segunda-feira, 8 de maio de 2017

Série: Sense8 - 2ª Temporada

Olá amores!

Espero que vocês estejam melhores que eu, porque aquele sentimento de vazio está muito presente... Acabei de maratonar a season 2 de Sense8 que já está disponível na Netflix e venho trazer a crítica para vocês. Podem relaxar que não terá nenhum spoiler e falo isso graças a Pâmela Possani do Interrupted Dreamer, afinal, estou escrevendo esse post em homenagem a minha querida amiga que ainda não assistiu essa série, uma das mais incríveis já feitas até o momento no mundo. Pâm, sério, acredita em mim quando eu falo que Sense8 vale a pena!


Para aqueles que já assistiram a primeira temporada sabem o quanto eu fiquei perplexa com o final. Claro que após o episódio especial de Natal (02x01), as coisas ficaram mais otimistas, mas a segunda temporada veio para colocar uma ação especial. Tivemos várias tomadas de decisões e respostas, importante dizer que muito complexas, mas sim, são respostas, rs.


Em vários momentos, eu perdi o fôlego. Achei a dinâmica dessa season 2 muito melhor, talvez pelos personagens já confiarem uns nos outros. Sinto que a cada episódio eles se soltam mais, falam o que pensam, se tornam mais ousados e isso traz aquela ação que eu citei anteriormente. Existe perseguição, coragem, lutas (melhores que de Punho de Ferro, te garanto) e também guerra. Não a guerra de combate e declarada como estamos acostumados, é uma guerra de quem consegue ser mais esperto, quem consegue ser livre. 

A cada vez que eu sento e vejo a série fico impressionada. Pode ser a primeira ou a décima vez. Sempre fico de boca aberta com a qualidade da produção. E não tiro o enredo desse elogio não. É tudo tão impecável! As experiências sensates, a história de Angélica e como a OPB cresceu e apareceu durante a série tornaram as coisas ainda melhores e mais interessantes! Essa fase de descobertas e explicações era necessária para conseguirmos comprar a história de que o mundo é maior do que imaginávamos, há outros grupos, há outros perigos e o melhor de tudo: existe uma solução, pode não ser fácil, mas existe. O fato do nosso grupo estar disposto a correr riscos para se protegerem é o que nos faz saltar do sofá a cada momento decisivo.


Estava até conversando com a Pâmela sobre a questão do sexo e das drogas serem dois temas recorrentes na série. Admito que para quem não está acostumado com as produções da Netflix e HBO, por exemplo, pode ser um grande choque, mas é o que eu digo... Você precisa ter a mente aberta, já que aquela é uma realidade 'alternativa'. No caso das drogas, os personagens são daquela maneira por traumas e dores não totalmente curadas ou até mesmo por ser a única solução encontrada naquele momento. E é exatamente isso! Naquele momento, o uso das cenas fortes faz sentido. Acredito que elas levantam discussões importantes. Olha o exemplo de como a homossexualidade é tratada. Há vários discursos que precisam ser explorados. E vou além... Acho o máximo quando eles fazem uma passagem falando do preconceito com gays e ao mesmo tempo fazem um paralelo com o preconceito étnico.

Vou citar uma cena específica para vocês entenderem a complexidade das discussões, tudo bem? O Capheus é acusado de exaltar a coragem dos brancos, simplesmente pelo fato dele gostar dos filmes do Van Dame. Sendo ele, um dos personagens que possui o coração mais bondoso da série, a resposta é a melhor possível. Vamos exaltar a coragem do ser humano em geral, todos somos iguais, ninguém é melhor ou pior do que você. E da mesma maneira que isso é apresentado (brancos x negros), vale para os héteros x gays. 

Já o sexo foi algo bem secundário nessa segunda temporada, não tivemos muitas cenas quentes, simplesmente pelo fato: Sense8 está crescendo, as temática evoluem e não precisamos repetir cenas já feitas (e muito bem feitas, diga-se de passagem). É necessário mostrar outras ligações e sentimentos!


Continuo achando que a série fala sobre os relacionamentos interpessoais, sobre o amor e aceitação pessoal. Porém, nessa season 2 temos um foco maior da ficção científica. É meio... Orphan Black com Mr. Robot, sabe? A cada vez fica mais inteligente e envolvente! E claro, emocionante, pois enquanto a série é forte e intensa, é ao mesmo tempo sensível e reflexiva.

Continuo apaixonada pelo meu Will, seu instinto policial e protetor permanecem falando mais alto e é a coisa mais linda do mundo os momentos de amorzinho com a Riley. (Meu ship favorito com certeza ♥). Essa série não é feita apenas de momentos sensates, você pode esperar momento bem fofos entre os casais. E por falar nisso, acho que grandes saltos são dados nesse quesito, ainda mais com personagens secundários crescendo tanto

Ah, destaque para o Sussurros que foi um vilão perfeito. Sua ascensão durante a série foi maravilhosa!!! Ele consegue colocar medo e nos deixa angustiados a cada cena em que aparece.

Um ponto meio decepcionante foi a maneira como correram com a Parada Gay aqui em SP. Quem acompanhou a visita do elenco em nosso país sabe que eles se divertiram demais e aconteceu MUUUUITA coisa. Na hora de colocar tudo isso na série, foi algo bem enxuto, o que me leva a falar novamente que Sense8 (season 2) está mais focado em desenrolar seu enredo científico. 


Aguardo ansiosamente para o anúncio de uma renovação. Não acho que tenhamos problemas com isso, já que a série possui uma grande audiência. Mas aquele final... MEU DEUS! Novamente estou com problemas para digerir tudo... São tantas perguntas, tantas angustias, tantos desesperos... 😭😭😭

Sendo assim, fecho minha crítica de Sense8 - Season 2 da melhor maneira possível, ouvindo o hino que nos é apresentado também nessa temporada (um spoiler de leve para fazer você correr e assistir).


P.S.: Netflix, você é a melhor! Eu te amo! <3

- Alessandra Salvia

35 comentários:

  1. oie
    Estou doida para assistir esta série, parece ser muito boa e andei vendo vários blogs comentando sobre ela.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? A série parece ser muito boa, estou vendo falarem super bem dela... Adorei a postagem!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Oi Ale, sua linda, tudo bem?
    Lá vem você com tanto amor por uma série, que fica difícil não querer ver. Eu vi alguns comentários sobre a primeira temporada de que as cenas de sexo eram um pouco pesadas, tinha até sexo grupal. Eu sou muito romãntica e sensível, achei um pouco forte para mim. Mas que bom que isso não tem na segunda temporada que parece ser muito melhor. Adorei sua crítica e a postagem ficou ótima!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, são pesadas, mas acho que para o contexto são válidas. Essas cenas mais pesadas não estão tão frequentes agora, rs.

      Excluir
  4. Oi
    todo mundo falando bem dessa série e até hoje não assisti, mas parece ser muito boa e que bom que ela foi evoluindo.
    Algum dia irei assistir ela.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá,,Ale.
    Estou no ultimo episódio e achei bem melhor essa temporada, ainda que já tinha amado a primeira. Teve cada cena de arrepiar. A cena do restaurante foi maravilhosa. Mas ainda tenho um episódio para assistir, depois é aguardar mais um tempão hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TEVE MESMO! No restaurante, na balada, no final... Ai meu coração!

      Excluir
  6. Oie Ale =)

    Aiw *-* vou começar a assistir amanhã <3 primeiro tinha que terminar de assistir Shannara.

    Nem acredito que a segunda temporada de Sense8 finalmente está disponível! E estão falando tão bem dela *-*

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostou de Shannara? Depois me conta o que achou de Sense8???

      Excluir
  7. Oi, Ale. Tudo bem?
    Flor, ontem li sobre essa série... Rsrs Fiquei bem curiosa, quase não estou assistindo série e a galera no meu facebook só elogia Sense 8. Acho que irei dar uma chance.
    Gostei do seu post.
    Beijos,
    Keth.
    Blog: www.parbataibooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Só conheço Sense8 por causa do Poncho que amo <3 mas nunca assisti. Bjs

    www.mayaravieira.com.br

    ResponderExcluir
  9. Foi mal Alê, sua resenha ficou ótima, mas essa é uma série que eu não consigo achar graça! Já vi alguns episódios, mas pra mim não vai mesmo :(

    xx Carol
    caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. COMO não amar esse post? HAHHAAHAH está nafilinha, ale, prometo HAHAHAH
    sabe que essa cena do karaoke tinha no estande da netflix do ano passado na CCXP?hahah adoreeeeeeei a cena, loirãaããão, policialzão gatãã~~ao , aiaiaia *-*
    não sabia que eles tinham gravado uma cena no meio da parada gay!!! olouco gente :o
    realmente pelo que voce estava falando, e uma confusao de tanta coisa que aos poucos vai se encaixando! Confesso que nao estou mt acotumada com essas cenas mas se a historia vae a pena eu vej ate o final siim (westworld tb tem e eu amei!!!) então é uma forte candidata - POR QUE A GENTE ADORA POR SERIE NA LISTA HEIN? kkkkk
    Amei o post de coração , muito obrigada <3 nçao vi nenhum spoiler ,UHULLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL <3 e adorei a forma como você critica sem falar spoilersm mesmo de uma ´serie que eu sei que voce ama de paixao <3
    beijocas!

    ResponderExcluir
  11. Oi Alê!
    Estou vendo muitas pessoas surtando com a segunda temporada dessa série. Estou me segurando pra não começar a assistir antes das provas na faculdade, porque se eu começar, sei que não vou parar kkkk.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  12. Oi Ale...
    Já ouvi vários comentários bons dessa série, mas nunca comecei assistir, confesso que estou um pouco afastada da Netflix esses dias, estou priorizando os livros afinal minhas listas de leituras do mês estavam super baixas.....
    Mas com certeza é uma série que quero começar assistir.
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale em lista de leituras baixas, rs.

      Excluir
  13. Eu to doida pra ler essa serie. Sério. Mas minhas aulas estão acabando comigo e mal consigo ler os livros que preciso de parceria então tenho que deixar pra fazer maratona nas ferias por mais que eu queira ver agora kkkk sei que se eu começar assistir vou querer maratonar e não vou mais parar em só um ep kkkkk
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale! Eu maratonei, porque se adiasse, não iria conseguir assistir, rs.

      Excluir
  14. Eu ADORO esta série, só perde pra Outlander kkkk.
    Mas minha vida anda tão corrida que desde sexta-feira não tive tempo pra assistir de boa a nova temporada.
    Mas quero, ainda nesta semana, começar a ver os novos episódios.
    Sua resenha me deixou ainda mais motivada a assistir.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Outlander tem um lugar especial no coração, né Neli? HAHAHA

      Excluir
  15. Oi Ale! Eu ainda estou na primeira temporada, mas não fui fisgada não. Eu estou insistindo para ver se até o final eu me surpreendo.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  16. O único problema é a demorar para sair uma nova temporada. Devorei essa assim como a primeira e meu amor por ela só cresce. Que série! Em todos os sentidos.
    Beijos
    http://recolhendopalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Detalhe que a próxima pode ser a última! :(

      Excluir
  17. Oi Ale,
    Você sentiu o mesmo que eu com a temporada 2!!
    Minha cena favorita foi a que você descreveu "Acho o máximo quando eles fazem uma passagem falando do preconceito com gays e ao mesmo tempo fazem um paralelo com o preconceito étnico." Perfeito o que você disse.

    Gostei como a história do Capheus, da Sun e da Kara cresceu. Ai aquele final...Nem fiz critica porque não consegui colocar em palavras o que senti com aquele final...bem que a atriz tinha dito na ccxp que esse era um ano em que ela se conheceria melhor e tomaria decisões...
    Ai Deus...

    Beijos

    http://tear-de-informacoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil escrever sobre Sense8, né? É um turbilhão de sentimentos!

      Excluir
  18. Ainda não vi essa série, mas pretendo. Parece ser muito boa.

    Até mais,
    Emerson Garcia

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir