quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Livro: Herdeiro Caído

Olá amores!

Como já havia comentado com vocês antes, eu dei início a leitura de "Herdeiro Caído" da Erin Watt, publicado pela Editora Essência. E mesmo sendo o quarto volume da série Royals, este é o primeiro livro no qual Easton Royal é o personagem principal. 


Se você já acompanha a série, sabe que todos os garotos da família são bad boys, ogros e machistas, só que Easton supera todos eles com comentários indevidos, atitudes ridículas e opiniões controversas. Nesta obra, não será nada diferente, meses após o final de "Palácio de Mentiras" ter terminado, Easton e Ella continuam na escola enquanto Reed vai para a faculdade. Ella é a nova líder Royal da escola, e Easton fica mais a margem da amizade com a presença de Val. Então, para não ficar 'sobrando', ele conhece a recém chegada Hartley Wright, uma garota que come demais e não tem amigos. Ele pega MUITO no pé dela e muitas vezes é irritante ao extremo. Confesso que se não fosse um livro, eu iria achar preocupante essa insistência toda. Mas vamos prosseguir...

O livro tenta aprofundar questões sérias, mas se torna raso igual ao protagonista. Não é uma leitura que tenha me agradado, mas para variar a narrativa da Erin não te deixar largar a obra! Juro que não entendo esse poder da autora. Ela te vicia e não consegue parar! Me peguei falando mal do Easton  a obra inteira, mas li todo o livro em poucos dias (seriam em poucas horas se eu não tivesse que trabalhar, rs). Morri de dó da Hartley, queria que ela tivesse o que tanto deseja ao final. Ela é uma personagem forte que tem muitos problemas familiares e vive sozinha tendo que trabalhar nas horas mais improváveis para pagar o aluguel, e por mais que sua vida balance Easton, não é o suficiente para fazê-lo mudar. O alcoolismo e a inconsequência do garoto não tem limites. Fico com dó até da Ella que ouve os comentários maldosos do 'irmão postiço' e ainda está ali para ajudá-lo sempre que precisa.


"- Eu não sou baixa.
- É mesmo?
- Só sou verticalmente limitada."

grande ápice do livro é o final. Eu fiquei chocada e só penso que preciso do próximo volume logo. A história se encaminha para um rumo imprevisível e eu nunca imaginaria algo assim acontecendo. Meu coração se aperta por Hartley e nem sei o que esperar. A autora gosta de pesar a mão no drama, pessoal. Isso é inegável. 

Ainda não se sabe com certeza se teremos os livros dos gêmeos mais novos, pois as autoras (Erin Watt é um pseudônimo, são duas mulheres, na verdade, rs) deram uma declaração dizendo que gostariam de focar em outras histórias no momento. O que não me desanima, porque a história dos gêmeos com apenas uma namorada, me deixa MUITO preocupada, vejo vários motivos para dar errado (P.S.: a gente acha que vai dar errado, mas confessa que leria também, porque né, a gente gosta de livro ruim, fazer o que, HAHAHAHA). 

E mesmo com saudade de Reed, aquele babacão que se auto afirmava o tempo todo, cá estou eu recomendando a série Royals a vocês. Alguém consegue me explicar qual é a mágica que acontece para a gente não conseguir parar de ler? Estou realmente convencida de que os clichês tem poderes em relação a mim, rs. 


Resenha de "Princesa de Papel" - AQUI;
Resenha de "Príncipe Partido" - AQUI;
Resenha de "Palácio de Mentiras" - AQUI;

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ (3/5) - Bom!

- Alessandra Salvia

21 comentários:

  1. Oi, Alessandra como vai? Que pena que esse livro tenha vários pontos que você não se agradou, mas parece ser um livro bom para ser lido, principalmente para os leitores (as) que gostam do gênero. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim e a narrativa tem seu brilho porque nos impede de largar a obra, rs.

      Excluir
  2. Oi, Ale!

    Que pena que esse volume não te agradou :( mas pelo visto as autoras contam com um potencial enorme pra escrita, e sendo assim, bem que podiam apostar em novas obras de temas diferentes né, e com protagonistas suportáveis também hahaha

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkk Realmente a escrita é maravilhosa, li só até o segundo livro e amei, espero retomar a leitura em algum dia. Amei sua resenha kkk expressou o que sinto em relação à esses livros haha
    Tem unas coisas meio absurdas nessa série mas mesmo assim... é só um livro kkkk a gente aceita
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  4. Oi Ale! Eu gosto mais do Easton do que do outros irmãos e de fato o final desse livro é um susto. O próximo é cheio de dramas. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Ai Alê, não julgo você, sabe? As vezes a gente passa uma raiva com os protagonistas e lê a série toda mesmo rsrsrs Eu ainda quero ler todos e já estou preparada para as emoções!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi Ale,

    Confesso que sempre que você faz resenha dessa serie eu me surpreendo, esqueço que ela não parece com nada do que eu imaginei vendo a capa e fico curiosa para ler. Me pareceu a mesma descrição que fizemos da serie de tv Shadowhunters, vai entender esse nosso gosto.

    Beijos

    https://tear-de-informacoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Se eu disser que não me recordo de conhecer essa série, você acredita? Eu achei muito interessante o fato de serem duas autoras escrevendo sob um pseudônimo. Achei muito massa haha.

    Adorei sua resenha.
    Abraços!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, Ale
    Eu gostei do Easton, acho que tô tão acostumada com essas atitudes babacas dos personagens que praticamente eu passo por cima, algo que eu devo começar a mudar daqui pra frente. De toda forma, senti que essa obra não foi tão legal quanto a primeira, acho que faltou mais de ação, que só veio no último segundo haha
    Beijo
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ainda não acompanho a série, mas já vi muitas resenhas sobre os livros. Algumas falando bem e outras ruins. Mas fico curiosa sobre o que vou achar dos livros.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  10. Oi Ale, eu não conhecia esses livros, mas eu também não entendo o poder de alguns autores mesmo. Eles conseguem fazer um livro com um personagem tão insuportável, que o mais lógico seria a gente largar logo o livro e partir para outra, mas por uma estranha razão, não dá... É engraçado isso.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  11. Olá, Ale.
    Tem uns autores que fazem isso com a gente. Escreve umas coisas tão sem noção e a gente não consegue parar de ler hehe. Eu passo longe dessa série por causa desses protagonistas masculinos e pelo que li aqui esse é ainda pior que os outros.

    Prefácio

    ResponderExcluir