domingo, 2 de abril de 2017

Evento: Mulheres da Literatura

Olá amores!

Ontem, o 'Estante da Ale' esteve no primeiro evento "Mulheres da Literatura" que aconteceu na Livraria Saraiva do Shopping Pátio Paulista. Tivemos várias discussões interessantes sobre o posicionamento da mulher e como os leitores reagem a um livro escrito por elas.


Alguns dos pontos abordados foram de extrema importância e eu acho muito válido trazer um pouco do que discutimos para vocês. Afinal, muitas coisas precisam ser desmistificadas e as autoras presentes (Larissa Siriani, Denise Flaibam, Claudia Lemes, Mari Scotti, Fabi Zambelli e Keila Gon) trataram todos os assuntos de uma forma muito verdadeira.


Eu já quero logo destacar sobre como o leitor tem um pré-conceito sobre literatura feita por mulheres. Presume-se que o foco será o romance e o sexo. Há uma grande rejeição em livros fantásticos e policiais com autoras e como exemplo disso podemos pensar nos grandes clássicos, a maioria escrito por homens, citando apenas dois: Tolkien e George R. R. Martin. Já no gênero policial, temos a exceção Ágatha Cristie, mas só! Para cada 1 mulher, lembramos de 10 homens.

Ou até mesmo a questão de usar pseudônimos. Por que Nora Roberts teve que usar J. D. Robb? Ou quer algo mais explícito? Por que J. K. Rowling não deixou o Joanne aparecer? Porque vender livros como homens é mais fácil. E claro que nesses livros escritos por eles também tem romances e sexo, todos os livros possuem relação interpessoal, faz parte do ser humano se apaixonar, o grande problema é que o leitor associa romance à mulheres. 


E não adianta negar, muito desse preconceito está embutido na sociedade, então nem percebemos que boicotamos alguns livros excelentes por conta dessa pré-concepção de que os homens clássicos são os melhores. Uma autora que me surpreendeu muito, foi a Cláudia Lemes. Eu não a conhecia, porém fiquei encantada com a forma em que ela se posicionou e defendeu seus thrillers. Uma frase específica dela mexeu comigo... Estávamos discutindo o fato de personagens se entregarem cedo demais e um leitor/editor (não me lembro bem quem) reclamou sobre isso. E ela disse em alto e bom som: o livro não é sobre você, faz total sentido aqueles personagens se entregarem naquele momento!

BUM! Algo explodiu na minha cabeça e fez total sentido! Eu pensei em como tudo que lemos projetamos na nossa vida. Como se fossemos nós aqueles heróis/heroínas. Nem sempre isso é benéfico, precisamos aceitar que os personagens tem aquelas atitudes, porque existem pessoas que tomam aquelas atitudes. E muitas vezes, elas também precisam se identificar, elas podem precisar de ajuda. Lembro também que a Claudia citou o fato de que quando você mostra alguma coisa é muito melhor do que apenas citar. Uma frase passa despercebido, uma atitude não. É mais fácil do leitor identificar os erros ao colocá-los no meio de uma situação cotidiana. Ainda mais atualmente, uma sociedade que não aceita muito bem a discussão sobre o feminismo.

Infelizmente, eu não consegui tirar uma foto com a Claudia, porque eu precisava ir embora, porém hoje, antes de vir escrever sobre o evento, fui pesquisar mais sobre o canal do youtube dela e os livros que ela escreveu ("Eu Vejo Kate" e "Um Martini com o Diabo"). Deixo aqui para vocês também assistirem, vale muito a pena, é um trabalho muito interessante sobre Serial Killers e como não romantizá-los:


Outros pontos discutidos foram a força e embasamento para as histórias criadas, como os livros nacionais são "obrigados" a usarem nomes nacionais ou ocorrerem no Brasil. Vale destacar que a Keila levantou a bandeira da globalização literária, nada precisa ser restrito, ler e escrever é algo criativo, não precisamos ficar presos à rótulos. 

Além disso tudo, acho que trocamos muitas dicas! Minha lista de leituras desejadas aumentou consideravelmente, rs. Já quero tooodos os livros da Keila e da Denise. Os da Mari eu sempre trago resenhas para vocês, né? Ela é nossa parceira aqui no 'Estante'. Porém, antes de mais nada, eu PRECISO dizer o quanto eu admiro a Larissa Siriani. Eu fui tão bem recebida por ela!!! Já nos conhecíamos da Bienal de São Paulo, mas a alegria e naturalidade dela contagiam. Vale dizer que também é a autora que eu mais me identifico. Eu adoro o modo como ela se expressa e o livro, "Amor Plus Size" (resenha AQUI!) me conquistou. Caso você não se lembre, foi uma das melhores leituras de 2016 e ainda prometo trazer esse ano as resenhas da série de "Bruxas de Oxford"!


Ah! Antes de eu ir para o evento, estava conversando com a Pâmela do Interrupted Dreamer e ela me disse: Ale, você precisa conhecer a Fabi Zambelli, ela é ótima! E como indicação da Pâm nunca decepciona, tenho orgulho de dizer que eu ganhei no sorteio: um colarzinho e o livro "Conto de Dragões"!!! A Fabi é um amor de pessoa, super atenciosa e carinhosa. Estou louca para iniciar a leitura e vou trazer tudinho para vocês!!!! 



Já deu para perceber que incrível foi esse evento? Onde aperta para ter segunda edição? Contem comigo lá! Amei demais a experiência, o bate papo super divertido e descontraído, cheeeeeeeio de polêmicas e risadas. Espero poder trazer resenhas em breve para complementar esse post da melhor maneira possível. E bora prestigiar a literatura nacional! 

#MulheresDaLiteratura

- Alessandra Salvia

34 comentários:

  1. Oi Ale! Que evento com tema relevante, estou aqui refletindo bastante. Ontem passei a tarde na Paulista, se soubesse deste encontro teria passado lá e até conhecido você. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deveria ter aparecido mesmo, Cida. Você ia adorar, foi ótimo!

      Excluir
  2. Oi Ale! Tudo bom?
    QUE POST MARAVILHOSOOOOOOOOO <3
    Muito obrigada por ter comparecido ao evento, flor. Como dissemos e como você disse, é muito importante falar sobre as mulheres da literatura, desconstruir lentamente cada pequena problemática enraizada nos leitores, inclusive na gente. Eu fiquei muito orgulhosa de estar naquela mesa de bate-papo e ainda mais por ver vocês engajadas junto com a gente! Obrigada pela presença e pelo apoio. Vou falar desse evento pra sempre <3

    Beijos,
    Denise Flaibam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denise, eu que agradeço por você ter organizado tudo com tanto amor. Saiba que o 'Estante' estará presente nas próximas edições. <3

      Excluir
  3. Oi, Ale!
    Eu queria tanto que tivessem eventos assim na minha cidade. Geralmente só acontecem em Recife e eu quase nunca vou à capital. :/
    O evento deve ter sido lindo mesmo. E eu entendi perfeitamente cada ponto que você colocou. Eu amo livros escrito por mulheres, mas já ouvi diversos comentários preconceituosos e que usavam os argumentos que você colocou no corpo do post. É bem real isso, infelizmente.
    Espero que esse evento circule por todo país.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico bem feliz que você apoie a literatura das mulheres, vamos torcer para mais eventos na sua cidade!!!

      Excluir
  4. Oi Ale, sua linda, tudo bem??
    Nossa, deve ter sido SENSACIONAL!
    Ainda mais por serem mulheres, isso aiiii, girl power sempre!!
    Imagino sua felicidade e vontade de voltar kkkkk
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale! Não queria que acabasse Hahaha estava tão divertido! Hahaha

      Excluir
  5. Oi, Ale!
    Nossa, deve ter sido um evento e tanto! Que invejinha >< Mas esse mês de março, no clube do livro que participo, o tema foi empoderamento feminino e foi linda a discussão <3
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma bandeira que precisa ser levantada mesmo!

      Excluir

  6. Minha queridonaaaaaaaaaaa <3
    Nossa Ale! Sabe que essa do pseudonimo eu não tinha pensado? HAHAHA
    Nossa, essa da Claudia é pra se pensar mesmo, viu...
    Aleee que demais!! Adorei, a discussão parece ter sido ótima para abrir nossos olhos para outras coisas que as vezes não percebemos também, não é verdade?
    Vou colocar voce e a Fabi num potinho, muito amores vocês <3
    A gennte vive falando sobre isso,né? As pessoas confundem o feminismo também, confesso que fazia parte dessa parcela que confundia femismo com feminismo, mas agora não confundo mais e acho importante que tenha sim! Temos que nos valorizar (ai Bê fazendo efeito HEHEHE)
    Eu vou querer ir num segundo encontro SIMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM POR FAVOR MOÇAAAAAA!!!

    beijocas
    AMEI O POST!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou torcer para estarmos juntas no próximo <3

      Excluir
  7. Oi Ale, tudo bem?
    Que evento legal! Gostei muito de saber mais sobre ele.
    Não sei se concordo 100% com o argumento dos personagens fazerem determinadas coisas porque eles sentem a necessidade e são feitos pra determinadas pessoas se identificarem... eu ainda acho que tem uma certa falha no desenvolvimento no processo.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que faz sentido quando você se identifica com aquele personagem. Mas nem sempre tudo precisa ser como queremos. Então, entendo o que a Claudia quis dizer!

      Excluir
  8. Só pelo pouco que você conto, já imagino o quanto foi bom o evento.
    Por mais evento assim \o
    Beijos
    https://recolhendopalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi! A proposta do evento foi maravilhosa. Adoraria participar algum dia. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Amei a postagem! Não tive como ir no evento, pois moro bem longe, haha, mas adorei que você trouxe um pouquinho aqui pra gente! <3

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  11. Oi Ale, eu teria amado participar desse evento, principalmente por super admirar as escritoras presentes. Obrigada por dividir um pouco de como ele foi com a gente :D! Realmente, precisamos pensar sobre as mulheres na literatura.

    Te convido para participar do Top Comentarista no blog, valendo o livro Ninfeias Negras, tá super fácil e o livro é muito legal: http://petalasdeliberdade.blogspot.com/2017/04/top-comentarista-de-abril-valendo-o.html .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre que puder, trago essas novidades a vocês!

      Excluir
  12. Oi, Alê. Não conhecia o projeto mas fiquei muito animada com ele. Acho que o empoderamento feminino tem feito com que nós começássemos a pensar realmente no papel da mulher na sociedade, e como isso se reflete na literatura. Eu adoraria ter participado, pena que moro há uns mil quilômetro daí. Espero que tenha alguem vento assim na cidade.
    Beijos, Miriã Caetano
    Blog Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos torcer para ter. Acho muito importante sempre divulgarmos o feminismo.

      Excluir
  13. Olá, Ale.
    Que vontade de estar lá também. Pena que moro longe hehe. A Denise é fantástica, estou lendo um livro dela no momento e amando. A Claudia me surpreendeu com Eu vejo Kate, é ótimo. Engraçado que meus livros favoritos são de mulheres hehe. Inclusive minha autora favorita é a Agatha. Mas é inegável que existe esse preconceito sim, em primeiro lugar por parte da editoras que querem classificar os gêneros dos livros entre homens e mulheres.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou correr para ler Denise e Claudia! Meus livros favoritos também são de mulheres hahaha

      Excluir
  14. Oi, Ale!!

    Muito interessante esse assunto. Claro que não há como mudar da noite para o dia, mas com o tempo as pessoas vão absorvendo isso. Existem muitas mulheres talentosas, e JK Rowling é um dos maiores exemplos <3 Sou apaixonada por livros, não costumo rotular o gênero do autor. Enfim, adorei o post. Queria ir nesses eventos em SP. Amooo! Beijos,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esperamos que sim, por isso acho válido sempre levantarmos a bandeira da igualdade/feminismo.

      Excluir
  15. Aleeeeee, que delicia!!!! Ver mulheres divando em lugares TÃO sonhados por todos, é incrível!
    https://grandemetamorphose.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Aleeeee!!! LINDONAAAAAAAAAAAAAAA!!!

    Muitooooo obrigada por ter ido nos prestigiar! Estou tão feliz que tenha gostado! =D
    As garotas mandam MUITO bem, não é? Quero repeteco hhahahahaha

    E espero que goste da leitura! <3
    Beijões

    ResponderExcluir
  17. Queria tanto ir nesse evento caprichado, mas não moro em SP HAHAH
    A Claúdia Lemes parece ser uma baita autora msm, ela tem tbm um romance de época que esqueci o nome, mas vc pode pesquisar.
    Post arrasador Ale!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério?? Ela nem comentou nada!!!! Vou pesquisar.

      Excluir