domingo, 5 de novembro de 2017

Comportamento: Aceitar quem você é

Olá amores!

Como hoje é o meu aniversário, eu resolvi fazer o primeiro post sobre comportamento aqui no blog, porém não será algo comum, com um tema específico. Eu vou abrir meu coração e fazer uma reflexão sobre o que vem acontecendo com minha vida nos últimos anos. 


Eu sempre fui muito tímida e não sociável, minha roda de amigos era/é extremamente enxuta. Enquanto todos iam a baladas ou a barzinhos, eu ficava em casa assistindo a alguma série. E posso dizer que com certeza isso me fez alguém 'diferente', alguém que meu próprio pai julgava 'estranha'. Tive diversos dedos apontados para mim, inclusive da própria família que julgava desde meu peso até o meu amor pelos livros. De verdade, eu perdi a conta de quantas pessoas me disseram que eu ia ficar sozinha por conta desse meu jeito mais 'reservado de ser'

Então, com essa falta de compreensão, comecei o blog às escondidas, eu nunca tive um real apoio para expressar quem eu era. Só minha mãe fazia parte desse meu mundo e acredito que por isso somos as melhores amigas hoje, porque ela foi a única pessoa que lia tudo o que eu escrevia e dava um feedback. Aliás, acho que até hoje, ela é a única pessoa que lê, curte, compartilha e comenta o que eu faço aqui no blog. Eu não tenho alguém próximo a mim que mergulha de cabeça nesse mundo literário, como eu faço. Alguém que me apoia incondicionalmente e me incentiva. Um exemplo disso é que a maioria de curtidas e comentários aqui no blog são de pessoas desconhecidas

Porém, lá fui eu. Me joguei de cabeça nesse mundo e em momento algum me arrependo. Eu não esperava o tamanho dessa comunidade literária. Eu não sabia como seria recebida e que eu me tornaria alguém. É algo surreal! Autores me reconhecendo, sabendo meu nome, me perguntando o que eu achei dos seus livros, me pedindo para compartilhar com eles as resenhas, pedindo parcerias... Pessoas que realmente querem me ouvir. E digo pessoas, porque não são só os autores que me fizeram acreditar em mim mesma. Foi você que vem aqui toda semana. Você que deixa seu like lá no facebook ou intagram, você que pede para eu resenhar algo específico, porque realmente gosta de trocar opiniões comigo. 




Ser auto-confiança é um exercício diário. Eu quero sim começar a escrever mais, sair do mundo das resenhas e ir para as histórias, crônicas, contos... Não sei. Quero crescer. Quero mais. E é por conta dos livros que eu sei que consigo, basta eu me dedicar. E eu juro que vou fazer acontecer, já estou com um projeto em andamento, tentando me organizar e se tudo sair como o planejado 2018 será um ano de muito trabalho, mas extremamente feliiiiiiz.

É, eu sei. Ninguém lê textão. Mas quer saber? Eu não ligo. Eu precisava mostrar o quão grata eu sou por cada conquista que venho tendo nesses anos de 'Estante da Ale' e lembrar vocês que tudo é possível se você acreditar. Faça aquilo que você ama, mas faça por você, pois o reconhecimento é uma consequência da sua dedicação. Vocês não tem ideia do quão importante é cada abraço, cada incentivo, cada sorriso por menor que seja. 


Descobrir que ser 'estranha' é algo bom... Ah, meus amores... Isso não tem preço. Obrigada por me aceitarem!

Hoje, mais do que nunca, sinto que encontrei o meu lugar no mundo. E é com a literatura. ♥

Feliz Aniversário para mim!

- Alessandra Salvia

21 comentários:

  1. Ah, eu leio textão sim! hahahah
    Parabéns Ale, pelo seu aniversário, pelo blog, pelas suas conquistas. Estou torcendo para que você cresça e alcança o que sonha!
    Me identifiquei muito com você! Nunca tive apoio familiar para seguir o que eu queria, tanto nos estudos, quanto no mundo literário... Até hoje meus pais nunca leram meu blog, triste, sim, mas a gente supera!
    Beijos <3

    http://lovelyplacee.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu li tudo com um sorriso no rosto e querendo te abraçar.
    Já mandei parabéns, mas mando de novo e desejo que esse ciclo seja lindo e muito abençoado.

    Parabéns por ser quem você é ❤

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ale!
    Super me identifiquei com você e seu texto. Apesar de ter uma certa quantidade de amigos e gostar de sair até, tem vezes que prefiro ficar em casa com meus livros, netflix e cama. Eu sou muito diferente das pessoas da minha família e por isso já ouvi cada coisa, principalmente sobre não arranjar alguém.
    Também comecei meu blog nas escondidas e muita gente que faz parte da minha vida nem sabe que eu tenho.
    Ah! Parabéns!! Muitas felicidades e muito mais livros maravilhosos!
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe das promoções em andamento e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  4. QUE TEXTO MAIS LINDO ! <3
    Ale, estou muito orgulhosa de você e do seu primeiro texto, na coluna de comportamento. Saiba que eu me identifiquei muito com o seu texto, pois é realmente difícil o mundo aceitar quem realmente somos, quando nós fugimos do "padrão" que as pessoas determinam para os nossos hábitos, nossos gostos, para quem somos. E é por isso que a Literatura é tão mágica: ela nos ajuda a mostrar como somos grandiosos por dentro e como é gratificante ser reconhecido pela nosssa própria verdade. Você arrasou, Moça Solar ! E sou muito orgulhosa de ter uma amiga que faz aquilo que ama e acredita. Beijos e, mais uma vez, meus paraaaaaabéns !
    Bel <3

    ResponderExcluir
  5. Oi Alessandra!
    Antes de qq coisa: parabéns!!!
    Olha, eu não só leio textão como adoro e te compreendo perfeitamente! Tb não tenho ng próximo que seja tão apaixonado por livros qt eu, inclusive foi por isso que criei o blog: para me aproximar de pessoas que tem a mesma paixão que eu.
    Não fique chateada com as pessoas próximas que não comentam ou até mesmo não acompanham o blog. Isso acontece comigo tb, mas hj eu compreendo que cada um tem seus interesses e nós não podemos exigir consideração de ng. Lógico que eu gostaria que as pessoas que amo fossem mais participativas no meu blog, mas se eles não se interessam, td bem tb.
    Nós, leitores, temos uns aos outros! :)
    Beijos!

    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
  6. Feliz aniversário, Ale!
    Siga sempre confiando em si mesma e buscando seus sonhos que cê vai longe! <3
    Vida longa ao Estante da Ale também! *-*
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  7. Oi Ale! Parabéns! Feliz Aniversário! Eu sempre sai bastante, adorava barzinhos, mas ainda assim não tinha fãs de livros e desse mundo mais nerd entre os amigos. Eu demorei pra criar o blog e foi minha mãe que deu força também e adoro ter começado este projeto. A maioria do pessoal que conversamos é de longe, achei o máximo te encontrar aquele dia e acho que aquele momento que nos reconhecemos mutuamente foi demais. Adorei o post. Ser estranho não é ser estranho, é ser diferente e se encontrar.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. FELIZ ANIVERSÁRIOOO, minha linda!
    Li seu textão sim, e fico muito feliz por você! Eu tbm me sinto muito à vontade nessa comunidade de leitores, são poucas pessoas q conheço pessoalmente q gostam desse mundo tbm.
    Bjs, aproveita o seu dia!
    Ps: respondi a tag q me marcou lá no blog ;)
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, Alê. Parabéns pelo seu dia e parabéns por ter se aceitado como é. É sempre engraçado quando a gente vai falar algo no blog sobre si mesma, porque quando eu faço isso no meu, fico pensando se as pessoas vão se identificar ou se vão rir de mim, e eu me identifico muito com você. Apesar de não ter saído muito quando mais nova, eu também era considerada a estranha porque só tinha amigos homens e eles me viam como um homem também, já que eu não era lá muito cheia de atrativos. Me incomodava muito isso, até aqui em casa quando todo mundo dizia pra eu andar direito, ou para mudar as roupas que eu gostava de usar. Acho que isso só foi parando de me chatear quando resolvi admitir pra mim mesma que eu era assim e não queria mudar isso, acho que isso fez grande diferença na minha vida.
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com

    ResponderExcluir
  10. Olá! Tudo bem?
    "São todos iguais, e tão desiguais, uns mais iguais que os outros"
    Fico feliz que esteja se encontrando de verdade nesse mundo literário, boa sorte nele e conte conosco pro que precisar!
    Obrigada pelo comentário lá no blog.
    Volte sempre!

    Bjo,
    miiistoquente~

    ResponderExcluir
  11. Oi Alê! Adorei sua reflexão, acho que uma das coisas que mais gosto do blog é justamente poder dizer tudo que penso e essa história de não ler textão é muito relativo, ainda tem gente que lê rsrsrss Muito bacana suas fotos e espero que em 2018 vc produza tudo aquilo que quer!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  12. Que texto mais lindo, Alê! Primeiramente, feliz aniversário!! Desejo a você muita felicidade, saúde, paz, amor, dinheiro pra comprar bastantes livros e sucesso tanto no blog quanto na sua vida pessoal. Um dia sempre encontramos o nosso lugar, por mais que esse dia demore a chegar. Também já forcei muito a minha natureza pra me enturmar. Ir pra baladas, tentar ser outra pessoa pra fazer amigos... Nada disso cola quando não é realmente o que você gosta. O importante é sermos apenas nós mesmos e fazermos o que gostamos. Hoje em dia estou morando em outra cidade, e quando volto pra casa de feriado, meus pais sempre vem questionando se vou sair com as amigas da cidade, e já até me bate desespero, porque o que eu quero de verdade, é ficar quietinha em casa, assistindo minhas séries, vendo filmes com meu pai, botando o papo em dia com a minha mãe, que também é a minha melhor amiga, e talvez antes eu me sentisse estranha por isso, mas hoje eu só me sinto em paz. Então não liga mesmo pro que os outros dizem, foque na sua felicidade! E fico extremamente contente em saber que você encontrou essa alegria no meio dos blogueiros e dos autores. Quanto ao seu projeto de livro, força e fé que você consegue! Nunca pensei que eu teria um livro meu publicado, mas enfim esse dia chegou, e levei anos pra isso, então não importa quanto ou onde, mas continue se dedicando que uma hora você verá todo o trabalho tendo resultado. E super te apoio, porque só os textos que você faz pro blog já são maravilhosos, imagina então a capacidade que você tem aí escondidinho de escrever uma história sensacional!
    Feliz aniversário de novo, Alê! Aproveite bastante o seu dia! Quero coxinhas e bolo ein hahaha

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. MINHA QUERIDONA TA FAZENDO ANIVERSÁRIO? TÁ SIM!!!
    PARABÉNS!!!!!!!!!!!!!!!
    e teve postagem especial, é isso mesmo???
    Essa história de ficar sozinha por ser mais reservada não tá com nada, né? Às vezes é muito melhor ficar sozinha do que ter do lado alguém que não agrega em nada. às vezes, não, é!
    Engraçado como as vezes mais pessoas que a gente não conhece acaba curtindo mais nossas coisas do que nossa propria familia, né? Ou pessoas que a gente conhece... Não todo mundo, é claro, mas mesmo assim...
    Não to na foto mas ó <3
    AMÉMMMMM!!!!!!!!
    Nanowrimo ?? <3
    Sabe que as vezes no trabalho, o amigo me fala "ah, mas é só se dedicar menos o blog" e eu falei pra ele "mas é uma das coisas que me fazem bem, como eu posso tirar da minha rotina?" não dá, pode ser dificil, podemos tirar férias, mas precisamos disso pra gente, faz bem pro coração e pra alma, né?
    Eu li tudo e não ligo de ser textão, tá?
    Ser "estranha" é muito bom!!!!!!!!!!
    feliz niver, espero que possa realizar tudo que sonha e que deseja! <3
    beijocas!
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir
  14. Querida Alê, feliz aniversário e que Deus reserve muitas bênçãos para a sua vida! Me identifiquei bastante com o seu texto, pois também sou uma pessoa caseira que sempre preferiu ficar em casa na companhia de um bom livro, filme ou seriado do que cair na night. Sim, as pessoas realmente gostam de julgar e apontar o dedo, mas o importante é estarmos felizes da maneira que estamos e só absorver o que for bom para a nossa vida. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  15. Oie,
    Que texto lindo, parabéns! Adorei o post!!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  16. Em primeiro lugar: Feliz Aniversário, linda! Muita saúde, felicidade, paz, amor e que todos os seus sonhos se realizem! Agora vamos sobre esse post: Que texto mais lindo, eu me emocionei quando terminei de ler. Muito obrigada por ter criado esse blog e por ter compartilhado essas conquistas com a gente. Te adoro!
    Mil Beijos
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2017/11/dica-de-serie-ravens-home.html

    ResponderExcluir
  17. Oi, Alê

    Feliz Aniversário! \o/ Atrasadinho, mas tá valendo.
    Mulher, se isso é ser estranha eu sou também, então tamo junta!
    Minha roda de amigos também é super enxuta, nem por conta de timidez, mas pq eu sou uma pessoa desconfiada, sabe? Eu tenho resistência a conhecer pessoas novas...
    Adorei seu desabafo, deu pra ver que foi do fundo do seu coração!


    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  18. Esse seu segundo paragrafo é tão completamente eu, o que eu sou e o que eu vivo, tal e qual. Percebo bem e ainda por cima sofro de ansiedade e agorafobia, que não me permite uma vida social, as poucas pessoas do meu núcleo de amigos não ligam a mínima para o meu blog.

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  19. Oi Ale, tudo bem?
    Ah como vc é linda!!! Me emocionei lendo seu texto! Não tem nada de errado em ser você e é exatamente isso que te torna diferente. O blog foi uma maneira de desabafar e que deu super certo! É ótimo quando encontramos pessoas que nos escutam, acho que isso está muito em falta hoje em dia, ninguém se escuta mais...
    Me identifiquei totalmente com o seu texto!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=Z_SY2gIEIPc&t=24s

    ResponderExcluir
  20. É textão, mas eu li TUDO!! rs

    Amiga, vc é maravilhosa e especial. Sorte das pessoas que tem como amiga, filha, companheira... O azar é daquelas que não te enxergam.

    Acompanho e fico muito feliz e ansiosa pra ver seus novos projetos. E desde já, desejo que o ano de 2018 seja repleto de conquistas (e conhecendo bem vc, sei que será...). Continuo aguardando seu livro, com uma história escrita por vc e com uma dedicatória pra mim.

    Vc vai longe... ❤

    ResponderExcluir