domingo, 1 de julho de 2018

Livro: Heroínas

Olá amores!

Hoje, é dia de resenha especial, pois o livro não possui apenas 1 história e sim 3!!! "Heroínas" é o lançamento da Galera Record com a Laura Conrado, Pam Gonçalves e Ray Tavares.


E antes de analisar cada conto, já adianto para vocês que a obra é repleta de representatividade, emponderamento feminino e reflexões super relevantes. O intuito da obra já era fazer uma releitura dos clássicos da literatura, como por exemplo, Os Três Mosqueteiros, O Rei Arthur e Hobin Hood, com protagonistas femininas. Porém, acredito que esse propósito cresceu muito nas mãos das autoras, pois todas trouxeram uma visão diferente do que eu esperava, com situações atuais e abordando assuntos do nosso cotidiano.

A leitura é extremamente rápida e gostosinha. Você não vai querer largar enquanto não descobrir o que cada autora nos reserva. Ah, também já adianto que a edição está um amorzinho, uma capa linda e detalhes que fazem referência as três histórias que iremos desmembrar agora:


Conto número 1) Uma por todas, todas por uma:

Utilizando o amor pelos animais como ponto central de sua história, Laura Conrado se mostra doce e delicada. Esse foi meu primeiro contato com a autora e não poderia ter sido melhor. Gostei muito da abordagem de uma ONG veterinária com o nome dos Mosqueteiros e acho que os detalhes utilizados para enriquecer o conto foram colocados de uma maneira muito inteligente, como por exemplo a parte técnica da ONG e como ela se mantém. Senti que houve uma preocupação com a veracidade dos problemas enfrentados pelos profissionais da área, além, é claro, do amor e preocupação para com os animais. É impossível não se encantar com a Farofa ou Bandida! E a Glacê, então? *-*

Confesso que talvez eu não tivesse a maturidade que a protagonista tem na idade dela, mas isso não é algo negativo e sim admirável. A obra mostra a amizade feminina, o quanto podemos nos unir ao invés de simplesmente nos deixarmos levar pela raiva ou tristeza. Dani faz acontecer! Ela corre atrás dos seus objetivos e sonhos. E mesmo com as suas inseguranças e ansiedades, ela consegue driblar tudo e tornar-se aquilo que ela deseja ser. Uma história otimista e deliciosa de se ler. Com certeza, vou querer conhecer as outras obras da Laura!




Conto número 2) Formandos da Távola Redonda:

Confesso que não foi a melhor obra da Pam Gonçalves que li, porém a representatividade aqui importa muito e não vou ignorar esse fato. Marina pode ser facilmente você ou sua melhor amiga, os problemas dela são reais, são palpáveis e a forma como tudo é construído é bem dinâmico e natural.

O cenário aqui é uma escola pública de ensino médio e o dinheiro para a formatura foi roubado. Acredito que o enredo tenha demorado para me pegar por conta da idade da protagonista, pois enquanto a Dani (protagonista do conto anterior) é mais madura para a idade, aqui Marina precisa de mais tempo para descobrir quem é ou qual caminho tomar. 

As reuniões femininas que acontecem no decorrer da obra, mostra a diversidade e o quanto as opiniões podem ser divergentes, mas se há respeito e companheirismo, o objetivo pode sim ser alcançado. Acredito que seja um grande exemplo de sororidade. 



Conto número 3) Robin, a proscrita:

Que tapa na cara, sociedade! Se você esperava ver uma heroína da vida real, é essa daqui. A Ray descreve de forma muito rica a 'Selva de Pedra' em que a protagonista Roberta, uma hacker, vive e faz com que os leitores fiquem na esperança de que a justiça talvez possa ser feita. Sei que tenho sorte em não fazer parte dessa realidade, mas não posso ignorar sua existência e de que algo precisa ser feito o quanto antes. 

A premissa utilizada é muito polêmica, pois mexe com religião e comunidades carentes, porém é muito bem desenvolvida. O texto chega a ser inteligente e relevante, pois os pontos argumentados por Roberta são totalmente coerentes! Fiquei bem envolvida na história, os acontecimento são fortes e é muito bom ver a Ray usar o toque de humor nas referências para aliviar toda a tensão que a obra possui. 

A presença de Miguel é outro ponto a parte, porque Shawn Mendes é um crush eterno na minha vida, rs. Quem leu vai entender meu amor por esse personagem que acima de tudo é corajoso. E eu juro que queria falar mais, mas seria spoiler, então finalizo por aqui dizendo que o conto mais 'intenso' foi a maneira perfeita de fechar essa antologia.

P.S. recado especial a autora: QUE FINAL DONA RAYSSA! Achei que meu coração ia sair pela boca! HAHAHAHA



Espero que vocês tenham gostado da dica de hoje, é um livro bem necessário e condizente com essa fase feminista, de discussão e luta por direitos iguais que estamos vivendo hoje. Acredito que como um todo a obra seja satisfatória, mesmo o conto número 2 não me envolvendo como os demais. 

Ah, e não esqueçam de deixar seus comentários, hein? Quero muito saber a opinião de vocês sobre "Heroínas".

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ (4/5) - Muito bom!

- Alessandra Salvia

30 comentários:

  1. Oi Ale, tudo bem?
    Gostei muito da resenha! A capa desse livro é tão fofa também <3
    Não sei se leria porque os temas dos contos em si não me atraíram, mas adorei saber sua opinião sobre eles.
    Beijos,

    Priih
    <a href="http://infinitasvidas.wordpress.com/“>Infinitas Vidas</a>

    ResponderExcluir
  2. Oii Alessandra.
    Eu amei a proposta do livro. Muito porque hoje em dia tenho visto muitas pessoas confundindo feminismo com femismo e percebo que essa obra tem como característica mostrar o verdadeiro de ser feminista.
    Espero ler em breve.
    Beijos.

    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso com certeza, as pessoas precisam de informação.

      Excluir
  3. Oi Ale,

    Parece ser um ótimo livro, ainda mais pelos temas abordados.
    Só conheço a escrita da Ray. Está ai uma ótima oportunidade para conhecer a das outras duas autoras.
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Jessica! Mas eu prefiro os outros livros da Pam.

      Excluir
  4. A premissa é bem interessante, e a adaptação de contos clássicos torna o livro ainda mais interessante, sem dúvida esses livros que trazem a temática feminista para suas histórias são necessários hoje em dia!

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi
    essa é a primeira resenha qe leio desse livro, fiquei mega curiosa, principalmente pela primeira história e pela terceira. Parece ser um bom livro.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ale!
    Eu vi a apresentação sobre o livro da editora e gostei muito da capa, então provavelmente eu leria. Mas eu tenho preguiça de contos, tenho certeza dificuldade em ler, mas mesmo assim arriscaria, ainda mais porque é feito de tantas autoras nacionais maravilhosas que a gente tem.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu prefiro histórias completas também, confesso.

      Excluir
  7. Oi, Alê

    Eu achei a capa do livro linda e toda a ideia por trás da proposta ótima; o fato de termos empoderamento, representatividade, sororidade... entretanto, apesar de seus inúmeros elogios, não sinto vontade de ler. Acho que é por conta da pegada mais juvenil, pois não há algo que eu desgoste e sim que não me chama a atenção. Mas espero que o livro faça muito sucesso.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esse livro, mas gostei muito do enredo e achei a capa muito linda! Fiquei com muita vontade de conhecer melhor essa história. Amei a dica! <3
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/2018/07/desejo-do-dia-perfume-jequiti-fernanda.html

    ResponderExcluir
  9. Oie
    Adoro livros de contos, e gostei dos temas abordados. Fiquei com vontade de ler. Ah, esta capa está muito bonita.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Ale!

    Acompanhei o livro desde que anunciaram ele, mas tenho alguns problemas com ele AUHSUAHSUAHSUAHSUAHS Então não acho que vou ler tão cedo, mas que bom que você curtiu a leitura! É uma delícia quando a gente sente que o tempo de leitura foi bem empregado.

    bjs
    Queria Estar Lendo

    ResponderExcluir
  11. Olá, Ale.
    Eu não conhecia esse livro ainda mas já quero ler. A edição está muito linda e as histórias muito interessantes. As três chamou a minha atenção e assim que der eu vou ler.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  12. Oi Ale.
    Já tinha ouvido falar desse livro na redes sociais das autoras, mas não sabia exatamente a sinopse. Gostei desse diferencial que elas trouxeram para história. Muito bacana mesmo isso.
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Alê!
    Ahhhhh só me fez ficar com mais vontade ainda de começar a ler.
    Está na minha lista de leituras do mês com certeza.Super curioso pra ver o que as meninas aprontaram aqui e já sei que vou gostar.Amo histórias cheias de empoderamento e representatividade,precisamos sempre de histórias assim.
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi, Alê!
    Eu gostei bastante da premissa do livro, mas tenho um problema com releituras. Sua resenha ficou muito boa e me fez repensar isso. Talvez eu leia só para saber o final que a Ray quase te matou hahaha Coloquei na lista.
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  15. Quero muito muito ler esse livro, to esperando ele chegar e Correios não faça demorar por favoooor hahaha. Tem cara de ser muito bom <3

    Beijos
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir