domingo, 8 de outubro de 2017

Livro: "O Problema do Para Sempre"

Olá amores!

Como vocês estão? Hoje, a dica é de um lançamento que me conquistou pela capa e título logo a primeira vista: "O Problema do Para Sempre" é da autora Jennifer L. Armentrout e foi publicado recentemente pela Editora Galera Record.


Sabe aquele livro que você acredita que precisa ter mais destaque? Aquela obra que conquistou seu coração e mudou vários dos seus pensamentos? É essa. O mundo precisa conhecer "O Problema do Para Sempre".

Para quem não sabe, a história é sobre Mallory, uma garota que sofreu muitos traumas na infância e hoje, após ser adotada por pais amorosos, ela precisa lidar com as consequências que a antiga família adotiva deixou. Até que o retorno de Rider (o ex-melhor amigo e protetor) a sua vida torna tudo mais fácil... Ou não...



O mais engraçado de tudo é que o livro pode ser extremamente clichê, porém eu não consigo classificá-lo desta forma. A abordagem dos temas faz total diferença! A intensidade e o drama são envolventes do começo ao fim e te fazem refletir que poderia sim ser uma história real! É impressionante, eu sei, triste, extremamente triste, mas é verdade. Existem muitas Mallory's por aí e que precisam de ajuda.

A protagonista é muito sensível e complexa. Mallory tem problemas e por mais que você queira ficar com raiva por algumas atitudes que ela tem, é possível identificar o quanto os episódios da infância a marcaram e isso justifica tudo. O que é uma pena. 😔


Conversando com minha mãe sobre a obra, eu fiquei pensando até que ponto é spoiler e confesso que não descobrimos a reposta, rs. Mas acredito que seja necessário você entender o quanto essa história mexeu comigo. Porém, eu não estou contando nem metade do que acontece e não, não contarei o final.

O problema do para sempre é que ele não existe e o mais incrível disso tudo é que Mallory aprende a beleza de nada ser eterno. A mudança existe na nossa vida, existe na vida de todos. NADA é para sempre, mas o livro não aborda isso como um romance normal abordaria. Pensa comigo... Seria triste descobrir que a história de amor entre Mallory e Rider não existe até o fim dos dias, certo? Errado. Porque o 'para sempre' significa que nada pode mudar, inclusive mudar para melhor. Pessoal... Isso fez TANTO sentido para mim, que sempre disse 'eu acredito no para sempre'. NÃO. NÃO. NÃO. Pára tudo que está errado! O 'para sempre' não existe porque as coisas podem se tornar melhores sim! E se tornarem piores também, claro. Mas é a graça da vida. Vamos deixar que o destino nos surpreenda, vamos estar dispostos a aprender cada dia mais e tornar tudo um grande ciclo da felicidade.

O livro mostra que as dores não duram para sempre. Existem acidentes, existem escolhas erradas que trazem consequências trágicas. Sim. Essa é a vida. Então, da mesma maneira que essa dor vem, ela pode ir embora. Geeente, que livro intenso! Que livro lindo! De coração, vocês precisam ler!



É uma obra extensa, mas não é difícil. É um new adult muito bem escrito e envolvente. A Galera Record arrasou na edição, estou apaixonada pela capa e simplesmente digo: vale MUITO a pena!

P.S.: Editora Galera Record, faça mais divulgação da obra, porque ela é maravilhosa demais para ficar escondida nas livrarias. ;) QUERO STORIES DA ANA ROSA FALANDO DO LIVRO SIM! 

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Favorito!

- Alessandra Salvia

46 comentários:

  1. Oi, Alê!
    Menina, eu não queria muito ler esse livro, mas depois dessa resenha, vou colocar na lista de leitura.
    Realmente o problema do para sempre é que ele realmente não existe. Quanto mais cedo aceitarmos, melhor aproveitamos a vida.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe das promoções em andamento e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro quando dou uma nova visão sobre os livros, rs.

      Excluir
  2. Oi Ale! Eu adoro a autora, mas havia visto uma crítica tão negativa do livro que fiquei receosa. Mas agora você me devolveu o meu ânimo e quero muito ler.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. Oi Ale, tudo bem?
    New adults não me chamam muito a atenção. =(
    Parece que são todos histórias de casais no qual pelo menos um deles têm traumas no passado.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso: eu adoro um trauma do passado! HAHAHAH

      Excluir
  4. Oiii Ale

    Eu amei esse livro. Gerlamente gosto muito de tudo o que essa autora escreve mas nesse livro achei que ela foi ótima, por saber colocar o leitor pra sentir um pouco como seus personagens sentem, os dois protagonistas estão tão bem delineados que a gente sente a dor deles, os traumas, receios. As lembranças da Mallory com respeito à infancia logo no começo são de romper o coração em mil...

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, uma criança passar pelo que ela passou... Nossa!

      Excluir
  5. Eu também me apaixonei por essa capa e por esse título desde que o vi no site da editora, mas com certeza, quero mais ainda lê-lo depois da sua resenha.
    Não sei o porquê, mas eu gosto de história mais tristes porque elas trazem mais realidade. Trazem mais verdade.
    Sempre pensei isso do para sempre, ele não é realmente para sempre porque as coisas mudam, a vida é feita de mudanças. Acho que as peças de Shakespeare, por mais trágicas que fossem, traziam um pouco disso, nada é para sempre, mas é melhor que seja infinito enquanto dure do que algo irreal.
    Amei sua resenha e com certeza, preciso desse livro.
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, amo uma história triste. E esse comentário foi totalmente lindo.

      Excluir
  6. Oi flor! Tudo bom?
    Eu não tinha procurado muito a respeito do livro e agora tô arrependida. Parece maravilhoso! Gosto bastante de obras que, apesar de ter uma temática 'clichê', conseguem desenvolver toda a história de modo a tornar tudo original. E um clichê de vez em quando sempre é bom, né?
    Gostei muito da premissa. Sua resenha ficou ótima!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, Ale! Tudo bem? Só eu que achei essa capa idêntica a "A Mais Pura Verdade"? Mas enfim, o livro não faz o meu estilo, mas fico feliz de saber que você curtiu a leitura! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, sou suspeita, amei esse estilo de 'giz' dela!

      Excluir
  8. Oi
    que bom que gostou, primeira resenha que vejo dele, e eu quero muito ler, inclusive solicitei de parceria em agosto, mas até agora nem sinal das solicitação. Eu já li um livro da autora e gostei.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi amor a primeira vista quando vi essa obra, rs.

      Excluir
  9. Oi Alê! Realmente é um livro que precisa de mais divulgação porque eu não conhecia! E concordo com vc em relação ao clichê, a abordagem faz toda a diferença. Por tudo que vc comentou fiquei curiosa com o livro, vou adicionar na lista de leituras.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia o livro, mas já gostei da capa.
    A história me chamou atenção, gostei bastante de sua resenha e das emoções que sentiu ao ler o livro. Dica anotada.
    Beijos
    https://recolhendopalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oie Alê =)

    Não conhecia o livro, mas já sei que preciso ler ele. Adoro quando um autor consegue trabalhar bem o clichê. E pelo visto é exatamente o que acontece aqui.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  12. Gostei da resenha Alê. Já li um livro dessa autora e ela manda super bem. Achei a temática bem interessante e acredito que deva ser um livro impactante. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  13. Eu não conhecia esse livro, mas eu fiquei encantada com esse enredo e a sua empolgação na resenha me deixou com muita vontade de ler essa história.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2017/10/dua-lipa.html

    ResponderExcluir
  14. Oie
    Parece ser um enredo intenso mesmo, eu não conhecia a premissa dele e agora fiquei interessada. Gostei de sua resenha, deu pra sentir que a história marcou você.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Ale,

    Não conhecia o livro.
    Mas realmente, há estórias que os autores desenvolvem tão bem que, mesmo sendo clichê, a gente não se importa.
    Mas como o livro não faz muito meu estilo, não sei se leria.

    Abraço,
    Alê
    Alem da Contracapa

    Não deixe de participar da Promoção de Aniversário do blog, serão 23 prêmios para 12 vencedores.

    ResponderExcluir
  16. Realmente essa obra precisa de mais divulgação porque eu nunca tinha ouvido falar dela e achei o conteúdo muito emocionante! Quero leeer!!!
    hahaha

    ps: tava com saudade de comentar aqui hihihi :3
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá, Ale.
    A Record lança tantos livros por mês que não dá nem para divulgar todos hehe. Eu não sou tão fã do gênero, por isso acho que não leria ele. Mas que bom que gostou tanto e mexeu tanto com você. Eu já li outros livros da autora e gosto bastante da escrita dela.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! HAHAHA São caros, mas eu os amo! HAHAHA

      Excluir
  18. Oi, Ale

    Já chegou a rolar divulgação dele no stories há algum tempo, a Rafa falou sobre ele e me ganhou ao falar que fãs da Colleen Hoover vão amar! Já quero e tô esperando uma promoção!

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tem uma pegada forte de Colleen Hoover, Tami!

      Excluir
  19. Oi Alê,
    Já tinha visto esse livro pela Amazon, assim como outros da autora, estou bem curiosa pra lê-lo. Gostei da capa!

    tenha uma ótima semana =D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou apaixonada por essa capa com o estilo giz.

      Excluir
  20. Que legal, Ale. Ainda não conhecia mas me interessei em ler. Bj

    www.mayaravieira.com.br

    ResponderExcluir
  21. OOi adorei a resenha, ainda não conhecia o livro, mas fiquei bem curiosa com o enredo.
    Adorei o blog, já estou seguindo.
    beijos ótima semana
    bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Aleee, toda vez que vc faz uma resenha de livro dessas minha lista cresce! hahah
    Confesso que vi esse livro por aí mas a capa n me chamou atenção e nem parei pra olhar do que se tratava... Agora eu já sei *-*
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir