domingo, 7 de outubro de 2018

Série: The Alienist

Olá amores!


Como estão? Vamos falar de mais séries incríveis que estão disponíveis na Netflix? Hoje, é um dia mais sombrio, falaremos sobre The Alienist, uma adaptação do livro homônimo escrito por Caleb Carr publicado pela Editora Única.


Para quem não sabe, no século XIX, os médicos que cuidavam de pacientes com doenças mentais eram chamados de Alienistas e nessa obra, conheceremos o Laszlo Kreizler (Daniel Brühl) que pede ajuda ao melhor amigo e ilustrador John Moore (Luke Evans) para desvendar o assassinato de um garoto que vivia em um bordel. E após termos certeza de que nada é coincidência e de que a polícia é corrupta, Sara Howard (Dakota Fanning) se une a equipe para desvendar os mistérios do caso.


Eu não sou uma pessoa que lê muito suspense, mas em relação a séries é uma temática que me atrai. Principalmente, quando a premissa é desvendar a mente de um psicopata (alô fãs de Mindhunter, clique AQUI se não conhece), e nesse caso, um serial killer. Porém, é importante dizer que naquela época, o titulo ainda não era conhecido e existia muitos pré-conceitos sobre a ciência da mente humana, principalmente por parte da polícia que fazia de tudo para proteger os mais ricos da sociedade.

A série basicamente utiliza a ciência forense juntamente com esse estudo da psicologia para desvendar os misteriosos assassinatos, mas o brilho da série, por incrível que pareça, não é o alienista em si, mas os amigos dele. Lazlo é extremamente chato e irritante. Um sem noção, zero habilidades sociais, só que a amizade e generosidade de John está sempre ali, não deixando o médico sozinho. John é inserido nesse mundo obscuro por ser ilustrador. Ele é o primeiro a analisar um cadáver e dar detalhes das atrocidades feitas ao médico.



Sara Howard é minha personagem preferida! Ela já conhece John do passado, suas famílias eram próximas, porém agora, ela é a primeira mulher a trabalhar do departamento de polícia e precisa enfrentar o machismo de NY de 1895 para provar o quanto é inteligente e forte. Totalmente emponderada e corajosa, Sara traz discussões relevantes sobre o papel da mulher na sociedade e destaco que a atriz Dakota Fanning fez o papel com maestria! O envolvimento amoroso da personagem é tãããão secundário que torna-se irrelevante na hora de falarmos sobre seu percurso na obra. Até porque, ela mesma levanta a bandeira de liberdade e igualdade entre os sexos, e não necessariamente a mulher precisa ser esposa e mãe para ter o respeito da sociedade. 



Há a presença de dois detetives também, Theodore e Marcus, dois gêmeos que são brilhantemente inteligentes, corajosos e que infelizmente não ganham o destaque merecido, pois nem são citados nas sinopses encontradas da série. Todavia, ao analisarmos o papel deles nas descobertas, perceberemos que ambos realmente fizeram a diferença com a descoberta da arma utilizada, com a descoberta das digitais e também a coragem de correr atrás de suspeitos, colocando-se muitas vezes em risco.



Agora, em relação ao caso de serial killer em si, a obra dá um show. O roteiro é maravilhoso, tudo muito bem colocado, há análises do comportamento humano, críticas sociais, percebemos o quanto a medicina evoluiu e o quanto ganhou credibilidade com o passar dos anos. Algo importante a se dizer é que a história não tem a intenção de te fazer de trouxa, ou de punir o culpado, você sabe tanto quanto os personagens e fica no escuro muitas vezes. O foco é a própria vida do assassino, Lazlo não se preocupa em identificá-lo e sim entender suas motivações e prazer em cada ato. O que o leva cometer os crimes? Como talvez podemos prever o próximo passo e impedir de que aquele ser humano faça algo errado? O papel do Alienista aqui é ajudar essas pessoas perturbadas ou pelo menos tentar ajudar para que elas possam seguir em frente, prova disso é a existência de Mary e de Cyrus na vida de Lazlo.

A fotografia e figurino são impecáveis. O final é fechado e dispensa continuações, porém a série foi renovada e a temporada 2 virá em breve, com um novo caso para ser desvendado. Alguns vão dizer que acharam o final ruim ou rápido. Eu discordo. Acho que a relevância da série é em sua construção, o episódio final foi coerente, gostei do que aconteceu (SPOILER: achei muito interessante o assassino morrer antes de Lazlo ter a resposta que tanto esperava, sobre as motivações e o porquê de tudo, é a frustração médica ali visivelmente real, pois muitas vezes, pacientes com esse nível de psicose não consegue fornecer respostas). Gostei muito muito muito mesmo. E recomendo super para quem gosta dessa temática!



Ah, se você tem o estômago um pouco fraco, deixo aqui o aviso de algumas cenas fortes. Eu consegui ver tranquilamente, só achei que deveria avisar, rs. Espero que tenham gostado da dica de hoje e lembre-se de deixar aqui seu comentário se quer ver ou se viu a série, ok? Contem-me tudo!

Minha Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5) - Maravilhosa!

- Alessandra Salvia

36 comentários:

  1. Oi, Ale
    Eu já queria ver essa série por causa do nome, eu li uma obra do mesmo título e achei que fosse parecido, mas quebrei a cara haha só que eu gosto muito de suspense policial, tenho certeza que vou gostar!
    Valeu a indicação.
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ale!
    Menina, eu tenho que terminar essa temporada. Eu amo muito o cenário e todo esse clima meio dark.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Oiii Alê

    Eu adoro suspenses ambientados nessa época, dá um charme extra e o fato de eles contarem com menos recursos deixa a história amis investigativa e intrigante, pois eles dispõem apenas do sexto sentido e talento mesmo pra pegar o culpado. E o que dizer do elenco? Eu adoro a Dakota Fanning e estou curiosa em assistir a atriz nessa personagem.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Ale, tudo bem?
    Eu comentei lá no blog que amei demais essa série, da ambientação à trama aos personagens! A única ressalva que fiz foi o cara dos dentes prateados/azulados (não lembro a cor), porque no fim aquilo não teve relevância nem consequências, e eu achei meio (?).
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que foi mais uma crítica social que outra coisa, pq ele era rico e até então 'intocável'.

      Excluir
  5. Oiiiii,
    Adorei a série!!!
    Obrigada por mais uma dica.
    Bjos
    Mamaci

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi a série que nos empolgou a voltar para a Netflix, né? rs

      Excluir
  6. Alê!
    Eu vi uma postagem da Prih e você também falando dessa série... será que vejo pelo menos o Piloto?
    mas confesso que a ciência forense e o elenco me chamam a atenção, hein?
    Vou ver!!!
    ENTÃO
    comigo tb o negocio da leitura , geralmente eu pego outro livro pq o primeiro ta chato, aí acontece do segundo estar mais chato que o primeiro e eu volto pro primeiro kKKK
    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAH eu também, tenho sempre dois livros para 'enganar' na hora do tédio, HAHAHAHAHAHAH

      Excluir
  7. Oiee

    Eu gostei muito dessa série também, e concordo que o Lazlo é insuportável e a Sarah é uma diva empoderada. Não sabia que iria ter uma segunda temporada e espero que seja tão boa como a primeira.

    Bjos

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UFA! Ainda bem que não fui só eu que fiquei com raiva do Lazlo, rs.

      Excluir
  8. Oi Ale! Eu leio muitas histórias do gênero, curto muito. Eu ainda não consegui conferir esta, fico com receio dessas cenas fortes, mas os elogios que vejo sobre ela estão me encorajando. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  9. Gostei da dica Alê. Achei o plot da série bem interessante e também curti o elenco. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  10. Já me indicaram muito essa série. E agora com esse post reforça ainda mais minha vontade em acompanhá-la.

    naoseavexe.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oie
    Fiquei ainda mais curiosa pelo enredo, quero assistir. Adorei saber sua opinião sobre.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/2018/10/resenha-guerra-que-me-ensinou-viver.html

    ResponderExcluir
  12. Oi Alê, tudo bem?
    Eu assisti essa série por causa do Emmy, já que estava indicada.
    Eu curti bastante, é uma produção super caprichada
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  13. Olá, Ale.
    Eu curto muito esse gênero, mas sua ressalva no final foi o que em fez não assistir até agora. Eu já tinha lido uma resenha da série antes e citava isso de ter o estomago fraco. E como sou dessas optei por não assistir hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É... Se você não está acostumada com imagens fortes, melhor evitar, porque os corpos são mostrados com detalhes.

      Excluir
  14. Comecei essa série e achei interessante, mas não estava no clima pra ver ela sabe? Mas quero muito continuar porque o que vi achei incrivel!

    Beijos
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é pesada, tem que estar de boa para conseguir aproveitar.

      Excluir
  15. Oi Ale, sua linda, tudo bem?
    Você como sempre uma fofa comigo. Estou melhor sim, mas sigo o tratamento. Descobri essa série recentemente, mas não tinha chamado tanto minha atenção. Sua crítica me deu uma outra perspectiva, e vou acabar dando uma chance. Eu gosto muito da análise psicológica. Só espero que essas cenas sejam tranquilas, pois sou sensível. Sua crítica ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    https://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Menina, eu AMEI essa série tb! Não sabia que teria uma segunda temporada. Fiquei super animada agora, hehe!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que seja tão boa quanto a primeira né?

      Excluir
  17. Oi Alê,
    A série trás vários elementos que eu amo em qualquer coisa investigativa, então foi fácil gostar. O triso é bem legal, adoro os atores e a Sarah é a melhor mesmo.
    Ansiosa para a s2.

    até mais,
    Nana e Leticia - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  18. Oi Ale!
    Eu vi o primeiro episódio mas não gostei tanto quanto estava esperando, uma pena :'(
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir