. Agradeço do fundo do coração toda a companhia que vocês me fizeram e espero que nossa parceria perdure por muito tempo mais. É graças a vocês que o Estante da Ale existe e trabalha para sempre trazer o melhor conteúdo.

FELIZ ANO NOVO MEUS AMORES! 2017 TEM MAIS! ;)

- Alessandra Salvia

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

TAG: Livros do 2ºSemestre de 2016

Olá amores!

Antes do ano acabar vamos fazer a retrospectiva dos livros lidos em 2016? Peguei aquela TAG dos 50% que fiz no meio de ano e adaptei para esse segundo semestre. Espero que vocês gostem e se identifiquem! Bora lá?

1. O melhor livro que você leu no segundo semestre de 2016:
Difícil, mas vou escolher "Como Se Fosse Magia" da Bianca Briones;


2. A melhor continuação que você leu no segundo semestre de 2016:
"Harry Potter e a Criança Amaldiçoada" pode ser a decepção de muitos, mas eu amei amei amei;

3. Algum lançamento do segundo semestre que você ainda não leu, mas quer muito:
"O Mais Desejado dos Highlanders", eu estou apaixonada pela Escócia e essa saga da Universo dos Livros me conquistou;

4. O livro mais aguardado do primeiro semestre de 2017:
"Minha Rendição" da Cinthia Freire, é a continuação da série Segredos;

5. O livro que mais te decepcionou no segundo semestre de 2016:
"The Kiss of Deception", sem trocadilhos. A edição tão linda e depois de tantos elogios, foi decepcionante mesmo, ainda não superei...

6. O livro que mais te surpreendeu no segundo semestre de 2016:
Surpreendeu e positivamente: "Muito Mais que o Acaso" do Athos Briones;


7. Novo autor favorito (que lançou seu primeiro livro nesse semestre ou que você conheceu recentemente):
Não é o primeiro livro, mas eu adorei conhecer a Larissa Siriani com "Amor Plus Size";

8. A sua quedinha por personagem fictício mais recente: 
Graeme de "Seduzida Por Um Guerreiro Escocês" é um amor;

9. Seu personagem favorito mais recente:
Foi um casal, na verdade... Chris e Laura do conto "Minha";


10. Um livro que te fez chorar nesse segundo semestre: 
"November 9" da Colleen Hoover;

11. Um livro que te deixou feliz nesse segundo semestre:
"Quando o Amor Bater a Sua Porta" da Samanta Holtz;

12. Melhor adaptação cinematográfica de um livro que você assistiu até agora:
"Animais Fantásticos e Onde Habitam" com certeza!

13. Sua resenha favorita desse segundo semestre: 
Difícil também... "Como Se Fosse Magia", "Muito Mais Que o Acaso" e "Amor Plus Size". Todas eu fiz com a empolgação da Bienal.

14. O livro mais bonito que você comprou ou ganhou esse ano:
"Como Tatuagem" me encantou pela capa e pela história;



15. Quais livros você precisa ou quer muito ler no primeiro semestre de 2017?
Os próximos Outlander que serão lançados em Fevereiro e Maio/2017;


E vocês? O que mais esperam para 2017? Deixem seus comentários!

- Alessandra Salvia

sábado, 24 de dezembro de 2016

Série: Sense 8 - Especial Natal

Olá amores,

Chegou o grande dia. Hoje é Natal e como forma de comemorar a data, nossa parceira do ano todo (Netflix ♥) trouxe um presentão daqueles que nos deixam de boca aberta. Para quem busca uma série de qualidade, viciante e extremamente inteligente, apresento-lhes Sense 8


O post será divido em duas partes, uma sem spoilers para você que ainda não conhece a série, mas quer conhecer e a segunda parte com spoilers para aqueles que querem conversar sobre o excelente episódio que tivemos. Afinal, a espera foi longa... Foram 2 anos!!! E após uma primeira temporada incrivelmente bem feita, o 02x01 com 2 horas de duração estreou. Logo na primeira cena temos um show e ficamos arrepiados com o que nos é prometido.


A química dos atores continua impecável, todos interagem tão bem que realmente parecem interligados. Temos atuações excelentes, destaque para o Will que arrebentou o meu coração! A produção é tão detalhista e preocupada com a qualidade do que nos é entregue que fico impressionada. É aquele tipo de história que você gruda os olhos na tela e não quer nem piscar, porque sabe que logo menos teremos alguma interação maravilhosa. Costumo dizer que são as 'pequenas ajudas' que eu mais gosto, porque são inesperadas. Um exemplo que nem chega a ser spoilers, é Sun que sempre ajuda quem precisa lutar para sair de uma situação ameaçadora. Ou Wolfgang que tem uma coragem absurda perante os outros. 

Acredito que o grande medo dessa nova temporada era a mudança de ator do personagem CapheusAml Ameen deixou a série no meio de várias fofocas, até hoje não se sabe realmente o motivo, apesar de muitos o acusarem de preconceito. O novo responsável por interpretar o fã de Van Damme é Toby Onwumere, porém, isso não atrapalhou em nada! Muito pelo contrário, a Netflix arrumou uma forma muito bem humorada de apresentá-lo a nós e digo que funcionou. 


O tema preconceito e aceitação pessoal novamente é abordado de uma maneira direta e sem meias palavras. Vamos discutir sim porque não tem nada de errado em você ser verdadeiro. Uma cena específica retrata a questão da vergonha e de como alguém pode ser acusado por algo que não deveria ser. Gosto muito de como os Sense8 se colocam no lugar um dos outros e entendem o quanto aquilo pode machucar, com isso eles se ajudam. Querendo ou não, é uma bela mensagem de altruísmo.

Não posso ignorar o fato da trilha sonora ser maravilhosa! A união de músicas com a fotografia me arrancou lágrimas, além das atuações claro. Que incrível! Não sei se consigo passar a vocês todo o turbilhão de sentimentos que Sense8 nos passa. Tem de tudo! Ação, romance, risadas, emoção, aprendizado, coragem. Você se sente parte daquela equipe. Confesso que é uma daquelas séries que o mundo precisa conhecer. 


Sendo assim, vou começar a parte com spoilers, ok? Caso você ainda não tenha visto, peço para parar por aqui e voltar depois, rs. 

Esse foi o episódio mais divertido, por mais que tenhamos grandes dramas acontecendo, temos em paralelo o sorriso de cada personagem. A cena do aniversário é um grande exemplo. Duvido que aquilo não te empolgou. A conexão entre eles está cada vez mais forte e visível. Mas já adianto que a minha cena favorita é a do Natal, com a música Hallelujah.

Adorei a forma como cada um vem crescendo e ganhando seu espaço. Acho que a Riley ficou um pouco apagada nesse especial, porém foi uma frase dela que deixou o maior gancho para a próxima temporada. Ah, alguém me explica como ela transporta do Will depois de drogá-lo? Eu fiquei pensando isso toda vez em que ela aplicava a heroína.


Estou naquela fase em que nenhuma série será boa o bastante, sabe? Estou revendo o episódio enquanto escrevo para tentar superar, afinal, apenas em maio (dia 05) teremos a liberação dos novos 10 episódios da segunda temporada. Podem ter certeza que Sense8 estará por aqui em 2017!

E com isso fecho o nosso especial de Natal! O Estante da Ale estará de férias nessa semana e só voltará no dia 30 com o post especial de melhores do ano. Agradeço imensamente você que sempre dedica um pouquinho do seu tempo para ler e comentar no Estante, saiba que cada um de vocês faz parte do sucesso que tive em 2016. Desejo a todos ótimas festas, que o Papai Noel venha bem gordinho, cheio de paz e felicidade.

Beijo grande,
Alessandra Salvia

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Entrevista: Bianca Briones

Olá amores!

A #SemanaEmSuasMãos está a todo vapor, vocês já compraram o livro na Amazon? Só clicar AQUI! O preço é super especial e cabe no bolso, prometo ;) 




Mas enquanto isso, venho realizar um sonho de entrevistar a diva Bianca Briones! Ela é minha autora favorita e é uma grande conquista pessoal conseguir publicar essa entrevista para vocês. Lembrando que a resenha de "Em Suas Mãos" já foi publicada e se você ainda não leu, dá um pulinho lá também... AQUI!

E é dessa forma, com todo o prazer e alegria do mundo que digo: um pouquinho da Bianca para vocês!

1) Seus livros publicados por editoras foram um sucesso, o que pode ser esperado por ter maior divulgação e investimento dado em marketing. Mas manter esses leitores que é o difícil, ainda mais hoje em que a pirataria é de fácil acesso. Como foi para você ver o sucesso de "Em Suas Mãos" na Amazon? 

Resposta: Estou encantada.
De verdade, parece que estou sonhando o tempo todo.
O modo como os leitores estão recebendo o livro, lendo tão rápido e já pedindo por mais, me faz querer escrever sem parar.
Estou muito feliz!


2) Representatividade importa. Isso é um fato. E pensando nisso, percebo que seus livros são mais que uma chuva de sentimentos, há lições e ideais retratados. Grandes temas como preconceito em relação as mulheres e o fato de você colocar a protagonista negra na capa, me fez pensar o quanto estamos engessados também na literatura. Até mesmo as drogas são um assunto discutido abertamente. Com isso, te pergunto: Bianca Briones veio quebrar paradigmas? É uma meta construir um mundo melhor ou simplesmente aconteceu? Já adianto que deu certo, rs.

Resposta: Li e reli a pergunta com um sorriso bobo no rosto.
Fico honrada com sua percepção.
Não foi algo programado, mas quando a história do Rafa (As Batidas Perdidas do Coração) se apresentou para mim e o tema das drogas, eu soube que não queria escrever por escrever.
Quero entreter as pessoas, sim, amo fazer isso, mas se eu puder conscientizar enquanto divirto será o pacote ideal.
Com a Clara (O Descompasso Infinito do Coração), eu me desnudei com uma personagem acima do peso, mostrando sua insegurança e baixa autoestima. Foi maravilhoso escrever sobre ela.
Eu me senti em dívida quanto à representatividade, quando me atentei e vi que não retratava personagens negros.
Aí veio a Flávia, uma personagem secundária na série Batidas Perdidas, que ainda será protagonista. Só que isso ia demorar ainda, então amei quando o Guilherme surgiu, como personagem principal no meu conto em “As Fases da Lua” e ainda mais quando Luiza, a nossa protagonista em “Em suas Mãos”.
Luiza não foi minha primeira personagem negra, mas quis a capa para ela. Quis que ela tivesse destaque, que todos pudessem ver esta mulher incrível e muito bem sucedida. Eu tenho um baita orgulho dela e do caminho que percorremos juntas.
Espero trazer muitas histórias que toquem as pessoas e que as façam se identificar com elas. E, acima de tudo, ficaria muito feliz se pudesse quebrar alguns preconceitos pelo caminho.
Sobre construir um mundo melhor... Ah, é uma meta, talvez um sonho, desde criança. Não sei se vai dar certo, é muito difícil, ainda mais nos dias de hoje, mas sigo tentando.
Falta amor no mundo e eu tenho um montão de amor em mim.


3) Vamos falar um pouquinho dos próximos projetos? O que você pode adiantar? O teste com a nova plataforma funcionou? Podemos esperar mais ebooks publicados pela Amazon?

Resposta: Não posso adiantar muito ainda.
Teremos dois livros físicos e a série Batidas Perdidas voltará.
E, sim, podemos esperar mais ebooks. Muito mais.
Estou amando a plataforma.


4) Se você puder deixar um recado para os leitores do 'Estante da Ale', eu ficaria muito feliz!

Resposta: Desejo a todos uma vida cheia de amor e que o novo ano traga boas experiências e oportunidades. Agradeço pelo espaço e entrevista.



QUANTO AMOR! Estou tremendo até agora com a emoção de finalmente ter conseguido realizar esse sonho. Mas nem pense que a semana acabou, em breve vou trazer a playlist especial e os quotes que mais amei de "Em Suas Mãos"! ;) 

- Alessandra Salvia

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Resenha: Em Suas Mãos

Olá amores!

Vamos para mais #SemanaEmSuasMãos? Hoje é dia de resenha aqui no 'Estante da Ale' e já adianto que é daqueles livros que emocionam e valem ser lidos em uma tarde véspera de Natal, viu? Então corre que  "Em Suas Mãos" já está disponível na Amazon e por um preço super especial... O Papai Noel caprichou esse ano... ;)


A história da vez é sobre Luíza, uma advogada que criou barreiras em seu coração para não se decepcionar, mas ela é a prova viva de que quando algo tem que acontecer, vai acontecer. André é um paisagista que surge em sua vida de supetão e se mostra o tipo de pessoa certa, ele é correto, altruísta e a ligação entre ambos é inevitável... É impossível ignorar os sentimentos, só precisamos saber se Luíza estará disposta a abrir mão da segurança de uma vida solitária para viver um amor cheio de incertezas.

Ambos os personagens tem traumas do passado, mas a forma como cada um lida com essas adversidades é bem diferente. Isso enriqueceu muito a leitura, pois conseguimos perceber as diferenças e fragilidades do ser humano. Tudo é claro, detalhado na medida certa e extremamente viciante. As personalidades são desenhadas com maestria, um exemplo é a Luíza não querer se apaixonar, mas isso não a torna fria e rígida. Muito pelo contrário, ela é um amor de pessoa, aquele tipo que você quer ter ao seu lado como melhor amiga. Ela ajuda os mais necessitados e diversas vezes, a vemos preocupada com o próximo, principalmente quando ela uma injustiça está sendo cometida. 



Uma leitura tão simples e gostosa, eu terminei de ler em um dia e sinto saudade daqueles personagens que me cativaram tão rapidamente. Novamente, temos uma história da Bianca que encanta nossos corações. Que mexe com nossos sentimentos e crenças. Por mais que seja ficção, o enredo me passa tanta verdade que eu fico impressionada com as minhas reações durante a leitura. É muito intenso, cada diálogo ou cada cena vem de encontro ao leitor como se estivéssemos presentes enquanto tudo acontece. Uma passagem no hospital especificamente acabou comigo! Só de pensar fico emocionada... Ainda mais no Natal.


"Às vezes, tudo o que você precisa fazer é acreditar"


Acho que esse é outro ponto que me deixou envolvida, a época já é mágica e ao conhecermos uma história em que  'acreditar' é o principal fator para as coisas darem certo, fiquei apaixonada! Mas claro temos algumas cenas em que o riso rola solto, afinal, podemos dizer que nosso querido André é um pouco estabanado e a presença ilustre de Branca Albuquerque não poderia passar despercebida. Além disso, temas como feminismo, preconceito com a mulher e justiça são alguns dos assuntos em que Luíza traz para discutirmos.


Importante dizer que o livro se passa no mesmo universo de Batidas Perdidas, porém não tem nenhum spoiler, caso você não tenha lido e não saiba por exemplo, com quem a Branca ficou, não precisa se preocupar. Leia separadamente que vai funcionar! A autora tomou todo o cuidado para não dar informações demais sobre os demais personagens, mas posso adiantar que eles vão te cativar. (Eu estava com tanta saudade do Rafa <3).

Outro ponto incrível, na minha opinião, é a questão da maturidade dos personagens. Todos são adultos, trabalham, tem responsabilidades. Ficou muito mais fácil me identificar com eles. Aliás, vocês já sabem em quem a Bianca se inspirou para fazer esse casal lindo? Kerry Washington e Simon Baker!



E novamente eu fico aqui falando sem parar. A resenha ficou grandinha e eu sinto que não consegui nem falar a metade dos fatores que me levaram a colocar um coração de favorito no skoob... Vale muuuuito a pena, juro para vocês! 

Preparem uma xícara de chocolate quente com biscoitos e pegue "Em Suas Mãos" para ler! Essa história irá tocar seu coração e te fará acreditar. Simples assim. <3 Corram para a Amazon!

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Favorito!

- Alessandra Salvia

sábado, 17 de dezembro de 2016

Parceria: Bianca Briones - Em Suas Mãos

Olá amores!

Hoje se inicia oficialmente minha linda parceira com uma das autoras que mais admiro: BIANCA BRIONES! Alguém tem noção do quanto fiquei feliz ao ser escolhida para integrar o time escolhido pessoalmente por ela? É muita felicidade que nem cabe no coração e por isso venho compartilhá-la com vocês.


O 'Estante da Ale' vai participar da 'Semana Em Suas Mãos', ou seja, diariamente teremos informações especiais sendo divulgadas pelas redes sociais do blog e caso você queira participar também, fique à vontade, só usar a #SemanaEmSuasMãos e vamos espalhar o amor Briones pelo mundo!


Mas... Espera! Você conhece a Bianca Briones? NÃO? Como assim???? Então chegou o seu momento de conhecer. Aqui no Estante, eu tenho resenhas publicadas de todos os seus livros, vou deixar os links abaixo juntamente com a ordem de publicação:

As Batidas Perdidas do Coração (Protagonizados por Viviane e Rafael) 

O Descompasso Infinito do Coração (Protagonizado por Clara e Bernardo)

A Escolha Perfeita do Coração (Protagonizado por Viviane e Rafael)

O Desapego Rebelde do Coração (Protagonizado por Branca)

As Fases da Lua (Conto: E se você pudesse ficar)

Como Se Fosse Magia (Protagonizado por Eva e Enzo)

Vocês já devem ter visto pelas minhas redes sociais um pouco do meu amor pela literatura Briones. (Sim, até mesmo os filhos dela escrevem e tem resenha de 'Muito Mais Que O Acaso' do Athos já publicada, o Artur ainda é pequeno, mas já tem um livro infantil escrito... eita família talentosa!). A Bianca é mais que uma autora para mim, ela é uma contadora de histórias, ela conversa comigo enquanto me mostra o que aconteceu com cada um daqueles personagens que parecem realmente meus amigos e família. Ela sabe te transportar para uma fantasia em um piscar de olhos, sabe te emocionar com uma bela história de amor que poderia muito bem ser a sua, como também faz você acreditar que tudo é possível, basta acreditar ♥.

Meu envolvimento com suas obras começou quando eu perdi meu pai. Eu e Vivi (protagonista de Batidas Perdidas) somos muito parecidas, nossos pais nos falavam a mesma frase e a dor da perda veio forte, marcando quem seríamos daqui para frente. Costumo dizer que o que acalentou meu coração foi a literatura e a fé. Ver a forma como os personagens deram a volta por cima, ver que cada um fez aquilo por si próprio e que eu poderia sorrir novamente, sem julgamentos... Foi como uma esperança


Vivi passa por diversas provações, por mais que as minhas não sejam parecidas com as que ela teve foi como se eu estivesse me salvando junto com a personagem. Quando conheci a Bianca na Bienal de São Paulo este ano de 2016, eu não tinha palavras para agradecer o que ela fez por mim, sem ao menos saber que eu existo. E foi esse abraço quentinho da foto acima que me fez pensar: eu venci. Eu venci a dor, as provações, as dúvidas. Hoje, meu pai teria orgulho de quem me tornei. E parte disso, eu devo a literatura Briones.

Eu aqui... Falando, falando e falando... Desculpem me expor novamente, mas acredito que só assim para vocês conseguirem mensurar o quanto eu adoro essa mulher, rs. E bora para mais livros? Terça-feira é dia de resenha de "Em Suas Mãos", hein? O livro já está disponível na Amazon, fique ligado nas redes sociais do Estante que vai ter muita novidade!

- Alessandra Salvia

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Séries que acabarão em 2017

Olá amores,

Que eu amo séries, é inegável. Sou uma viciada assumida e sempre procuro trazer novidades para vocês, mas agora em 2017 muitas séries vão acabar e já estou me sentindo nostálgica e medrosa... Como vou preencher meu tempo sem aquelas histórias que eram consideradas minhas queridinhas? Bom, isso vale outro post, porque hoje vamos nos despedir de algumas histórias que me acompanharam por anos... Terão alguns spoilers, porém eu aviso antes deles começarem, ok?



1 - The Vampire Diaries:


Vamos finalizar a história dos irmãos Salvatore na oitava temporada. Em meios de altos e baixos, TVD foi uma boa série que entrou em declínio após uma das protagonistas (Nina Dobrev) abandonar sua personagem de uma forma bem despreocupada. É... Eu não culpo Nina por desistir de TVD, afinal, desde a saída de Klaus e Elijah para a série The Originals tudo desmoronou, mas infelizmente isso trouxe um Damon sanguinário e um Stefan extremamente chato, dois protagonistas que dificilmente levariam o enredo a frente. Além do fato de que nenhuma ameça se torna suficiente depois de termos enfrentado os originais, né?

Possível final (alerta SPOILER): não se sabe ainda se Nina Dobrev volta para um final feliz de Elena, mas eu torço realmente para a volta de Katherine Pierce. Essa sim é uma das personagens que poderia dar o brilho das primeiras temporadas de volta. Claro que é quase impossível de isso acontecer, então confesso que qualquer final seria adequado. Não, não quero fazer pouco caso em relação a TVD, longe disso, mas tenho que ser realista e dizer que qualquer que seja o final, não era aquele que eu queria, rs. Caroline não ficará com Klaus, Tyler morreu, o Damon perdeu sua identidade inicial, o Stefan vai se dar bem, o Matt está vivo... Tem como defender Julie Palec? 

2 - Pretty Little Liars:


A dor no coração começa... Acho que é a série que mais vou sentir falta. Sabe aquela que eu NUNCA atrasei na vida? É PLL! Eu amo as protagonistas, amo os casais, não me importo de ter sido enrolada por sete anos, rs. Foi uma grande jornada com tudo aquilo que eu adoro: dramas, romances e suspense. Muitos podem considerar a série ruim e eu até assumo que muitas coisas são forçadas, mas sabe aquele guilty pleasure? Esse é o meu!

Possível final (alerta SPOILER): Nunca escondi de ninguém que meu sonho para o final de PLL é uma Alison como -A. A grande vilã! Ok, isso não acontecerá, então aposto no clássico final feliz. Casais que shippo juntos, uma morte simbólica apenas para falar que houve ação e uma péssima escolha para a Uber-A. Vou me atrever a dizer que a única escolha boa foi a Mona, até hoje não me convenci com a Cece sendo Charles. E mesmo com essas falhas, eu continuo aqui, fiel a PLL e a Marlene King. Vou sentir saudade das minhas liars!

3 - Orphan Black:


Conheci OB com duas temporadas já exibidas, então não sofri tanto com a espera de episódios, mas agora com o final se aproximando na quarta temporada, sou obrigada a dizer que os produtores estão certos. OB tem uma sequencia de temporadas boas e uma história que precisa ser fechada. É aquela tal coisa: vamos finalizar no auge do sucesso para não estragar. 

Possível final (alerta SPOILER): Tivemos alguns erros como o Projeto Castor, porém isso teve que acontecer para as explicações acontecerem. OB é tão inteligente que não me arrisco muito a dizer o que acontecerá no final, só queria que ao menos a Rachel se desse mal. Ah, e já adianto: SAUDADE SESTRA! *-*

4 - Teen Wolf:



Nossa, conheço pouquíssimas pessoas que assistem, então confesso que nunca foi uma série que fiquei 100% atualizada, rs. Mas eu tenho um carinho especial pelo Stiles e é de quem vou sentir mais saudade. No momento, estou assistindo a quinta temporada, mas correndinho, já que a sexta e última já começou.

Possível final (alerta SPOILER): Com a morte da Alison achei que Teen Wolf se perderia, porém isso não aconteceu. Muito pelo contrário, tudo ganhou uma importância maior e mais emoção. Acho que a série sofre mais por ter um nome bobo do que pela falta de qualidade, porque ao todo, eu acho muito boa, de verdade. Um final feliz é o que espero para todos, inclusive acho que sou a única que torce para o Stiles ficar com a Maya!

E é isso pessoas... Quais são as séries que vocês mais gostam? Elas vão acabar em 2017? Deixe seu comentário, pretendo trazer post com a crítica de todas as season finales, hein?

- Alessandra Salvia