terça-feira, 16 de julho de 2019

Série: Stranger Things - Season 3

Olá amores, 


Recentemente, a Netflix lançou a terceira temporada de Stranger Things em sua plataforma e em menos de 4 dias a série quebrou todos os recordes do serviço de straming, ou seja, já deu para perceber que precisamos conversar sobre esse novo capítulo da história que conquistou o mundo com a história de crianças enfrentando mostros do mundo invertido.


Nesse terceira temporada, Elevan está morando com o xerife Hopper e seu namoro com Mike não poderia estar melhor. Porém, quando Dustin descobre uma mensagem russa através de sua nova invenção, as coisas começam a se tornar cada vez mais suspeitas... Será que os arrepios do Will são indícios que o Demogorgon voltou?


Os dois primeiros episódios são os mais tranquilos em relação a história central e só no terceiro o ritmo empolgante começa. E isso foi proposital, pois primeiro nos é mostrado como cada criança cresceu e como estão as relações entre elas e só depois os plots realmente podem se desenvolver. Até mesmo os adultos estão em uma fase de reconhecimento, ainda mais após os acontecimentos da última temporada e a morte do Bobby.

E pode ser um choque, mas as crianças estão em um relacionamento sério e por mais que seja grudento e preocupando no início, isso é fundamental para todo o arco da história. Destaque para a amizade de Max e Eleven, essa sororidade as torna ainda mais emponderadas e trouxe a Eleven uma identidade importantíssima para o decorrer da história. 


Até porque, Milly Bobby Brown está impecável no papel da doce e poderosa Eleven. Não tem uma cena em que ela não se entregue e torne-a cheia de emoção. As últimas cenas da temporada então... Ela me fez chorar feito um bebê e ainda deu ganchos importantíssimos para uma possível quarta temporada. Digo possível, pois ainda não há nada confirmado, porém há grandes chances (os produtores/criadores da série disseram que a ideia original eram 4 temporadas, com a possibilidade de 5, não mais do que isso).

O que me leva a dizer que para alguns, de início, a temporada pode parecer 'mais do mesmo' já que novamente a ameaça é o mundo invertido e seus monstros nojentos, só que não é. O crescimento de Stranger Things é real e essa temporada se tornou uma das melhores já feitas. Os efeitos, as construções de ação e um elenco em sintonia fizeram a série se desenrolar numa crescente e com cenas de tirar o fôlego. O arco dos russos ainda promete ser mais desenvolvido, mas acredito que a forma como foi abordado até o momento trouxe uma credibilidade para a história já que ninguém ali na cidade seria burro de abrir um novo portal novamente, né?


Os outros plots foram muito bem desevolvidos também. Nancy se tornando mais e mais girl power e lutando pelos seus direitos, Steve ainda mais gente-boa e com uma linda amizade com Robin (a nova personagem que surge e já consquista uma legião de fãs por sua inteligência e humor), Dustin com a possibilidade de ter uma namorada que nunca aparece e Hopper como um pai super protetor são apenas alguns dos aspectos que me fizeram amar ainda mais essa série totalmente ambientada nos anos 80. As referências da época são outro destaque merecido. A trilha sonora e as menções cinematográficas nos transporta para a nossa Hawking com ainda mais facilidade. 


Sendo assim, eu super recomendo que vocês se joguem em uma maratona de inverno. Vai valer cada episódio. Ah, só não esqueçam o lencinho, pois esse final de temporada é para derrubar qualquer um, ok? E se talvez quiserem esperanças: aguardem a cena pós créditos, será um belo conforto.

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Maravilhosaaaa!

- Alessandra Salvia

domingo, 14 de julho de 2019

Evento: Cordel em Portugal e no Brasil - Casa das Rosas

Olá amores,

Hoje, a dica é para quem mora em SP ou quando visitar a cidade e comparecer a Avenida Paulista, conferir a programação literária da Casa das Rosas, uma mansão localizada em frente ao Shopping Pátio Paulista e que é um prato cheio para amantes de romance de época!


Para os curiosos de plantão, já adianto um pouco da história envolvendo a Casa das Rosas, uma construção iniciada em 1928 e finalizada em 1935 pelo famoso e renomado arquiteto da época cafeeira, o chamado Francisco de Paula Ramos de Azevedo (que também projetou a Pinacoteca do Estado, o Teatro Municipal, o Prédio da Light e o Mercado Público de São Paulo). Ele construiu a casa para sua filha e e genro que viveram lá até 1980, quando a Av. Paulista mudou seu padrão para prédios comerciais e mais modernos.

No centenário da Av. Paulista (em 1991), a casa foi restaurada e transformada pelo Estado de São Paulo em espaço cultural. Em 2004, houve sua reinauguração como Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura, para oferecer cursos, oficinas de criação e crítica literárias, palestras, ciclos de debates, lançamentos de livros, apresentações literárias e musicais, saraus, peças de teatro, exposições ligadas à literatura, etc.





Casa das Rosas, uma mansão em estilo clássico francês com trinta cômodos, edícula, jardins, quadras e pomar na Avenida Paulista, local que reunia a maioria dos milionários barões do café. É uma viagem ao passado e muito inspirador para nós, amantes de romances de época. Confesso para vocês que tanto eu, quanto minha mãe começamos a criar possíveis histórias para cada cômodo.

E claro que amamos os espaços dedicados a exposição do mês de julho: o cordel de Portugal e do Brasil. Abaixo, colocarei várias fotos dos espaços que visitei:

Espaços restaurados da mansão original

Espaços dedicados a literatura e também a história, essa última foto é a escada utilizada apenas pelos empregados da casa

Há literatura, poemas, cordeis espalhados por toda a mansão. Inclusive na varanda.

O jardim é um espetáculo a parte e estão fazendo um Orquidário também.

Há vários detalhes que merecem destaque, o teto todo trabalhado, o chão e também é possível ver os banheiros da época.
  
No instagram, deixarei nos destaques alguns dos vídeos que fiz lá. Até porque, há diversos programas no local: há uma biblioteca, um restaurante super gostoso no fundos da casa juntamente com acesso ao Parque Cultural Paulista. É um passeio perfeito e gratuito aqui em SP que vocês não podem deixar de fazer!

 - Alessandra Salvia

sexta-feira, 12 de julho de 2019

Livro: Animais Fantásticos e Onde Habitam - O Roteiro Original

Olá amores,

Eu sei que o lançamento de 'Animais Fantásticos e Onde Habitam' foi há bastante tempo, porém só agora consegui ler o roteiro original lançado pela Editora Rocco, a obra é como um complemento ao filme já lançado nos cinemas e em DVD e nos demonstra como os atores se basearam para construir as cenas.


Para quem ainda não sabe, vou dar um pincelada na história: Newt Scamander cuida de animais dentro de sua maleta mágica e após chegarem nos EUA, alguns desses bichinhos escapam e é preciso recuperá-los. Paralelo a isso, o mundo bruxo está sofrendo várias ameaças de exposição e o Ministério da Magia busca o grande vilão da época: Grindelwald


Falando rapidamente do filme, deixo AQUI minha crítica completa e sem spoilers, mas já adianto que como obra original, sinto que foi mais envolvente do que o roteiro em si. O livro 'Animais Fantásticos' é cru. Exatamente igual ao que vemos no filme e não há nenhuma profundidade ou surpresa. 

O livro, basicamente, é para fãs do mundo bruxo criado por J.K. Rowling e mesmo assim, nos decepciona, pois quem está acostumado com as grandes descrições e aventuras dos livros de Harry Potter se vê perdido. Não consigo imaginar alguém leigo no assunto pegando essa obra para ler, pois não há nenhuma preparação para o que nos é mostrado

Agora, acho interessante esclarecer que existem dois tipos de livros com o título 'Animais Fantásticos e Onde Habitam', há também o escrito por Newt e que é usado pelos alunos de Hogwarts,  só que este tem o foco em explicar e desmistificar cada criatura mágica. O que me faz dizer novamente: é um livro para fãs, pois este, não há história e sim explicações sobre animais já mencionados anteriormente em diversos momentos.

Aqui no Brasil, tivemos duas edições desta obra.

Desta forma, finalizo a resenha um pouco decepcionada, mas contente por ter adquirido a obra apenas em e-book. Acho que não há necessidade de de pagar R$ 49,90 em uma edição de capa dura cuja história é visivelmente mais interessante nas telas de TV.

Minha Classificação: ♥ ♥ (2/5) - Regular

- Alessandra Salvia

terça-feira, 9 de julho de 2019

Série: Dark - Season 2

Olá amores,

Vamos falar sobre uma das melhores produções originais da Netflix? "Dark" lançou sua segunda temporada há algumas semanas e já confesso a vocês que me trouxe uma empolgação que há tempos não sentia por uma série.


Para quem ainda não a conhece, deixo AQUI o link da resenha da primeira temporada lançada há dois anos. E se você assistiu, mas não se lembra muito vou dar uma resumida:


Após o suicídio do pai, Jonas se vê envolvido em uma trama de desaparecimentos, viagens no tempo e apocalipses pré-determinados a cada 33 anos. Já resumi dessa maneira, pois se você não quer pensar, não adianta nem começar a assistir. Dark não é terror, é uma ficção ciêntica extremamente bem construída que precisa de dedicação e atenção ao ser iniciada.

Digo isso, porque ela é confusa sim e a maioria dos personagens tem suas versões em diferentes idades. Ou seja, os nomes, os detalhes físicos de cada um são indícios que te ajudarão a se localizar nos caminhos traçados pelo enredo que é muito bem escrito

E como essa segunda temporada demorou para ser lançada, foi um pouco difícil para eu lembrar todo o contexto e quem era quem, mas a partir do segundo, terceiro episódio, eu encontrei um ritmo e não queria mais parar. Todos os detalhes se encaixam e é chocante o quanto o quebra-cabeça faz sentido.

Os loopings infinitos são mostrados de maneira declarada e é impossível não ficar de boca aberta com toda a trajetória de certos personagens, como é o caso de Jonas e Cláudia. Dois personagens que surpreendem pela complexidade e também pela atuação dos atores. Gente, essa série merecia tantos prêmios... Uma pena que é tão subestimada. 

Cláudia na versão mais velha

Gosto muito do amor ser a motivação de Jonas a querer mudar o futuro. Acho que com tanta ciência na série, o personagem é humanizado de uma maneira muito bonita. Os sentimentos ali o fazem querer mudar o curso dos fatos que já estão predestinados, porém quem garante que isso não acontece porque é para acontecer? Ai gente, eu começo a pensar nessa série e minha cabeça faz várias teoriras bizarras que caem por si, quando penso que para o futuro existir o passado não pode ser mudado. rs. Ixi. Fez sentido para vocês? rs

Jonas e Martha
Com a terceira temporada confirmada como sendo a última da série, "Dark" se tornou uma agradável surpresa. Seu último episódio dessa segunda temporada trouxe mais possibilidades a serem exploradas, porém ainda acho que tudo é uma incógnita nessa história, afinal, tudo é possível. 💁

Não deixem de maratonar Dark. Garanto que vão se surpreender!

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Maravilhoso!

- Alessandra Salvia

domingo, 7 de julho de 2019

Cinema: Homem Aranha - Longe de Casa

Olá amores, 

Como estão? Vamos falar de cinema? A estreia da semana, com certeza, foi "Homem Aranha: Longe de Casa" e eu tive o prazer de conferir nos cinemas. Então, bora falar um pouco sobre esse filme que marca o final dessa fase MCU (Marvel Cinematic Universe)? Ah, se você não viu "Vingadores - Ultimato" essa crítica pode ter spoilers.


Não, os filmes da Marvel não vão acabar, porém com a despedida de alguns heróis, uma nova fase se iniciará e 'Homem Aranha' veio como uma emocionante despedida e homenagem ao primeiro herói a ganhar filme, o Homem de Ferro (Robert Downey Junior não voltará mais para o papel nos cinemas). É impossível não se emocionar logo na primeira cena do longa-metragem!


Aqui, Peter Parker viaja com a turma da escola para as férias e ele só quer aproveitar para se declarar a MJ (interpretada por Zendaya), porém Nick Fury está insistentemente atrás dele para conter ameaças na Europa. 

A presença de Sr. Beck ou Mystério como apelidado, traz a teoria do multiverso à tona e vou falar para vocês que aquela confusão temporal deixada por 'Vingadores - Ultimato' melhorou muito, já que tivemos a explicação do porquê o Peter volta a escola com os amigos, mesmo após os 5 anos do estalar de dedos do Thanos.


O responsável por interpretar Mysterio foi Jake Gyllenhaal e reconheço que ele não fez feio. Um personagem cheio de camadas e extremamente inteligente. Sua participação na história deixa uma grande consequência para os próximos filmes do Homem Aranha e por isso recomendo que vocês fiquem na sala de cinema para as DUAS cenas pós créditos, ok?

Toda a obra é muito divertida e com aquele frescor jovem que dinamiza muito bem o enredo, é leve e gostoso de assistir. O humor é muito bem colocado e o toque de romance adolescente faz "Longe de Casa" ser muito melhor do que eu esperava. Os personagens estão mais conectados e o próprio Tom Rolland está cada vez mais inserido naquele papel... Ele já era muito bom em me arrancar lágrimas (principalmente na cena 'Senhor Stark, não estou me sentindo bem'), mas agora ele se consolidou como o melhor Homem Aranha (na minha humilde opinião).

E isso, para mim, vale muito, pois não sei se vocês sabem, mas eu não gostei muito do filme 1, o chamado "De Volta ao Lar". Diversas vezes teve aquele tom pastelão americano que me irritava, só que ao assistir essa sequência, fui arrebatada pela emoção e pelo crescimento de Peter. Há toda uma sensibilidade e uma discussão sobre se encontrar e manter as expectativas que os outros colocam sob nossos ombros. Foi um filme divisor de águas para o super herói com certeza!

Ah, não posso esquecer de vibrar com o crescimento da Zendaya nesse filme. O toque feminino que faltava, porque ela não abaixa a cabeça não, ela vai atrás do perigo para ver de perto se toda a sua desconfiança era real. As cenas dela com Peter são tão amorzinhos que aquecem nosso coração! ♥


Ai Ai Ai, sabe o filme que você já quer ver de novo? EU AMEI DEMAIS e super recomendo vocês irem aos cinemas. Os efeitos, a emoção... Tudo merece uma telona bem grandona e um grande balde de pipocas de caramelo, rs. É o filme perfeito para todo o tipo de público e não se torna cansativo em momento algum. 

A viagem de férias do Homem Aranha pode não ter sido uma das mais fáceis e divertidas para ele, mas para nós, telespectadores, rendeu ótimas horas de entretenimento! 😂

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Maravilhosoooo!

- Alessandra Salvia

sexta-feira, 5 de julho de 2019

TAG - 50% de 2019

Olá amores,


Como chegamos ao meio do ano de 2019, vamos fazer um balanço em relação as leituras? Essa TAG é tradicional aqui no blog há alguns anos e quero te deixar a vontade para respondê-la também!


1. O melhor livro que leu até agora, em 2019:

QUE SÉRIE MEUS AMORES, O MUNDO PRECISA CONHECER. Resenha em breve.

2. A melhor continuação que já li até agora, em 2019:

Só para não repetir a resposta anterior, rs.

3. Algum lançamento do primeiro semestre que você ainda não leu, mas quer:

Minha mãe já leu e adorou!

4. O livro mais aguardado do segundo semestre:

Lança agora em julho mesmo, mas o preço vai me fazer esperar para comprar, rs.

5. O livro que mais te decepcionou até agora:

Mais do mesmo. Sem grandes reviravoltas.

6. O livro que mais te surpreendeu até agora:

Meu primeiro livro Dark.

7. Novo autor favorito (que lançou o livro agora no primeiro semestre ou que você conheceu recentemente):

Victor Bonini, meu primeiro contato foi com "Quando Ela Desaparecer" lançado em 2019

8. A sua quedinha por personagem fictício mais recente:

Henry ♥

9. Seu personagem favorito mais recente:

Uma personagem que ganhou mais destaque em "Torre do Alvorecer"

10. Um livro que te fez chorar nesse primeiro semestre:

É infantil, mas me derrubou.

11. Um livro que te deixou feliz nesse primeiro semestre:

O melhor da Sophie Kinsella.

12. Melhor adaptação cinematográfica que você assistiu até agora:

Assisti apenas em 2019
13. Sua resenha favorita nesse primeiro semestre:

RESENHA AQUI!

14. O livro mais bonito que você comprou ou ganhou esse ano:

Precisa falar algo? Comprei no final do ano passado, mas comecei a ler esse ano.

15. Quais livros você quer muito ler até o final do ano:

Já comprei, logo logo leio.

E por enquanto é isso. Animados para o segundo semestre? Vem muita coisa boa por aí!!!

- Alessandra Salvia

terça-feira, 2 de julho de 2019

Livro: Paixão Irresistível

Olá amores,


Eu li um livro da A. C. Meyer há muitos anos atrás e acho que nem fiz resenha para cá, porém após ver o lançamento de "Paixão Irresistível", uma leitura rápidinha para sair de uma ressaca literária me empolguei e provavelmente não vou parar por aqui...



A escrita da autora foi tão gostosa e sem enrolação que a leitura fluiu num ritmo maravilhoso, me fazendo ler o livro em menos de 1 hora! Ou seja, já busquei outras obras dela no kindle para devorar dentre leituras mais densas.

Nesta história, especificamente, conheceremos Giovanna e Lucas. Ela é uma confeiteira que tem a encomenda de bolos trocada e ele é o aniversariante que recebe um bolo inadequado, rs.  A química entre eles é palpável desde a primeira troca de olhares! Até porque ambos sabem se impôr, mas ao mesmo tempo querem abaixar a guarda e se apaixonar. 😍

E o mais legal, é que fui surpreendida. Não foi somente aquele romance água com açúcar gostoso, teve um draminha, teve uma problemática a ser resolvida e isso me encantou, porque não é o número de páginas que define uma boa história e sim seu conteúdo e como você a conduz

O fato da Giovanna não ser burra, também me alegrou, pois por mais decepcionada que ela esteja, ela consegue juntar os pontos e resolver a situação. Coisa que, geralmente, muitas personagens não o fazem simplesmente para dar mais desenvolvimento a obra e isso (algumas vezes) a torna irritante, né? Mas aqui não. Aqui tudo é equilibrado e extremamente amorzinho. O tipo de livro que vai te deixar com um sorriso no rosto ao terminá-lo. 

Desta forma, espero que tenham gostado da dica de hoje e cliquem abaixo para adquirirem o e-book:


Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Muito bom!

- Alessandra Salvia