sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Words Challenge 2018 - Caçador

Olá amores!


Preparados para mais Words Challenge? Eu e a Pam do Interrupted Dreamer com certeza! Hoje, é dia de caçador da Branca de Neve, mas com uma pegada mais de soldado, sabe? Espero que gostem! As palavras são: anel, competências, capital, graciosidade, turbante e música



Words Challenge 2018 - Caçador 


"Ergui a espada com toda a força que ainda me restava. O aço brilhava contra a luz do sol e o suor escorria pela minha têmpora enquanto sentia os olhares atentos ardendo em minhas costas. Odiava que me aplaudissem por eu fazer o que considerava certo. Talvez se a bruxa má soubesse que descumpro suas ordens, as coisas não seriam assim, mas quem se importa? Dizimar populações ou matar uma garota por sua beleza não são tarefas que considero corretas. 

Aprendi desde cedo que deveria ser justo e que todas as minhas competências seriam em prol do bem maior. E hoje, com a espada em mãos sei que é o meu destino, mesmo longe da capital, local em que nasci, sei que estou onde tenho que estar. Minha família são essas poucas pessoas que me acompanham nas missões pelo reino. E claro, os pequenos animais que cutucam minhas botas atrás de atenção, carinho ou talvez, comida.

Ando devagar em busca de água e descanso. Os soldados que estavam ao meu redor também se movimentam sem graciosidade alguma, o barulho de suas armaduras chega a ser irritante e doloroso. Minha cabeça está prestes a explodir...

- Querido, gostaria de um pouco de vinho?

Uma mulher de turbante colorido se aproxima com um jarro de barro. Eu sorrio agradecido pela sua generosidade enquanto o líquido vermelho escorre por meus dedos. Ela treme tanto que não consegue acertar o cálice que me entregou. Com delicadeza, seguro suas mãos e a olho nos olhos sussurrando:

- Fique calma, senhora. A batalha já acabou. Podemos respirar aliviados.

Mas o meio sorriso que aparece em meus lábios não a conforta. Sei que ela deve ter perdido entes queridos e nada do que eu lhe fale substituirá o peso em seu coração. Que desgraça, meu Senhor! Quantos será que partiram deste mundo desta maneira? Alguém deveria parar aquela mulher... Ela e aquele espelho maldito...

Música começa a ser tocada em algum lugar do acampamento. Procuro o responsável por aquela melodia animada enquanto a senhora se afasta com lágrimas nos olhos. Algo que nunca vou me acostumar é que a tristeza de uns corresponde a alegria de outros. Muitos morreram nessa madrugada para outros verem o novo amanhecer. Sei que devo ser grato por estar entre os vivos, mas confesso que faria de tudo para apagar a dor da perda naqueles olhos. Daria todo meu dinheiro, daria minha vida se isso significasse a paz entre nós." 



AAAAA, um texto que me deixou bem animada! Deixem seus comentários que quero saber as opiniões, hein?

- Alessandra Salvia

19 comentários:

  1. Oi Ale!
    Eu acho o Caçador um personagem bem interessante! *-*
    "Algo que nunca vou me acostumar é que a tristeza de uns corresponde a alegria de outros. Muitos morreram nessa madrugada para outros verem o novo amanhecer." Adorei isso!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Sou apaixonadíssima por esses nossos textos, Alê <3
    Aaaaaah, esse caçador ficou tão apaixonante.... <3 ai meu coração!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Ale, sua linda, tudo bem?
    Sabe que sou sua fã e que não vou descansar enquanto não ler um livro seu e estou falando muito sério. Agora, para tudo!!! Não existe nada melhor do que ver pela manhã o rosto desse ator, nossa, ele é muito bonito e olha que não ligo para loiros, risos. Você descreveu o coração do verdadeiro guerreiro, ele não fica feliz quando vê nos olhos de outros do seu povo a dor da perda. Queria que as pessoas hoje em dia tivessem esse valor. Adorei!!!
    beijinhos.
    cila.
    https://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ale!
    Mais um texto maravilhoso!
    O caçador é um personagem bem interessante.. e adorei as colocações dele. Realmente em uma guerra, muitos morrem em nome da paz, sem nem saber se os vivos irão chegar a vivê-la.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ale! Que texto incrível! Tipo assim, nunca senti interesse no caçador porque nos filmes ele não recebia grande destaque, até esse com a Kristen aparecer e a gente começar a focar nele, aí sim eu comecei a perceber que entender um pouco o lado dele também é interessante. Amei o texto que escreveu, ficou super a ver com o personagem!
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br

    ResponderExcluir
  6. Hey Ale! Tudo bem?
    Só te digo uma coisa: estou no aguardo da publicação de todos esses textos do words challenge em uma única obra, pq bixa, tu escreve muito bem!
    Obrigada por comentar lá no meu blog.
    Volte sempre!

    ~ miiistoquente

    ResponderExcluir
  7. Oi, Ale!

    Que maravilhoso o texto e a combinação das palavras! Adoro essa coluna sua e da Pâm, sempre trazem textos incríveis.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Gostei do texto Alê. Acho o caçador um personagem bem intrigante e as palavras casaram bem com a sua caracterização. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  9. Olá, Ale.
    Parabéns por mais esse texto muito bem escrito. Na minha infância o caçador era meio bobo hehe, Acredito que guerra nunca é a solução para nada porque como você citou na frase, sempre vai ter alguém chorando enquanto outros estão sorrindo com a vitória.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Oiiii,
    Mais um texto incrível!!!
    Continue a escrever, poste mais textos seus!
    Bjos
    Mamaci

    ResponderExcluir