sábado, 6 de junho de 2020

Livro: As Três Partes de Grace

Olá amores,

Vamos falar hoje sobre uma das minhas melhores leituras do ano até o momento: "As três partes de Grace" escrito por Robin Benway e publicado pela Galera Record.



Nessa história, conheceremos a história de Grace, uma adolescente adotada que engravida do namorado do ensino médio e que dá seu bebê para a adoção. Esse é o estopim para ela querer buscar sua verdadeira história e sem esperar, descobre que tem mais dois irmãos, Maya e Joaquin, os quais nunca teve contato antes.

O enredo sobre família, adoção, perdão e recomeços é belíssimo! Totalmente sensível e coerente, um dos melhores livros que li com certeza, pois não é uma premissa apelativa, ou com grandes reviravoltas, é uma história linear sobre a vida, talvez não a sua ou a minha, mas a de alguém tão importante quanto, que quer ser amado, que busca seu lugar no mundo. Realmente acredito que a força e o impacto da obra é por conta desses sentimentos reais que ela nos traz. Nos colocamos em outra posição, refletimos sobre o que é certo e errado, sobre o que representa dar um filho à outras pessoas. 

Admito que esses temas familiares, como aborto e adoção, são complicados. São tabus para muitos e realmente acredito que você só sabe o que fazer quando se está naquela determinada situação, porque opinião todo mundo pode ter, mas quando nos envolvemos emocionalmente toda a situação muda de figura. E são essas diferentes figuras que "As Três Partes de Grace" nos dá, uma criança adotada por pais ricos, outra adotada por mais classe média e outra presa ao sistema público de adoção, que pula de lares adotivos em lares adotivos. Cada um tem um futuro, cada um tem um sentimento. É para refletir, para emocionar, para melhorarmos como seres humanos.



Gosto muito do fato de não apenas a busca pela família biológica nos ser mostrada, como também os relacionamentos das famílias adotivas que afetam diretamente os filhos e tudo isso é abordado de uma maneira tão natural: casais que adotaram e mantiveram um casamento, casais que estão se separando, casais que não tiveram a oportunidade de terem filhos e depois de anos querem essa chance... Admiro demais a versatilidade da obra e de como ela abrange detalhes simples para construir todos os cenários. Claro, alguns tem mais drama que o normal, principalmente, a família de Maya, mas eu ainda acredito que funcionou (super valeu pela cena final de Maya com a mãe adotiva, chorei demais ali! rs).

Os relacionamentos amorosos também tem vez. Adianto que são totalmente secundários perto de toda abordagem familiar, mas queria dizer que temos sim representatividade e aqueles pequenos momentos nos quais vejos adolescentes sendo adolescentes. 



Desta forma, finalizo aqui dizendo que indico "As Três Partes de Grace" de olhos fechados para todos os públicos. Realmente acredito que este é um livro necessário. Sensível e humano. Tornou-se uma das minhas obras favoritas!!! 

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Favorito!

- Alessandra Salvia

quinta-feira, 4 de junho de 2020

Lançamentos: Junho/2020

Olá amores,

Vamos falar dos lançamentos de Junho/2020? Vale lembrar que algumas obras podem atrasar um pouco por conta do COVID-19.


Editora Rocco


Sinopse: "UMA HISTÓRIA DA SÉRIE JOGOS VORAZES.AMBIÇÃO O ALIMENTARÁ. COMPETIÇÃO O CONDUZIRÁ. MAS O PODER TEM O SEU PREÇO. É a manhã do dia da colheita que iniciará a décima edição dos Jogos Vorazes. Na Capital, o jovem de dezoito anos Coriolanus Snow se prepara para sua oportunidade de glória como um mentor dos Jogos. A outrora importante casa Snow passa por tempos difíceis e o destino dela depende da pequena chance de Coriolanus ser capaz de encantar, enganar e manipular seus colegas estudantes para conseguir mentorar o tributo vencedor. A sorte não está a favor dele. A ele foi dada a tarefa humilhante de mentorar a garota tributo do Distrito 12, o pior dos piores. Os destinos dos dois estão agora interligados – toda escolha que Coriolanus fizer pode significar sucesso ou fracasso, triunfo ou ruína. Na arena, a batalha será mortal. Fora da arena, Coriolanus começa a se apegar a já condenada garota tributo... e deverá pesar a necessidade de seguir as regras e o desejo de sobreviver custe o que custar."





The Gift Box Editora


Sinopse: "Rotulada como uma mulher Amaldiçoada de Eva desde que nasceu, Maddie sofrera apenas dor e repressão nas mãos do ancião mais abusivo da Ordem, Moses. Agora, morando com a irmã no isolado complexo dos Hangmen, ela está finalmente livre. Livre da fé sufocante, na qual não acreditava mais. Livre dos intermináveis anos de tormento físico e mental.


Apenas... Livre...

Aos vinte e um anos, a tímida e envergonhada Maddie se contenta em viver dentro dos limites da sua nova casa; a salvo do mundo exterior, a salvo da dor e, estranhamente, protegida pelo membro mais volátil dos Hangmen: o completamente tatuado, Flame.

Flame.

O homem que a observa incessantemente com olhos ardentes e tão escuros quanto a meia-noite. O homem que a protege com uma intensidade de tirar o fôlego. E o homem que mexe com algo profundamente dentro do seu coração dormente.

Mas quando as circunstâncias conspiram para que Flame precise da sua ajuda, Maddie corajosamente arrisca tudo isso pelo homem quebrado que cativou sua frágil alma.

O membro mais infame dos Hangmen, é guiado por uma coisa: raiva. Atormentado por demônios assustadores do seu passado, uma raiva que tudo consome, e isolado por um ódio absoluto de ser tocado, seus dias são preenchidos com uma sufocante escuridão, rompida apenas por um único raio de luz: Maddie. A mulher tímida e bonita que ele não consegue tirar dos seus pensamentos. A mulher por quem ele tem uma necessidade avassaladora de possuir...
... a única pessoa que já foi capaz de tocá-lo.

A missão da vida de Flame é proteger Maddie, mantê-la segura. Até que um acontecimento do seu passado conturbado o manda diretamente para uma espiral de loucura, prendendo-o nos recantos mais profundos da sua mente perturbada.

Os seus irmãos Hangmen temem que ele esteja além da salvação.

Mas Maddie e a sua luz, são a sua única esperança de libertação."




Editora Intrínseca



Sinopse: "Certas portas não devem ser abertas. E Coraline descobre isso pouco tempo depois de chegar com os pais à sua nova casa, um apartamento em um casarão antigo ocupado por vizinhos excêntricos e envolto por uma névoa insistente, um mundo de estranhezas e magia, o tipo de universo que apenas Neil Gaiman pode criar.
Ao abrir uma porta misteriosa na sala de casa, a menina se depara com um lugar macabro e fascinante. Ali, naquele outro mundo, seus outros pais são criaturas muito pálidas, com botões negros no lugar dos olhos, sempre dispostos a lhe dar atenção, fazer suas comidas preferidas e mostrar os brinquedos mais divertidos. Coraline enfim se sente... em casa. Mas essa sensação logo desaparece, quando ela descobre que o lugar guarda mistérios e perigos, e a menina se dá conta de que voltar para sua verdadeira casa vai ser muito mais difícil ― e assustador ― do que imaginava.
Publicado pela primeira vez em 2002, Coraline foi o primeiro livro de Neil Gaiman para o público infantojuvenil e se tornou uma das obras mais emblemáticas do escritor. Repleta de elementos ao mesmo tempo sombrios e lúdicos, a história conquistou crianças e adultos em todo o mundo e, em 2009, ganhou as telas de cinema em uma animação dirigida por Henry Selick, de O estranho mundo de Jack. Nesta edição especial em capa dura, com introdução do autor e projeto gráfico exclusivo, coube ao renomado ilustrador Chris Riddell dar vida ao universo mágico e aterrorizante criado por Neil Gaiman."




Eu quero os três e vocês? rs


- Alessandra Salvia

terça-feira, 2 de junho de 2020

Série: Eu Nunca - Season 1

Olá amores,

Como estão? Há alguns meses, a Netflix lançou a série "Eu Nunca" e foi uma ótima surpresa!




Para quem ainda não viu nada sobre, eu explico: a história é sobre Devi, uma indiana que perdeu o pai há 8 meses e com o choque, ela permaneceu 3 meses com as pernas travadas, em uma cadeira de rodas. Agora, recém curada e seu segundo ano do ensino médio promete ser um dos melhores anos de sua vida, ela só precisa arrumar um namorado para se tornar popular como tanto deseja.


A série é divertida, alto astral, mas ao mesmo tempo consciente, emocionante e com uma mensagem positiva. Sério, eu não esperava gostar tanto! São episódios rápidos, com referências ao mundo pop que nos aproxima ainda mais daquela daqueles personagens... Quem não surta com a prima Kamala fazendo um paralelo de sua vida com Riverdale? Betty Cooper sempre inspirando as pessoas a serem corajosas.. HAHAHAHA.

O fato dos adolescentes serem gente como a gente também é algo positivo. Confesso que Devi irrita um pouquinho com sua insistência no erro, só que pensando em um desenvolvimento real, seria normal ela priorizar um "namorado" ao invés das amigas... É um aprendizado que todo mundo passa na adolescência e fazê-la ver o verdadeiro significado de amizade é bem importante.

A diversidade está presente de diversas formas e é outro grande acerto. Em alguns momentos, a série até me lembra Sex Education, mas com outra finalidade. Aqui, vejo o objetivo de 'encontrar seu lugar no mundo, aceitar quem você é'. E vai além da sexualidade, tem a questão de cultura e de princípios. 



Baseada nas experiências pessoais da autora, "Eu Nunca" ou também conhecida como "Never Have I  Ever"(seu título original) ainda não tem uma confirmação de renovação, mas fico aqui na torcida, pois foi uma ótima experiência maratonar seus episódios. A carga dramática na reta final me arrancou lágrimas e recomendo de olhos fechados! Netflix super acertou!!!

Minha Classicação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Maravilhosa!

- Alessandra Salvia

sábado, 30 de maio de 2020

Guia de Leitura Outlander - Parte 1

Olá amores,


Há algum tempo, eu prometi trazer o guia de leitura da série Outlander para vocês e eis que chegou o momento. Porém, já que temos muuuuito o que conversar, eu decidi trazer essa postagem em partes, tudo bem? Uma vez por mês, vamos conversar sobre o vasto, apaixonante e doloroso mundo do drama histórico: OUTLANDER.





Lançado originalmente em 1991 (ano em que nasci!), Outlander foi escrito por Diana Gabaldon e chegou ao Brasil pela Editora Rocco em 2004. Anos depois, em 2014 foi relançado pela Editora Saída de Emergência que logo após foi comprada pela Editora Arqueiro, editora na qual todos os livros agora estão sendo relançados com as capas da série de TV.

Se você ainda não sabe qual é a premissa dessa fascinante história, eu te conto agora, sem spoilers: Claire é uma inglesa, ex-enfermeira de guerra tentando se reaproximar do marido Frank Randall. A guerra deixou marcas em ambos e após 5 anos separados, o casal faz uma viagem a Escócia e começa a estudar os antepassados de Frank que é historiador. Em um desses passeios pelo país, Claire é magicamente transportada para o século XVIII, no qual é obrigada a se casar para não ser acusada de traição política. Costumo dizer que Outlander  é um passeio entre os séculos, entre as culturas e lugares magníficos. Romances, dramas, guerras... a cada página é uma luta pela sobrevivência em um mundo onde os perigos são constantes, mas o amor pode salvar vidas. Uma série dramática, muito dolorosa, mas que celebra o amor.

Ao todo, serão 10 livros lançados, sendo que apenas 7 chegaram ao Brasil até o momento. O 8, o chamado "Written In My Own Heart’s Blood" tem a previsão de ser lançado por aqui ainda esse ano. O "Go Tell the Bees That I Am Gone" está sendo escrito, tinha previsão de lançamento para o 2º Semestre de 2020, porém como a autora sofreu um acidente no meio da quarentena, não se sabe se o prazo será cumprido. Diana Gabaldon deu uma entrevista dizendo que todo o trabalho de pesquisa e escrita de um livro Outlander leva tempo, ela tem uma previsão de mais ou menos 2 há 3 anos de intervalo entre os livros lançados. Ou seja, vamos esperar que lá pelo ano de 2026 teremos em mãos a finalização dessa maravilhosa saga. 

E sobre o final, a única coisa que se sabe é que descobriremos o que o fantasma do Jamie estava fazendo em 1945, observando Claire à meia luz. Existe uma expectativa do final ser feliz, pois a autora mesmo já disse isso, porém ela recomenda termos muitos lencinhos ao nosso alcance, pois o sofrimento ainda nos aguarda.


Agora, a postagem de hoje terá o foco em contar para vocês um pouco sobre as edições nacionais dos livros de Outlander. Abaixo deixarei os links de compra juntamente com a ordem certinha para não termos confusões. Vale dizer também que em primeiro lugar, a Ed.Arqueiro lançou os livros 3 a 5 em duas partes e agora está relançando com a capa da série em volume único. 









Written In My Own Heart’s Blood: abreviado para “MOBY,” (Previsão de Lançamento no Brasil de OUTUBRO a DEZEMBRO 2020) - Livro 8

Go Tell the Bees That I Am Gone: abreviado para "BEES" (Ainda sendo escrito, sem previsão de lançamento) - Livro 9



Abaixo, seguem as capas para caso vocês encontrem as edições mais velhas em sebos ou online. São itens de colecionador, por isso geralmente o preço é muito alto.

Livros da Editora Rocco - 2004:


Os livros da Ed. Saída de Emergência (2014) são as mesmas capas originais que a Ed. Arqueiro lançou inicialmente:


Capas da Editora Arqueiro:


Capas da Editora Arqueiro conforme a série de TV está sendo lançada:



Uma obervação importante: para quem não sabe, na verdade, Outlander quer dizer estranho, forasteiro. O que combina perfeitamente com a viagem no tempo feita por Claire. Optou-se por manter o nome original com um subtítulo, já que não teria o mesmo impacto ao ser traduzido.


Agradeço imensamente os que estão acompanhando e logo mais teremos a postagem do spin off da série. Vocês sabiam que Lorde John tem seus próprios livros? Fiquem de olho! 😉

- Alessandra Salvia

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Livro: Onde Está o Coração

Olá amores,

Hoje, vamos falar do segundo volume da série "De Volta Para Casa", o chamado "Onde Está o Coração" da Uiara Barzzotto que está disponível em e-book no site da Amazon!


Para quem ainda não conhece, deixo AQUI a resenha do primeiro livro, o chamado "Onde Mora o Coração", porém vale dizer que as obras podem sim ser lidas em separado, já que as histórias tem personagens distintos como foco, só que para uma experiência completa super indico a leitura na sequência, ok?

Agora, vamos falar sobre "Onde está o coração", aqui (finalmente!) conheceremos o desfecho da história de Alison e Nick. Nick é irmão de Anne, protagonista do livro anterior, e sua história com Anne também tem um passado cheio de segredos. Ele é a emoção enquanto ela é a razão. Qual dos dois irá convencer o outro do caminho a ser seguido?

Confesso que esse segundo livro me surpreendeu bastante no quesito narrativa, pois eu acho o primeiro muito corrido e nesse não. A Uiara teve uma preocupação em construir toda a carga dramática de uma maneira sensível e palpável, principalmente em relação a Alison que tem uma história de vida mais forte. Enquanto Nick é aquele respiro, aquela sensação de esperança, sabe? É Nick quem nos mostra o quão forte o amor pode ser

A leitura continua sendo rápida, mas pelo fato de que a gente não quer parar de ler. Vejo um crescimento nítido da Uiara, vejo aquela autora que me fez ficar louca de amores com "A Rosa do Deserto", não a autora ansiosa para nos contar a história de Anne e Luke (Onde Mora o Coração). Arrisco dizer que aqui o menos, foi mais, pois por mais que tenhamos um romance clichê e previsível, gosto da obra como um todo, tendo seus pequenos pontos de tensão no meio de uma bela história de amor

Aproveito para deixar abaixo os links de compra das obras acima citadas:




A Rosa do Deserto - Amazon (que é o meu favorito e totalmente independente, resenha AQUI! ♥)



Simples, bem feito e de aquecer nosso coração. Não sei se haverá uma continuação para a série "De Volta Para Casa", mas acho que este final foi perfeito para a duologia dos irmãos Williams de Laguna Beach. Leia numa ensolarada tarde, esse livro te fará sorrir! 

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Maravilhoso!

- Alessandra Salvia

terça-feira, 26 de maio de 2020

Livro: A Prometida

Olá amores,


Recentemente, "A Prometida" o novo livro da Kiera Cass foi lançado pela Editora Seguinte e infelizmente, as expectativas não foram atendidas.


A obra nos conta a história de Lady Hollis Brite que ganha a atenção do cobiçado Rei Jameson e se vê divida ao conhecer o estrangeiro Silas. A premissa até cita o fato de Hollis ter uma opinião forte e ficar entre ser um enfeite da realeza ou seguir sendo quem ela realmente é. Porém, não foi isso que encontrei.

Hollis é uma protagonista chata e irritante e por mais que existam outros personagens interessantes na obra, eles não conseguem sair dessa zona de secundários porque Hollis quebra todo o ritmo da leitura. Não vi personalidade forte nela, muito pelo contrário, logo de início ela já se mostra uma bajuladora do Rei e isso me irritou completamente! Além do fato de tudo ser fácil para ela, não a vejo como uma protagonista girl power como a sinopse insiste em vendê-la.

Confesso que na classificação geral, dou 2 estrelinhas sendo: uma pela edição que está maravilhosa, a Editora Seguinte arrasou nessa capa, na diagramação e nos cards; e outra estrelinha para a narrativa que é fácil. Claro preciso deixar claro que existe uma linha tênue entre o simples e o relapso e vejo aqui o esforço da autora para criar uma obra que agradasse os fãs. Só que infelizmente, não funcionou.

O plot romântico se tornou rápido demais e a parte distópica fraca. Entendo que Kiera quer manter os fãs de A Seleção, mas depois de A Herdeira, achei que tivesse ficado claro que outros temas deveriam ser abordados. Não vejo sentido em insistir na realeza e em temas políticos rasos.


"A Prometida" é uma série de livros e ainda não temos notícias sobre uma continuação. Confesso estar totalmente desanimada e não sinto vontade alguma de continuar a leitura. Espero que vocês entendam. 

Fiquem à vontade para comentarem sobre suas expectativas e/ou realidade. rs 

Minha Classificação: ♥ ♥ (2/5) - Regular.

- Alessandra Salvia

domingo, 24 de maio de 2020

Aniversário do blog Estante da Ale - 6 anos

Olá amores,

Em 25 de maio de 2014, o blog "Estante da Ale" foi criado. Nem acredito que já são 6 anos falando sobre aquilo que eu mais amo: literatura!!!


Eu iria fazer um sorteio especial para vocês, mas por conta da quarentena tudo foi por água abaixo. Como eu não sei como será o futuro, achei melhor esperar e qualquer coisa o lanço no segundo semestre, ok? Seria uma forma de agradecer todo o apoio e parceria que tenho nessa blogosfera.

Acima, fiz uma pequena montagem para homenagear o blog em seus melhores e maiores momentos. Quem diria que meu primeiro evento literário da vida foi com a Paula Pimenta e que tudo iria tomar uma proporção tão grande... Minha primeira Bienal como criadora de conteúdo, o ano em que fiz os marcadores com o novo logo do blog que deu super certo! Mais eventos literários que trouxeram sorrisos espontâneos, minha segunda Bienal de SP na qual fui reconhecida como blogueira tanto por seguidores quanto por autores que significam muito para mim. E claro, as parcerias que me renderam muitas alegrias e amizades.  ♥ 

Nossa! Foram tantas as superações e surpresas durante esses 6 anos que é difícil até mesmo fazer um texto de agradecimento. Obrigada a minha mãe por sempre estar ao meu lado. Obrigada a Pâmela do Interrupted Dreamer que se tornou minha amiga da vida real e por sempre embarcar nas minhas loucuras. Obrigada a Silvana do Prefácio por ser uma inspiração, por suas dicas maravilhosas e paciência ao me indicar infinitas listas de leituras. Obrigada a Miriã do Capítulo Treze por ser minha incentivadora de darks. Obrigada a Diana e a Verônica do Minhas Escrituras pelos abraços carinhosos nos eventos. Obrigada a Nana do Canto Cultizíneo, a Carolzinha do A Colecionadora de Histórias, a Carol do Caverna Literária, a Priih do Infinitas Vidas, a Lu do Balaio de Babados, a Tami do Meu Epílogo, a Jéssica do Diário dos Livros, a Nessa do Diário de Incentivo a Leitura, a Cida do Moolight Books, Ane do My Dear Library, a Mi do O Que Tem Na Nossa Estante, a Denise do Momento Crivelli. Conhecer vocês através desse cantinho me deu a certeza de que tenho um lugar no mundo sim. E claro, obrigada a cada um de vocês que vem ao blog semanalmente para comentar as postagens e acreditam no que faço. 

No atual momento, admito que estou com alguns problemas em relação a pressão de sempre ler mais e sempre ter aquela sensação de que estou atrasada nas leituras, então que este seja um basta, que este seja um lembrete do porquê eu comecei o blog: para compartilhar o que me faz bem. Danem-se as %, danem-se o tempo perdido com um livro que não geraria conteúdo. Preciso priorizar minha saúde mental e nada como uma boa leitura para me fazer fugir da realidade.


Que esses 6 anos se tornem mais 6 e depois mais 6. Eu sei que está cada vez mais difícil ser blogueira no meio de tantos bookstagrammers e booktubers, mas juntos continuaremos firmes nessa empreitada. FELIZ 6 ANOS, MEUS AMORES! Esse tempo todo só foi possível por vocês!!!!!

- Alessandra Salvia