sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Texto: Never Say Never

Olá amores,

O texto autoral de hoje é inspirado em uma música do The Fray pela qual sou apaixonada. Foi um pouco difícil construir algo sem lembrar de The Vampire Diaries, então posso até dizer que tem um toque dessa série que eu acompanhei desde o início, espero que gostem e não se esqueçam de deixar seus comentários!


"Ando desanimada pela calçada molhada. Minha mente procura por respostas enquanto a chuva caí molhando meu cabelo e minha blusa azul. Eu pedi tanto para você não me deixar ir e mesmo assim tudo se tornou um caos. Você disse: 'eu serei seu guardião' e eu simplesmente acreditei. Entreguei meu coração aos seus cuidados. Como fui tola.

Hoje, é como se tivesse desligado minha humanidade para não ver o fim se aproximando, mas... Será que vale a pena? 

Lembro do dia em que você me empurrou contra a parede e me beijou como se não houvesse amanhã. Lembro do cuidado que você teve ao utilizar a força em meus braços. Em meus lábios. Podemos voltar para este dia? 

Nosso relacionamento pode estar se quebrando, mas sou feliz com você. Não é algo passageiro e ambos sabemos disso. Acredito que estar aqui sozinha é uma prova disso. Eu ainda tenho fé de que podemos voltar a ser o que éramos antes.

Dois faróis vem em minha direção e eu cubro os olhos para tentar enxergar quem é. O carro para bem próximo a mim e eu suspiro aliviada quando a luz abaixa e posso reconhecer aquele perfil saindo do carro. 

- O que você faz aqui? - seu sussurro é quase inaudível perto do barulho da chuva. Você chega tão perto que eu consigo sentir aquela tensão, aquele sentimento surgindo novamente.

- Eu... não sei - digo simplesmente. Seria um pouco esquisito dizer-lhe que eu esperava ser encontrada por ele. Esquisito, porém verdadeiro.

Você volta ao carro, pega algum tipo de proteção. Coloca em meus ombros e me arrasta para dentro do veículo preto. Brigávamos tanto por essa lata velha e ao mesmo tempo fazíamos as pazes no banco de trás, escondidos na garagem de seus pais. Sorrio com a lembrança e me deixo ser levada.

- Para onde vamos? - eu pergunto.
- Para casa. Nós vamos nos manter juntos. - ele aperta minha mão enquanto dirige com a outra. 

Seu olhar recai sobre o meu por instantes, mas eu sinto a verdade em cada palavra. Juntos. De novo. Meu coração dá um salto. Acho que gosto dessa ideia."


- Alessandra Salvia

18 comentários:

  1. Oie
    Adorei o texto e suas inspirações. Eu adorava The vampire diaries.

    Bom fim de semana
    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Alê, dá pra identificar TVD mas tem muito seu toque tb. Achei poético, gostei!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi, Alê

    Bem Damon e Elena esse texto. Esse toque de TVD que você deu ficou bacana, lembrei dos personagens e lembrei que tenho que terminar a série, mas a Netflix não me ajuda!

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  4. Mas que texto lindo!!!!!
    Foi tão Damon! hahaha ao mesmo tempo que poderia ser outro tempo, outras vidas, outras pessoas...
    Sabe, foi singelo, doce, me encaixaria na situação sim, consigo sentir as personagens
    ADOREI, ALE!
    Adoro seus textos autorais! São tão sensíveis e tão bonitos, sabe? Tem um sentimento...
    E ouvi a musica enquanto lia, sabe? Casou perfeitamente! <3

    Gosto de How to save a life dessa banda e na verdade, amo essa banda HAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAH
    beijocas

    ResponderExcluir
  5. Olá querida!!!
    Adorei o post e a música é linda, para além de ser uma fã de diário de Vampiros!
    Segui o teu blog, quero convidar-te a visitar e a seguir o meu de volta <3

    pimentamaisdoce.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  6. AAAAAAAAAAA, TVD vibes! ♥ hahahah
    Mas eu adorei cada pedacinho desse texto Ale! *----*
    "Seria um pouco esquisito dizer-lhe que eu esperava ser encontrada por ele. Esquisito, porém verdadeiro."
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, Ale.
    Mais um texto lindo. Se você não fala em TVD eu teria adivinhado porque dá para sentir um pouquinho da Elena e do Damon ali hehe. Mas ao mesmo tempo poderia ser qualquer outro casal. Inclusive meu Stefan porque eu torci por ele sim hehe. Parabéns!

    Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Gente, que forte a vibe desse texto...!
    Fala bastante da intuição que só a gente possui, nós humanos, de prosseguir mesmo com um "não" na nossa frente, de seguir com o coração.
    Sobre o último texto que tu postou, aguardo continuação hahaha
    Beijos

    https://www.rapeizedinamica.biz

    ResponderExcluir