domingo, 1 de outubro de 2017

Livro: "Sonata em Punk Rock"

Olá amores!

Falar sobre livros nacionais está se tornando cada vez mais prazeroso. O contato que temos com os autores e a realidade que eles nos trazem é algo tão envolvente que me faz querer emendar uma leitura na outra. Com isso, hoje eu trago a vocês a resenha de "Sonata em Punk Rock" da Babi Dewet, publicado pela Editora Gutenberg.


A história é sobre Valentina, ou simplesmente Tim, uma garota que ama música e quer estudar no conservatório mais importante do país, que também pode ser conhecido como a 'Cidade da Música'. O grande problema é que Tim e sua mãe não possuem condições financeiras suficientes para pagar o tão sonhado curso. E é quando elas menos esperam que o pai de Tim (que as abandonou há muitos anos atrás) retorna, querendo se 'redimir' e para isso se oferece para pagar os estudos da filha.

Chegando lá, Tim descobre que nem todos os amantes de música são pessoas incríveis. Há muita diversidade e preconceito para com aqueles que não gostam de música clássica e é nesse cenário que nossa protagonista precisa se adaptar, afinal, ela foge totalmente dos padrões!


É exatamente por isso que vocês vão amaaaar a Tim!!!! Ela é super sincera, inteligente e forte. Em momento algum ela finge ser algo que não é só para ser aceita, muito pelo contrário... Ela é uma garota que ama rock e quer se tornar uma musicista famosa. Danem-se os outros! Quando Tim faz amigos, percebemos o quanto aquela amizade é verdadeira. Até o ritmo de leitura se torna animado quando vemos a naturalidade com que os personagem se relacionam

Tudo é real, o enredo nos mostra que não tem problema em você ser o que quer ser. Mostra também o quanto ser diferente pode ser maravilhoso

Ah, eu preciso ressaltar uma coisa muito bacana que a Babi faz em seus livros. E eu sinceramente, não sei como ela faz isso... Ela marca a obra com uma cena específica. Há várias temáticas e morais sendo aprendidas durante a leitura, porém sempre há uma cena, uma fala específica que me dá aquele 'tapa na cara' e me faz pensar: 'meu Deus, como isso é fascinante!'. Lembro que falei com vocês sobre isso no conto da Turma da Mônica e novamente isso acontece. Não quero dar spoilers, mas caso você queira saber é só selecionar a frase a seguir: "O fato de você não ficar triste pelo seu amor ter que ir embora, não significa a falta de sentimento, mas sim que seu amor é tão grande que você só quer a felicidade do seu companheiro". Muito maduro e reflexivo, né?


pesquisa feita pela Babi Dewet é algo que merece reconhecimento também. A 'Cidade da Música' é rica em detalhes e em explicações, ela realmente poderia existir na vida real! A escrita é gostosa, fluída... Como um filme! Aliás, quero fazer um paralelo que pode não ter muita lógica para vocês, mas para mim, essa história tem um tom de "10 Coisas Que Eu Odeio Em Você", sabe? Aquele filme clássico que é um dos meus favoritos ♥! Não sei explicar, não tem quase nada parecido, mas no meu coração elas se interligam diretamente, rs. Caso você tenha lido, talvez me entenda, rs.

E claro que não posso finalizar a resenha sem falar do Kim, o pianista mais famoso do conservatório. O fato dele ser um personagem complexo, cheio de dramas familiares/pessoais é algo que nos intriga. Ele não é apaixonante logo de cara e o fato da Tim lhe dar chances para se redimir, é o que nos faz 'entendê-lo'. A Tim nos faz gostar dele, ela consegue expor esse lado mais 'sociável e amável' do coreano. 


E isso me leva a falar sobre outra coisa que talvez seja um pré-conceito dos leitores, já que muitos preferem não ler a obra por não serem fãs da cultura K-Pop. Então lá vai um aviso: pessoas, coreano é apenas a etnia do personagem! Não é um livro que expõe a cultura ou aborda o K-Pop como outros livros da Babi. Dá para você se jogar sim nele, mesmo não entendendo nada de K-Pop como eu, é um romance super dinâmico e universal, você vai se surpreender! Prometo até que vai ficar na vontade de uma continuação, rs.

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Quero maaaaaais!

- Alessandra Salvia

37 comentários:

  1. Oi, Ale!
    Eu tenho uma amiga que amou esse livro.
    Nunca li nada da Babi mas vejo que suas histórias sempre tem comentários positivos. Quem sabe não mudo isso com esse livro?
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe das promoções em andamento e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  2. Olá, Ale.
    Eu sempre vejo resenhas positivas desse livro. Mas ainda não tinha visto falar sobre abordar o K-pop. Tenho curiosidade para conhecer a escrita da autora e isso da escola do musica me faz ter mais vontade de ler o livro. Se der eu vou ler ele.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O K-Pop nesse livro é muito sutil, quase não aparece.

      Excluir
  3. Gostei da resenha Alê. Parece ser um livro cativante e encantador! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  4. Olá Alê
    Que resenha maravilhosa, já vai para minha lista dos desejados.
    Gosto de livros que inserem esse universo musical, os songbooks tem a capacidade de conectar os personagens com os leitores e criar laços.
    Já estou curiosa para saber mais da Tim pela sua personalidade singular.
    Siiiiim literatura nacional em excelente fase.
    E a Babi é dessas pessoas que a gente tem vontade de colocar num potinho, muitoooooo amorzinhooooooo ela!
    Excelente semana pra ti Alê
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Sempre que vejo esse livro quero comprar, mas acabo comprando outros na frente ahahahah, mas ele ainda está na minha lista de desejos e ainda vou ler <3

    ResponderExcluir
  6. Oiii Alê

    Fico muito feliz em saber o quanto vc amou o livro, a capa é linda demais, achei um mimo. A autora tem jeito de ser tão simpática também, interessante saber que aborda um pouco do K pop.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não nesse livro, K-Pop é mais o foco dos outros livros da autora.

      Excluir
  7. Oi Ale...
    Eu sempre li um livro ou outro de autores nacionais, porém desde o ano passado tive o prazer de ler vários livros nacionais e ser apresentada a vários autores brilhantes.
    Infelizmente nunca li nada da autora, mas garanto que não é por falta de vontade.
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Ale.Tudo bem?
    Eu li esse livro em Junho. Demorou um pouco para me preender, mas aoa poucoa foi me ganhando.
    Engraçado você falar de "10 coisas que eu odeio em você" porque imaginei a Tim como a atriz que intrepeta a Cathie 😆

    Ame a resenha Ale

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Alê! Faz tempo que quero ler esse livro, tempos mesmo, eu acho a história muito boa e adoro a cultura coreana, doramas, músicas, enfim e a Babi é uma pessoa super querida nas redes sociais, mega simpática! Que bom que vc curtiu a leitura.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estava atrás dele desde o lançamento, finalmente consegui ler, rs.

      Excluir
  10. Oie Ale =)

    Não li nada da Babi, mas como adoro música essa é uma série que vem me chamando a atenção a alguma tempo. Gostei de saber que a pesquisa da autora foi profunda e que no livro ela aborda um pouco de KPOP um gênero que eu adoro.

    Espero poder ter a oportunidade de conhecer melhor essa Cidade da Música em breve ^^

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  11. Oi Ale, tudo bem?
    Gostei da dica!
    Nunca li nada da Babi, mas achei legal a proposta e o rock como pano de fundo (que eu amo ♥).
    Leria, se surgisse a oportunidade. :3
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  12. Ahhhhh meu deus <3 sou louca pra conhecer a Babi! Que bom que conseguiu uma foto com ela, adorei! E sobre esse livro, eu ainda não li mas peguei na amazon pra ler em pdf e já ta na lista de leitura, muito ansiosa!
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tiver a oportunidade de conhecê-la, super indico que vá!

      Excluir
  13. Oie
    Eu curti muito este livro e tive o prazer de autografá-lo quando a autora venho aqui na minha cidade. Estou curiosa pelos outros livros da série. A Babi é muito querida.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Já é a segunda resenha positiva que eu leio sobre esse livro e depois de ler o seu texto eu fiquei com muita vontade de conhecer essa história. Eu amei a sua resenha e capa é muito linda, quero ler esse livro em breve sim.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2017/10/cinema-outubro-2017.html

    ResponderExcluir
  15. Oi, Ale! Tudo bem? Amo punk, rock e principalmente K-Pop! Acho que ia amar o livro por causa disso hein? E a capa dele é tão fofinha... Ahhhhhhhh quero muito ler! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Alê,
    Conheço Babi desde a época das fanfics, sou bem curiosa pra ler os livros dela. Adoro narrativas que envolvem música. A capa é linda.

    tenha uma ótima semana =D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, literatura e música andam juntas!

      Excluir
  17. Oi Ale,

    Sempre vejo resenhas positivas sobre esse livro, gosto muito da premissa dele também.
    Com certeza está na minha lista de leituras futuras.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi Ale,
    Amei sua resenha. Estou curiosa para conhecer esse livro da Babi acho que ele deve ser bem bonito, fiquei feliz ao saber que ele lembrou o filme 10 coisas para você, porque também gosto muito mesmo desse filme. Enfim, se puder quero conferir com certeza.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Alê, no momento em que você ficou empolgada e em alguns trechos como falando de 10 coisas que eu odeio em voce e da pesquisa da babi ja super me interessei tambem
    E a capa é um detalhe a parte que faz toda diferença, né?
    Apesar de nao entender nada de k pop HEHEHE fico feliz que tenha gostado mesmo sendo nao "adepta" como eu - nao e exatamente essa palavra mas acho que voce entende, né? - , entao vam oque vamooooo rsrsrs
    beijocas!
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir