segunda-feira, 15 de maio de 2017

Resenha: Desejo Concedido

Olá amores!

Para quem ainda não sabe, a Megan Maxwell também escreve romances de época e a Editora Essência trouxe para os brasileiros um dos títulos mais famosos da autora: "Desejo Concedido", o volume número 1 da série Guerreiros. Posso até dar uma curiosidade para vocês: as fãs da Megan são conhecidas como Guerreiras, exatamente por conta dessa série.


Esse livro nos conta a história da inglesa Megan Philiphs que aos 20 anos foge de um casamento arranjado para o castelo do avô na Escócia. Lá, sua vida é ameaçada diversas vezes e para ser protegida após a morte do avô, Megan se casa com o guerreiro Duncan McRae. Claro que nada será simples, porque ninguém aceita a moça na sociedade escocesa, ela é vista como sassenach. (Fato histórico importante: escoceses e ingleses não são amigos, há diversas guerras e brigas por territórios que duraram anos e anos).

Eu preciso fazer uma observação logo de início. Que tipo de autora coloca o seu nome em uma protagonista? Mas ok... O problema maior é que Megan não me convence em momento algum. De início, ela tenta. Ela quer se mostrar forte, quer ser independente, quer cuidar e proteger seus irmãos, mas quando ela casa, toda a situação muda. Talvez, se ela se mostrasse mais submissa desde o início, eu aceitaria mais fácil, porém ela querer ser forte e não ser foi decepcionante.


Megan não queria casar e quando isso acontece já se entrega facilmente. Qualquer discussão ou situação em que ela precise se manter firme, basta um beijo e uma carícia para ela se derreter toda ao marido. Aquilo me irritou demaaaaaais, porque ela passa o livro todinho abrindo mão das coisas por conta de Duncan, um guerreiro machista e grosso.

Pois é... Outra decepção. Não adianta falar que ele precisa manter as aparências perante seu clã. Nada justifica atitudes egoístas e que colocam Megan em provação o tempo todo. Há uma cena específica em que ele é doce e quando Megan pergunta sobre como ele vê o amor, as coisas voltam ao normal, sua resposta é: mulheres gostam disso. Deeeeeus, não minta! Seja um guerreiro verdadeiro e não a iluda.

Um ponto importante da história: eles só vão casar de verdade após um ano e um dia. Afinal, Megan quer nutrir sentimentos pelo marido e ser correspondida antes de levar tudo adiante. Minha opinião? Isso é uma besteira, já que eles estavam vivendo como homem e mulher desde sempre!


O engraçado é que minha mãe leu esse livro antes de mim e sua visão foi oposta. Claro, ela também acha que Megan se deixa levar fácil demais (isso é unanimidade), porém ela conseguiu sentir o amor e afeto nos personagens. Ela viu o crescimento do livro e o devorou! Ou seja, acho que aqui vocês possuem duas opiniões completamente diferentes. Eu não considero um livro arrebatador, não consegui me apegar a ninguém (até porque acho que a autora trouxe desnecessariamente tanta gente para a história que a tornou meio que "vazia" em determinado momento).

Sendo assim, vou deixar a escolha de ler ou não nas mãos de vocês. Eu, particularmente, não indicaria, mas quero muito saber a opinião de vocês perante a dica de hoje. O que acharam? Deixem nos comentários!

Minha Classificação: ♥ ♥ (2/5) - Regular.

- Alessandra Salvia

40 comentários:

  1. Oi, Ale!
    Menina, acho que essa é a primeira resenha negativa que vejo aqui no seu blog.
    Então... já sei que vou me estressar com essa Megan, então acho que vou pular esse livro.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você não leu 'A Garota do Calendário', aquela foi a resenha mais indignada da minha vida HAHAHA

      Excluir
  2. Oi Ale, sua linda, tudo bem?
    Não faz assim com meu pobre coração, risos... Estava louca para ler esse livro, o lançamento dele aqui foi muito festejado pelas fãs que elogiaram tanto que ele está na minha fila, me aguardando. Que pena, pois adoro guerreiros escoceses, mas esse pelo visto é contrário a tudo o que eles representam. OMG!!! Essa resposta dele ao que significa o amor, foi um golpe forte, risos... Tomara que eu não me decepcione tanto, vou abrir com expectativas zero, agora. Gotei muito da sua sinceridade Ale, adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que eu acho que você vai gostar? Você toda romântica... Acho que funcionará para você Cila! HAHAHA

      Excluir
  3. Então amiga, eu acho uma pena que tu não gostou muito desse livro, porque eu gostei bastante do enredo. Então, é um livro que eu gostaria de ler sim. Mas pelo menos agora, se eu for ler já vou preparada pra me decepcionar. Ahhh eu amei os gifs que tu colocou no post, eles são lindos.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2017/05/hailee-steinfeld.html

    ResponderExcluir
  4. Oie
    Mesmo sendo o tipo de leitura que eu gosto, este livro nunca chamou minha atenção, tenho certa curiosidade por ele, mas não é minha prioridade. Adorei saber sua opinião e a visão da sua mãe, legal saber que as duas leem.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Ale...
    Não conhecia esse livro, mas o que mais gostei de saber e a opinião diferente entre você e sua mãe, isso e o mais bacana na literatura...
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho, a troca de opiniões enriquece a experiência!

      Excluir
  6. Olá, tudo bem? Mas gente, quanto amor próprio que a autora tem, ein?! Hahaha. É uma pena que não tenha gostado da obra...

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  7. Oi, Alê. Acho que isso vai muito de autora sabe? Eu gosto muito da Megan, ela é uma das minhas autoras favoritas e muita gente detesta o gênero que ela escreve, então eu entendo que isso tenha a ver com a nossa percepção sobre o livro. Eu ainda não li nada dessa história mas ainda estou com a chance acesa de que ela vai funcionar.
    Beijo!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Isso me dá esperanças para tentar ler outro livro dela.

      Excluir
  8. Oi, Alê.
    Nunca li nada da autora, mas já me recomendaram bastante, dizem que ela escreve muito bem e por ai vai.
    Achei interessante a sua resenha, uma pena a leitura não ter sido melhor.
    Espero algum dia ler um livro dela e gostar.
    Beijos,
    Keth.
    Blog: www.parbataibooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oie Ale =)

    Só pelo o que você comentou da protagonista já peguei birra do livro rs... Ai não aguento mocinha assim, na verdade não aguento mulher assim rs... Nunca li nada da autora, mas sempre vejo o pessoal elogiando bastante os livros dela. Pena que esse deixe um pouco a desejar.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não, Ane! HAHAHA Acho que por isso não consegui aproveitar a leitura, peguei birra.

      Excluir
  10. Olá, Ale.
    Eu estava querendo desler sua resenha até o ponto que você fala da sua mãe hehe. Eu comprei ele mas não li até agora e espero que minha opinião seja igual a da sua mãe e não igual a sua hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha mãe amou, Sil. Então há esperanças! HAHAHAHA

      Excluir
  11. Oi Ale! Estou com ele aqui para ler e agora tomei um susto. Será que não vou curtir também? Vou arriscar e torcer para ter uma boa leitura.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já estou ansiosa para saber sua opinião!!!

      Excluir
  12. Oi Ale, tudo bem??
    Poxa, que pena que vc se decepcionou com esse livro :(
    Não conhecia ele, mas gostei muito da sua resenha, super sincera, tá certa!
    Beijos <3 <3
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi
    que pena que não curtiu a leitura, nem lembro de ter visto resenha dessa livro e nunca li nada da autora, mas confesso que a sinopse chamou minha atenção, interessante é que a opinião de sua mãe foi diferentes, é bom quando podemos discutir a leitura com outra pessoa que leu.

    http://momentocrivelli.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Ale!

    Estava louca por esse livro, mas li muitas resenhas q diziam o mesmo.

    Estou cansada de livros assim kkk
    Adorei a resenha e amei a forma que você destacou que devemos dar uma chance pois podemos gostar rs

    Beijos*
    https://umminutoumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Ainda bem que não sou a única, rs.

      Excluir
  15. Oi, Alê

    Eu não tinha visto esse livro por aí ainda. Acho que ela se ama muito e quis homenagear a si própria, por isso colocou o nome da personagem de Megan! Hahahah
    Que pena que você teve essas ressalvas, eu acho que não me incomodaria com a personalidade dela... mas não leria por agora.


    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Alê,
    Acho que ainda não tinha lido resenha sobre esse livro, aliás nem sabia muito da premissa. Gostei da troca de figurinhas com a sua mãe HAHA!
    Talvez eu dê uma chance a autora, mas futuramente.

    tenha uma ótima semana =D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  17. Oooi, Ale!!

    Achei interessante ela ter fugido e tudo mais, mas isso de se derreter assim... É bem irritante. Sou fã de livros que mostram esse lado forte feminino. E a ideia inicial dele me lembrou The Kiss of Deception, só que como você o catalogou como um romance de época, tem aquelas limitações mesmo da mulher. Enfim, não gostei muito do desenvolvimento. Acho que não vou arriscar nele. Beijos,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu que não gostei nem de The Kiss of Deception? HAHAHA

      Excluir
  18. Li esse livro e amei. Tbm achei o Duncan meio grosso as vezes, mas levei em consideração a epoca que ele foi escrito. Tem que pensar que naquela epoca era assim mesmo e que as aparencias importavam. Vi amor nele em diversas partes do livro tbm. Enfim, como voce disse, a opinião é bem relativa :D
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom quando outra pessoa vê o que nós não conseguimos, dá magia na leitura, né?

      Excluir
  19. Oi Ale,

    Confesso que não gosto muito do tipo de personalidade que a Megan tem, pois isso acaba me irritando e deixando a leitura lenta, mas ainda sim, quero conferir a obra.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então... Eu desanimei um pouco de conferir as outras obras da autora.

      Excluir
  20. Oi Alê!! Olha eu já gostava da sua mãe só pelas fotos delas no facebook, posso dizer que agora eu gosto dela mais ainda heheheheheh eu simplesmente tenho a mesma opinião que a dela hehehehehe mas eu entendo a sua, Megan geralmente divide opiniões!

    Bjs e cinco beijos pra sua Mamis rsrsrs

    Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha mãe mandou outros beijos para você e ela já te adora também --' HAHAHAHAH

      Excluir