sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Texto: Because Of You

Olá amores,

Como é sexta-feira, trouxe para vocês um texto inspirado em uma música da Kelly Clarkson que eu amo e acho que poucos percebem a força da letra. É um texto mais pesado, mas daqueles que eu gosto de fazer para trazer esperança àqueles que precisam.


Antigamente, eu tinha o costume de andar descalça. Antigamente, eu tinha o costume de ouvir música alto. Antigamente, eu tinha o costume de roer as unhas. Após um simples momento minha vida toda mudou e o silêncio se tornou meu melhor amigo. 

Lembro apenas de seus gritos e aquela dor insuportável adentrando meus pulmões. Ah, e luzes. Luzes vermelhas piscando. Meus olhos continuavam fechados. Eu mesma não queria abri-los. Veria estampado em meu próprio corpo o que eu custava a acreditar. Mas isso é passado. Eu sobrevivi. Tornei-me alguém que nunca imaginei que seria. Tornei-me mais forte e com mais manias. 

O vaso torto em cima da mesa não existe mais. Hoje, coloquei flores amarelas para tentar alegrar um pouco do que resta da parede cinza ao fundo, só que ainda me parece algo falso. Talvez tivesse que ter aceitado a sugestão da moça da floricultura e colocado algo no tom de rosa bebê ou branco. É... branco. Branco como a neve. Branco como o leite que derramei na cozinha ontem de manhã, pois fiquei nervosa demais quando o telefone tocou.

Posso tentar negar, mas algo que me incomoda demais é quando meu celular toca e o número que aparece é desconhecido. Gostaria de mudar essa mania. Gostaria de voltar a ouvir música alto, pois assim, quem sabe, abafasse os sons de desespero e de lamúria que surgem na minha mente. 

O porta retrato continua no lugar de sempre para eu me lembrar de que posso vencer esses pensamentos negativos assim como venci você. Ouviu? Eu venci você. Posso ainda ter medo, mas quem em sã consciência não teria? O importante é que não foi tarde demais para mim. Tomei coragem e não tenho mais vergonha de quem sou. Estou me reconstruindo. Pode demorar, posso ainda ter medo, mas ainda vou arrancar os sapatos e dançar sob a chuva comemorando mais um dia de liberdade.


- Alessandra Salvia

26 comentários:

  1. Oiiiii,
    Nossa! O que falar desse texto???
    Simplesmente maravilhoso!
    Parabéns mais uma vez!
    Escreva mais!!!
    Estou assim😧
    Bjos
    Mamaci

    ResponderExcluir
  2. Oi Ale.
    Texto simplesmente maravilhoso. Sério, você deveria publicar um livro, porque consegue passar muito bem seus sentimentos.
    Beijos.
    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  3. OI Ale
    Li lindo o texto, achei ele carregado de sentimentos e bem emocionante.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ale!
    Amei seu texto <3 Ele tem a mesma carga forte da música e super combinou.
    Eu li uma vez que ela escreveu essa música pro pai dela, não sei se é verdade, mas se for é bem triste, né?
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ale!

    Adorei o texto. Cheio de força e superação. Também adoro essa música, comecei a cantar na cabeça assim que li o título do post haha

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Ale, amei o texto! Gosto muito dessa música e gostei muito da sua interpretação.

    ResponderExcluir
  7. AlÊ!
    Esse texto foi tão sensível, bonito, lindo, sabe? Tocou o coração... Parecia que vocÊ estava escrevendo para alguém , como a protagonista da música,
    Fiquei aqui pensando ual foi a situação que ela passou? Ambulancia? Policia?
    A sua personagem me lembrou um pouco a nossa de Sorrisos Quebrados... Uma persoangem forte e singela, ao mesmo tempo que luta com seus proprios demonios....
    SENSACIONAL <3
    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Pamzinha! Essa comparação foi bem UAU pra mim 😍

      Excluir
  8. Oie!
    Que texto mais forte, Ale! Adorei bastante, textos sobre libertação tocam meu coração. E essa música ainda como plano de fundo, perfeito!
    Beijos
    Our Constellations

    ResponderExcluir
  9. Oi Alê!! Um tanto triste o texto, mas acho que combinou bem com a música, que aliás, gosto bastante.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Olá, Ale.
    Mais um texto maravilhoso. Acho que quem sobrevive, sempre vai ficar marcado por alguma coisa. Mas o importante é que a pessoa está li, viva e pronta não apenas para sobreviver, mas para viver.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Oi Ale, td bem?
    Essa música é tão triste, mas é inspiradora pra mim tbm!
    Menina, esse texto me lembrou o livro "No Escuro - Elizabeth Haynes", é um livro muito bom, te indico!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Hey Ale! Tudo bem?
    Que texto lindo... as vezes é preciso um baque pra nos refazermos.
    Obrigada por comentar lá no blog.
    Volte sempre!

    ~ Blog Misto Quente
    ~ Siga no Instagram
    ~ Curta no Facebook

    ResponderExcluir
  13. Amigaaaaaaa que texto maravilhoso! Eu amo a forma que tu escreve, tu é talentosa demais! <3
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/

    ResponderExcluir