domingo, 26 de junho de 2016

Resenha: A Garota do Calendário - Janeiro e Fevereiro

Olá pessoas!

O 'Estante' está participando de uma ação promocional do Grupo Editorial Record e dessa vez recebi dois livros de uma vez só... 'A Garota do Calendário' escrito por Audrey Carlan. Como o próprio nome faz referência, teremos 12 livros, um para cada mês do ano, porém todos se baseando na história de Mia Saunders. Eu recebi os meses de Janeiro e Fevereiro e é com base neles que vou contar um pouco da minha experiência literária.



Mia é uma garota que precisa urgentemente de dinheiro, afinal, o pai, ela e a irmã estão sendo ameaçados por um ex namorado. Para isso, a única saída que encontra é virar acompanhante de luxo. E foi exatamente aí que a história começou a me incomodar... Eu queria que fosse um pouco mais difícil para Mia tomar essa decisão. Ok, ela não quer fazer sexo com ninguém (a princípio), mas ela faz! Não, isso não é spoiler. O livro se resume a isso: relações sexuais.

Eu vi tanta propaganda, a divulgação da editora para essa série foi tão incrível, as capas são lindas, todo mundo que lia dizia que o livro era envolvente e apaixonante.... Eu realmente estou me perguntando se vocês leram a mesma coisa que eu. Não senti nada por essa história, apenas vergonha alheia. Mia é uma protagonista extremamente irritante. Faz um discurso sobre não vender o corpo, mas logo quando conhece o primeiro acompanhante já começa a falar de sua libido. Não tem coerência, desculpe!


Um ponto positivo seria que é bem curto, não temos enrolação. Cada livro é quase um conto, cerca de 114 páginas, ou seja, não tem muito drama ou reflexão sobre quem Mia se tornou, é apenas... Sexo. 

Que decepção... Um livro fenômeno editorial dos EUA? Eu até entendo o porquê 50 Tons fez sucesso, Christian Grey ama Anastácia e ninguém duvida disso, há vários dramas que constroem os personagens. Já Mia ficará 100 páginas com cada homem. 24 Dias com cada um dos acompanhantes. Achei que pelo menos iríamos 'conhecer' os locais por onde a garota passaria, mas em Fevereiro, Mia não saiu nenhuma vez do apartamento em que estava com o artista francês, Nem preciso dizer fazendo o que estavam fazendo.


Realmente, a edição está linda, não encontrei erros de português e a divulgação nos faz ficar curiosas a respeito dessa premissa até então interessante. Mas a história não conseguiu se desenvolver e me convencer.

Agora chegou a sua vez de participar e me mostrar o seu ponto de vista. Por favor, me mostre o que eu não vi com essa série de livros. Deixe seu comentário!

Minha Classificação: ♥ (1/5)

- Ale

68 comentários:

  1. Olá Ale,
    Meu Deus, é a primeira resenha negativa que leio do livro e foi meio que um soco na minha cara. Achei muito legal os pontos que você levantou e agora, analisando em retrospectiva, está mais do certa, pois se ela não curtia a venda do corpo, porque se envolveu com os homens?
    Ainda tenho vontade de ler o livro para formar uma opinião, mas já sei bem o que esperar.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... Parece que só eu tive essa impressão. Mas não vá com muita empolgação a leitura não Bruna!

      Excluir
  2. Olá, Alessandra.
    Pois é né? Eu li bastantes resenhas positivas dese livro e fiquei pensando exatamente no ponto que você abordou. Ela vai fazer sexo com 12 caras diferentes em uma ano? E por dinheiro? E sem falar que pelo tamanho dos livros podia ser um só, mas dai não vendia tanto né?

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade, cada um sai em média 20,00. E não precisava ser assim não. Muito caro!

      Excluir
  3. Oi, flor!!
    Também recebi esses livros, mas só li o de Janeiro até agora!
    Como eu ainda não li o segundo, não sei muito do desenrolar da história.
    De antemão, o primeiro eu gostei muito, também fiquei um pouco assustada com essa história dos 12 homens, mas eu tô querendo acreditar que terá uma reviravolta aí no meio do caminho e que no fim das contas ela vai voltar pro primeiro.
    Wes foi muito queridinho e eu queria que no fim das contas ela ficasse com ele, se não ficar, não dá pra imaginar o desfecho da história e o que a autora quis com isso tudo, afinal é um exagero essa historia dela abdicar da sua vida pessoal para passar UM ANO tentando quitar uma dívida, mesmo que saibamos que o motivo para tal é importante. Mas precisaria de um ano mesmo? E ser do jeito que está sendo?
    Minha resenha do mês de janeiro foi positiva, porque até então eu só li ele. Mas já estou com medo de ficar frustrada como você quando eu ler o próximo rs.

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois de ler Fevereiro, me conta o que achou?

      Excluir
  4. Oi Ale!
    Pelos seus comentário, os livros parecem ser bem fracos. Independente do gênero, é preciso que haja uma construção e um desenvolvimento para os personagens, mas nesse caso parece que só temos um pretexto para cenas eróticas. Uma pena.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente! Não é porque é erótico que precisa ser vazio de sentimentos...

      Excluir
  5. Oi Ale! Eu nunca espero muito de livros do gênero, então vou ler sem muitas expectativas, quem sabe me surpreenda de alguma forma. A propaganda em massa me deixou bem curiosa, vamos ver.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que mesmo com baixas expectativas, o livro surpreende. Nem sempre pelo lado positivo...

      Excluir
  6. Oi, Ale! Caramba! Tão ruim quando um livro decepciona assim, né?! Eu não gosto do gênero, então não leria mesmo. Vejo algumas resenhas de livros assim que pelo menos mostram que tem uma história por trás e a parte erótica é um a mais. No caso desse, parece se resumir a isso e ponto. Entendo sua decepção.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  7. Oi Alê,
    Nossa Doze livros? Será que vão publicar todos? O.o
    Eu acabei ficando curiosa pelo burburinho mesmo e lendo sua resenha, dá pra ver que é aquele erótico só ok mesmo

    até mais :*
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  8. Nunca li esse livro, Ale. E confesso que nunca me interessei.
    Realmente uma estória que resume em apenas sexo é decepcionante.
    Infelizmente esse gênero de livro atrai bastante público.
    Tenho certeza que teria a mesma decepção que você

    pluguebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Eu já não curto esse estilo literário, agora é que eu não leio mesmo rs
    Uma pena, como você disse, a premissa não é de todo ruim, só precisava ser melhor desenvolvida.
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas - Participe do nosso SORTEIO do ANIME FRIENDS <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Tinha tudo para ser uma excelente drama, mas não foi.

      Excluir
  10. Oi Ale!

    Eu li e gostei, achei a Mia super sem frescura e sem mimimi. Acho que se vender e transar porque quer são coisas diferentes, acho que foi o que aconteceu em Janeiro. Fevereiro eu ainda não li. Como eu acho 50 tons de cinzas super raso, eu li A garota do calendário com a mesma expectativa, vai ver que por isso eu curti.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não julgo ela fazer porque quer, apenas acho que para alguém que falava que não iria fazer, ela mudou de ideia rápido demais. E as circunstâncias eram como se ela se vendesse sim. Mas quero saber sua opinião após fevereiro!!!

      Excluir
    2. Bem, pois é, em janeiro ela não ganhou nada, transou pq quis e não recebeu nada, agora fevereiro eu ainda não sei rsrsrsrsr

      Excluir
    3. Vão abordar esse assunto. E ela tem uma atitude específica, que talvez faça você não concordar comigo. HAHAHHA mas mesmo assim estou ansiosa para saber o que você achou!

      Excluir
  11. Já eu tenho dificuldade de entender o sucesso de 50 Tons, apesar de gostar muito do livro acho ele raso como um prato de sopa e muito comum, acho que li uns 50 livros com protagonistas semelhantes ao Gray em meus romances de banca. A parte isso espero o mesmo de A garota do calendário, um livro que distraia... não estou numa vibe em busca de profundidade... nem sei quando vou ler pq atualmente estou lendo mais romance histórico.

    #DoQueEuLeio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu até gosto de 50 tons pelo drama psicológico do Grey, mas esse é mais vazio ainda!

      Excluir
  12. Olá Alê, tudo bem?

    Eu gostei do primeiro livro, não vou dizer que é uma leitura obrigatória e que todos deveriam ler. Acho que essa série não é aquela que muda a vida das pessoas sabe. Acho que para os amantes do gênero vale a pena dar uma conferida. Confesso que estou curiosa pelos próximos volumes, mas se eu ver que só se resume a isso mesmo que você falou, relações sexuais, não sei se irei continuar com a série.

    Gostei da sua abordagem!
    Beijos,
    https://queremosmaislivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Quando ler o segundo, me conta o que achou? Estou me sentindo sozinha nesse mundo, só eu não gostei! HAHAHA

      Excluir
  13. Eu já tive muita curiosidade de ler os livros, até porque curto bastante livros assim. Além disso, a capa é linda e chama bastante a nossa atenção, né. Tenho certeza que é uma série e tanto!

    Beijo <3,
    www.leitorasvorazes.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então boa sorte, rs. Eu já desisti de acompanhar os 12 livros. :(

      Excluir
  14. Poxa, as capas são tão lindas, uma pena que o livro seja tão superficial assim!
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
  15. ooi!
    Não paro de ver comentários super positivos sobre essa nova série que têm agradado a tantos, estou curiosa pra ler e espero gosta também! bjs xxx
    lendocomela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que goste, porque parece que sou a única que não gostou.

      Excluir
  16. Yey Alê!
    12 livros com a mesma pegada? E ainda por cima uma pegada ruim! Te uma diferença gritante apenas lendo o que você escreveu, entre o 50 tons e essa série de livros. Esse em particular parece muito com um especie de conto erotico com varias paginas, enquanto o da E.L se preocupa em oferecer uma narrativa de verdade, detalhar psicologico dos personagens, lugares, etc, etc. Mas sei la foi uma impressão e eu posso estar errado.
    De uma passada lá no blog da Pâm, no post da nova coluna dela, eu começei uma discussão nossa lá
    bjos LP
    quatroselos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser LP, mas foi decepcionante! Vou lá ler sim ;)

      Excluir
  17. Oie,
    ainda não li o livro pelos motivos que você comentou. Não acho que deve ser nada de mais.
    Não parece ser nada fabuloso.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oiii!

    Alê, eu não tenho muita curiosidade em relação a essa obra. Inclusive, fiquei muito feliz em ver que recebi outra obra nesta ação.
    Desse estilo, só gostei de 50 tons por ter sido o primeiro do genero e tals. Achei sua pontuação bem condizente. Não fiquei curiosa e acho que os livros poderiam ser um unico ou dois né?

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No máximo, dois. Mas ainda aposto em um só.

      Excluir
  19. Eu não conhecia esse livro, mas as capas são realmente belíssimas! O enredo até que é um pouco interessante, eu poderia dar uma chance pra essa obra um dia.
    Mil Beijos!
    https://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem? Todos estão falando muito bem desses dois primeiros livros, e eu até tinha ficado interessada na estória "base" da série, mas eu pensava que tinha mais estória mesmo, e não só sexo. Obrigada pela resenha, pelo menos alguém foi sincera, falando que os livros se tratam apenas disso mesmo. Arrasou!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  21. Oi Ale, tudo bem?
    Taí um livro que não dedico minha atenção.
    Não gosto de histórias superficiais e muito menos de personagens incoerentes. Sexo por sexo já tem muito livro por aí. :/
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que é verdade Priih... O que mais tem hoje em dia...

      Excluir
  22. Oi, Ale!
    Eu sabia que havia algo de errado nesse livro. Estava todo mundo falando somente maravilhas hahahha
    Quando vi que ia ser lançado aqui, dei uma pesquisada sobre essa série e já desisti só por saber que são 12. Depois, eu vi o número de páginas e achei que era mais fácil condensar tudo em uns 4 sei la...
    Tipo, eu achei bem legal essa premissa da autora, mas, por sua resenha, eu acho que ela deveria ter explorado mais essa profissão porque nem toda acompanhante de luxo acaba fazendo sexo com seu cliente.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do blog Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A premissa é ótima mesmo Luiza, mas ela não soube aproveitar.

      Excluir
  23. Deus do céu. Tô ouvindo tanta gente falando desse livro, que tá até difícil "fugir" hahaha
    Blog.
    Facebook.

    ResponderExcluir
  24. Que-péssimo. Depois de 50 tons de cinza, eu não tinha esperanças com essa série de livros. Já imaginava que ia ser um hot bem pesado, mas se não tem nem uma base pra sustentar a história, perde toda a graça. E olha que esse é um assunto não muito comum em livros, a autora tinha um bom material pra abordar além do sexo.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, iria ser um ótimo drama. Até porque, não acho que a autora escreva mal, só precisava de mais sentimento.

      Excluir
  25. Oi
    que pena que não gostou dos livros, realmente só estava lendo comentários positivos, foi bom ler uma opinião diferente, as capas são lindas e agora fiquei com um pé atrás com os livros.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dê uma chance, mas não estou nem na dúvida: eu não gostei MESMO.

      Excluir
  26. Olá, Alê.
    Estou com os livros em casa, também os recebi em uma iniciativa da Record, mas ainda não os li. Contudo, confesso que fiquei com um pé atrás com os pontos apresentados.
    Espero gostar mais da obra do que você.
    Assim que ler, publico a resenha e te conto o que achei.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de junho. Serão quatro livros e dois vencedores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. POR FAVOR, quero saber sua opinião Marcos. Você sempre lê livros inteligentes! hahaha

      Excluir
  27. hahahaha
    realmente... 1/5 eu daria 1/10 hahaah
    Na verdade eu nem achei ruim o lance todo, só que a ideia é interessante porem mal escrita.
    Beijos
    Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até que enfim alguém que concorda comigo! Obrigada Deus!

      Excluir
  28. Olá!
    Eu tenho bastante vontade de ler essa série, mas confesso que já li muitas opiniões parecidas com sua.
    Acho as capas lindas e gostei da divisão em 12 meses - só espero que os volumes não sejam grossos rsrsrs

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério??? Eu só vejo elogios, achei que estava sozinha no mundo, rs. Não são grossos, são cerca de 110 páginas cada um.

      Excluir
  29. Oi Ale,
    Confesso que não costumo ler tantos New Adults, e desde toda essa divulgação que a editora fez, a gente meio que fica curiosa para ler a história.
    Provavelmente eu vou pegar o primeiro livro para ver o que acho.
    Uma pena que não foi bom para você.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você não é acostumada a ler esse gênero, bem provável que não goste, Jessica. Mas de uma chance sim.

      Excluir
  30. Oi Ale, sua linda, tudo bem?
    Sabe, eu sou muito romântica, quando eu comecei a ler as resenhas elogiando essa série, eu comentei em todas elas que eu achei que ficaria desconfortável, pois ela ficaria com um cliente em cada mês e se já se apaixonou no primeiro livro, como se envolveria com os outros? Sua opinião só me dá a certeza de que esse livro não é para mim. Gostei muito da sua sinceridade. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Cila! Realmente um homem por mês, não é amor e nem paixão. É luxuria, mas claro... Isso é nossa opinião. Tem pessoas que gostaram da obra.

      Excluir
  31. Adorei a sinceridade da sua resenha. Nos foi passado como um fenômeno editorial, mas eu já tinha minhas suspeitas que seriam superficiais, pois, são 12 livros, tá na cara que é pra vender né?
    Mesmo qdo leio um romance erótico (e eu gosto do gênero) gosto de uma boa ambientação, de um dramazinho, um pouco de profundidade no enredo.
    Essa série me lembrou de outra: Cretino Irresistível, tb superficial, estórias curtas que não me seguraram por mto tempo.
    Valeu a dica.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom saber Neli. Vou passar longe dessa série!

      Excluir
  32. Oi Ale! Eu já imaginava que a história seguiria essa linha, por isso fico só na curiosidade mesmo, rs. Mas não posso negar que quando ouvi a proposta do livro na primeira vez achei que poderia dar algo interessante...
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Premissa é algo em diferente né? Uma pena que não inovou!

      Excluir
  33. Oi Ale! Tudo bem?
    Também recebi esses livros pela iniciativa do GER e estou com muito receio em ler. Tenho visto tantos comentários positivos sobre eles que até pensei que eu é que sou a pessoa estranha em não me interessar pela premissa.
    Gostei da sua resenha sincera e de seu olhar crítico sobre o tema. Já estava com o mesmo pensamento que o seu antes de ler (só pelo que já tenho visto nas resenhas) agora então...
    Enfim, a editora é muito querida e vou ler e resenhar porque tenho um compromisso com o blog, mas estou com muito pé atrás. Vamos ver..
    Beijos

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Bárbara, temos que dar nossa opinião sincera. Admiro muito o trabalho da Record e sei que eles deram o melhor deles nesse livro, mas a autora pisou feio na bola. Obrigada pelo comentário!

      Excluir